segunda-feira, 4 de julho de 2011

Mais más notícias

Infelizmente, Araguari volta a ser notícia em rede nacional por motivos ruins. Era melhor se a cidade fosse divulgada por uma boa arbitragem do Alício Pena ou pelo pioneirismo das nossas craques de futebol. Mas não. É sempre mais do mesmo.
A notícia sobre o não-funcionamento de um mamógrafo público não é ruim somente para imagem da cidade ou para a do governo Marcos Coelho. É sobretudo péssima para os cidadãos araguarinos. Em especial, para as mães, avós e filhas araguarinas. Afinal, o diagnóstico precoce do câncer de  mama é fundamental para a cura e a qualidade de vida das pacientes.
Todos sabemos que a saúde pública é um grave problema nacional. Em todos os lugares, as pessoas sofrem para ter acesso a um tratamento digno. É o direito à vida que está em jogo. E vida tem que ser plena. Agora, o fato de ser "normal" o mau atendimento na saúde pública em outras cidades não justifica as mazelas que estão ocorrendo em Araguari.
Aqui neste espaço, existem vários posts e dezenas de comentários sobre os problemas da saúde em Araguari. Pior: os comentários partem de leitores que conhecem o assunto. São funcionários, ex-gestores da saúde na cidade, usuários desse serviço público. Têm que ser levados em consideração. Pouco importa se não comungam das mesmas ideias políticas do atual governo. Saúde pública é coisa séria. Transcende eventuais divergências ideolólgicas.
Pois bem, espera-se que, desta feita, haja uma mudança de rumos por parte do governo. Não basta o discurso fácil de que a saúde é um problema nacional. Não mais nos convencem os milhares de reais jogados em publicidade cara e desnecessária para dizer que a saúde de Araguari vai bem. Não vai! Chega de fazer de conta que os médicos estão atendendo bem, que os exames necessários estão sendo realizados, que os pacientes estão satisfeitos, que não existem filas nas madrugadas dos ESF's. Estamos cansados de ver o dinheiro público escorrer para as mãos dos donos de hospitais, de clínicas, de laboratórios em compras mal feitas, por vezes superfaturadas, e sempre sem nenhum controle. É preciso por fim aos erros de gestão, tratando com mais urbanidade funcionários e pacientes. Eles também são seres humanos.
Esperamos, por fim, que essas más notícias liguem o sinal de alerta no Palácio dos Ferroviários (já era pra estar ligado há tempos). Oxalá os atuais ocupantes daquele prédio deixem de picuinhas políticas e coloquem as mãos na massa. Que tenham, no mínimo, um pouco mais de amor aos seus semelhantes que necessitam do serviço de saúde. Não é só na hora das eleições que essas pessoas merecem atenção.
Clique aqui, leia e veja a reportagem do Jornal Nacional sobre a falta de mamógrafos no Brasil, inclusive em Araguari.
Clique aqui e veja uma antiga reportagem da TV Paranaíba sobre o mamógrafo fora de uso e mal armazenado.

42 comentários:

Iconoclasta disse...

Vejam no link abaixo como anda a prestação do serviço nos PSF's de Araguari.

http://imageshack.us/photo/my-images/839/abismo.jpg/

Basta copiar e colar no seu navegador

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 5 de julho de 2011.

Prezado Marcos,

Analisemos pelo lado positivo da história:

Quem sabe se - sob câmeras e vexame Nacional - nossas Autoridades descubram que MAMÓGRAFO não é encerrante, tacógrafo, odômetro ou um tipo sofisticado de medidor de MAMATAS...

Certamente o assunto em questão é por demais sério para se fazer graça com ele, mas é que passou da hora de alguma Instituição agir.

Mesmo que seja a ICC: Instituição Cidadão-comum.

Postando na ALVORADA, e ouvindo a Tia-Rita:
(...)
No escurinho do cinema,
chupando DROPS, janis,
longe de qualquer problema,
perto de um final feliz...

QUE FLAGRA, que flagra, que flagra !!!
(...)

Ei cadê meu DROPS ?!
Você viu meu DROPS por aí ?!

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Ianis disse...

Em tempo:

Tomara que não digam OFICIALMENTE que estão se adequando à ABNT 14136...

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Anônimo disse...

Problemas sempre existiram e existirão.

A questão central é que problemas devem ser GERENCIADOS. E para isto é preciso GESTÃO.

Aí, a porca (ou o coelho) torce o rabo.

EDILVO MOTA

Beto disse...

Edilvo vc tocou num ponto fundamental, os problemas que não foram vencidos de outrora foram elementos motivadores para que se elegesse essa turma que esta aí hoje. Mas longe de saná-los ou pelo menos amenizá-los -para isso foram eleitos- aprofundaram ainda mais os problemas existentes e criaram outros tantos numa incompetência sem precedentes. Nunca vislumbrei algo semelhante e horroroso nos meus 40 anos de existência.

Colenghi disse...

Segue o link da matéria:

http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2011/07/milhoes-de-cidadas-brasileiras-nao-tem-acesso-mamografia.html

Iconoclasta disse...

Nós temos inúmeros motivos para reeleger o Marcão e toda sua turma no próximo pleito eleitoral. Pois em apenas um ano o "Novo Modelo" vai conseguir colocar em prática toda a sua vontade política. Vejam:

-Transferência do Pronto-Socorro para o Hospital Municipal;
-Construção de uma UPA onde é hoje o Pronto-Socorro;
-Construção de uma Policlinica;
-Uso do Mamógrafo;
-Construção de um Hospital Regional;
-Contratação de médicos para UB's;
-Reforma no espaço físico das unidades básicas de saúde;
-Contratação de médicos para atender nos PSF's em horário INTEGRAL com exige o programa;
-Revitalização das avenidas Cel. Belchior de Godoy, Mato Grosso e Teodoreto Veloso;
-Cobertura asfáltica em todo bairro Vieno;
-Canalização da rede esgoto no bairro Vieno;
-Reforma ampla no Ginásio Poliesportivo;
-Construção de um parque linear;
-Política de incentivo fiscal para atrair investimenos externos para geração de renda;
-Transformar Araguari em um polo de desenvolvimento com o investimento de outros agentes econômicos para impulsionar nossa economia;
-Construção de um viaduto para ligar o Bairro Independência ao São Sebastião;
-Revisão do Plano de Carreira dos servidores públicos municipais, respeitando o mesmo porcentual de aumento quando a sua criação;
-Implantação de um plano de saúde para os funcionários;
-Aprovação do vale alimentação para os funcionários;
-Fim do processo seletivo e abertura de concurso público para suprir TODAS AS VAGAS necessárias.

Tiveram 4 anos para mostrar alguma coisa, mas deixaram todos esses elementos para o último ano de mandato. O Valmir Brasileiro já até batizou o fenômeno de "DESLANCHE"

Anônimo disse...

Beto, a questão é exatamente esta.

Nas campanhas eleitorais (todas), os que almejam o poder se arvoram em críticas (muitas até pertinentes) mordazes, sem se preocupar em separar atos administrativos da pessoa física e da vida privada dos agentes públicos.

Não falo por mim, pois como gestor do SUS no município, entre janeiro/2005 a março/2008, não cometi atos ilícitos nem deixei rabo preso; enfim, honrei o cargo e cumpri as atribuições que me foram impostas pela função.

Nem tenho procuração (nem interesse) em defender ninguém do governo anterior, do qual participei durante 39 meses. Cada um responde por seus atos, dentro da lei.

Mas toda crítica deve ser, além de fundamentada, pautada no respeito, na serenidade e na civilidade, cuidando inclusive de preservar filhos, esposas e maridos.

Senti na pele o peso da tentativa de execração injusta, por contrariar interesses escusos e cumprir a lei. Não tendo rabo preso, respondi no tom adequado.

Durante a campanha eleitoral de 2008, promessas de "NOVOMODELO", "MUDANÇAS", "CHOQUE DE GESTÃO" foram muitas. Pessoalmente, ouvi do então candidato Marcos Coelho, lá no ginásio Zebrinha, que se ganhasse a eleição, NO DIA SEGUINTE as empreiteiras estariam "fora da prefeitura".

Bravata tão ineficaz quanto desnecessária. Contratos existem para serem cumpridos e promessas devem ser feitas com o devido cuidado em relação à sua pertinência e viabilidade (econômica e política).

Não tenho apreço, nem desapreço, pessoal pela maioria dos membros da cúpula do atual governo (salvo algumas amizades cultivadas ao longo do tempo). Porém, mantenho o respeito pessoal por todos (inclusive suas famílias).

Mas, como agentes públicos, muitos deixam a desejar; outros, ainda não demonstraram a que vieram. Principalmente considerando a virulência da campanha, o teor das promessas e a falta de sintonia entre discurso e realidade.

A Secretaria de Saúde, por exemplo, foi rifada no jogo de bastidores. No "comando" foram colocados marionetes submissos(as) a quem REALMENTE manda, do lado de fora. Secretários (quatro, para ser mais exato) sem perfil técnico nem emocional transformaram a gestão da Saúde num balaio de gatos, onde diretor(a) manda mais que o chefe, grita, ofende e assedia servidores públicos, ameaçam críticos, mandam recados anônimos por telefone ou internet... enfim, coisas do século XVII, ranços de intolerância e desequilíbrio incompatíveis com os "novos modelos" de gestão.

Enquanto isso, servidores públicos capacitados e com extensa folha de serviços prestados à saúde do município, do Estado e do país, foram colocados de lado, em virtude de suas relações de amizade (inclusive comigo, o que muito me honra). O governo nada ganhou com isso; mas o Município perdeu muito.

O próprio vice-prefeito Júberson me disse, em duas oportunidades, que "quem manda na Saúde é a Eunice Mendes".

Palavras do vice-prefeito, em plena campanha para deputado estadual, em 2010. Ele que explique...

EDILVO MOTA
Especialista em Gestão de Serviços de Saúde, pela Universidade de Ribeirão Preto
Experiência de 15 anos em gestão de saúde pública e privada

Maria Tereza disse...

Prefeito vai trabalhar... sai da rádio sua popularidade está baixa igual à temperatura do sul vai trabalhar o povo paga rádio para de defender só que o povo já sabe vai tralhar esuqece WERLEY horroroso sua falta de ética,Raulzinho está certo vc é incopetente e mentiroso quer mas...trabalhe e pare de pagar tv integração que por sinal fez um excelente trabalho mesmo pagando saiu salgado com certeza hj no Valmir mesma ladainha...vai trabalhar aposto ninguém te suporta mas ouvir sua voz pior,bay bay,seria bom se fosse para sempre.

Aristeu disse...

Até parece que não gostam de teta...

Débora da silva disse...

É mesmo, não me lembro de prefeito totos os dias na rádio alguém lembra?telefonei para vitoriosa perguntas que eu fiz uma perguntas não saiu por que? essa mamografia meses foi denunciada se o senhor tivrsse trabalhado em cima,não teria saído no jornal nacional mas prefere ficar na rádio da qual à populaçao paga para defender,que horror Aristeu o que vamos fazer?? tete teteiros e leite e leiteiros agora um beijo.

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 5 de julho de 2011.

Nobre Causídico-mamífero,

Nunca é tarde para aprender...

Em informática, DROPs é comando para eliminar uma tabela, ou fonte/base de dados inteira, de forma irreversível. E irrecuperável.

Estou preocupado... Alguém achou meu DROPs ?

Perdi meu DROPs.

Iconoclasta & Edilvo: Parabéns moçada!

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Alessandre Campos disse...

DROPS em Araguari é uma coluna jornalistica e um blog do Secretário Adjunto da Saúde.

Ele antes era pedra, agora virou vidraça.

E ai Ronaldo César Borges, onde está o Mamógrafo?

Anônimo disse...

DESLANCHE...

ou

DESMANCHE ???????????????

Mirian disse...

E os 4 milhões desviados do Hospital Municipal pela turma do Marcos Alvim??? Cadê Edilvo!!!

Alessandre Campos disse...

"Trate bem as pessoas quando estiveres subindo, pois, poderás encontrá-las quando estiveres descendo."

Quantas pessoas estão descendo do alto de sua vaidade!

Greg Griffin disse...

Falando em coluna, o colunista da DROPS nunca passou de um "puxador de orelhas" do atual governo. O dono da coluna em questão ficava sempre em cima do muro e no máximo dava uma chamadinha de atenção no governo.
Uma boa estratégia que parece ter surtido efeito, considerando que o atual adjunto é politicamente desconhecido e se falar que é técnico, bem...Técnica até a Iara se diz. Quero ver é quando acabar o mandato e Ronaldo César Borges ter que vir ao mundo comum. Certamente com desculpas: Ah eu tentei, mas não deixaram.
A coluna sempre demonstrou preconceito com categorias de funcionários que não possuem nível superior, visto que o colunista cobrava aumento só para quem tem faculdade e perigosamente ganhando o mesmo que os de nível inferior.
A mentalidade pequeno burguesa de sempre, por isso não me espantei quando o inexpressivo colunista foi ser secretário adjunto. Se fosse sério, ele não aceitaria, mas o dinheiro e o status fala mais alto, afinal, pelo que ele já deixou transparecer em sua coluna, ele não passa de um mero provinciano que não pode ser levado à sério.

Alessandre Campos disse...

Diálogo entre Alessandre Campos e Ronaldo César Borges sobre o Mamógrafo, no facebook:

Alessandre Campos: E ai Ronaldo César Borges, onde está o Mamógrafo?
De pedra você agora virou vidraça.
há 4 horas ·

Ronaldo César Borges:
O assunto voltou à baila novamente. Com todo o respeito que lhe devo, me permita esclarecer que o mamógrafo foi interditado pela Vigilância Sanitária estadual, por um simples questão pontual: o mamógrafo não pode funcionar no Pronto Socorro. Os exames mamográficos são de caráter eletivo e não emergenciais., por isso a sua interdição. A Secretaria de Saúde ficou com três opções. A primeira instalá-lo no Hospital Santo Santo, onde deveria investir-se perto de 60 mil reais. Segunda: Instalá-lo na Policlínica, mantida pela prefeitura e UNIPAC. A administração da UNIPAC ficou com incumbência de adaptar alguma sala para o mamógrafo e ainda não deu retorno esperado. Terceira opção: Instalação do equipamentona nova policlínica, que está sendo erguida na Avenida Batalhão Mauá.
há ± 1 hora ·

Alessandre Campos: Qual das opções foi escolhida?
há ± 1 hora ·

Ronaldo César Borges:
A terceira opção é a mais viável, pois irá se investir em instalações próprias, do município. O mamágrafo está guardado e você sabe disso. O município não parou com exames como fez crer o Jornal Nacional. O município não foi ouvido pela reportagem. Até o momento, foram feitos perto de 700 exames, conforme comprovantes em poder da Secretaria de Saúde. A meta da secretaria é atingir 3000 exames até o final do ano, com a contratação de novo prestador de serviço, que está em fase final no Departamento de licitação.
há ± 1 hora ·

Alessandre Campos: Eu sei que o mamógrafo está guardado? Nunca tive acesso a esta informação ou me levaram para ver o aparelho.
Ronaldo, para não haver nenhuma celeuma, apenas estou buscando o entendimento dos fatos que foram noticiados. Obrigado pelos esclarecimentos.
há 55 minutos ·

Maria Tereza disse...

Você Miriam está na teta e sabe das motretas,cobra da justiça do ex prefeito agora quem é prefeito é o atual MARCOS COELHO DE CARVALHO que também tem muito a ver com justiça,aliás esse é o governo da promotoria vamos aguardar cenas dos próximos capítulos não puxo saco de ladrão agora quem roubou que pague,e a senhorita vai cuidar da saúde que é melhor vai trabalhar porque nesse governo à saúde deve muito pelo que foi prometido,também quem comprou voto e pagou vice da nisso,Miriam trabalha por que o prefeito só atrapalha só vive na rádio querendo justificar o injistificável.

Iconoclasta disse...

Mirian, quem é esse governo para falar em desvio de dinheiro?! Vcs não tem moral nenhuma para falar de possiveis falcatruas.

Marcão<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<;abismo<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<;infinito<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<Marcos Alvim.

E preste atenção, o segundo mandato do Marcos Alvim foi horrivel, mas nada chega perto desse "Novo Modelo".

Fora 15! disse...

Qual a novidade na fala do Ronaldo?! Até agora não vi e não li nenhuma! Se o mamógrafo foi interditado pela Vigilância estadual é porque tinha irregularidades. Pela fala dele, dá a entender que pela administração municipal o mamógrafo continuaria mesmo em um ambiente inapropriado, mas que infelizmente a Vigilância -e não o governo municipal - que fez o mamógrafo parar de trabalhar.
Isto é, "TODA ESSA BAGUNÇA GENTE NÃO É CULPA NOSSA, MALDITA SECRETARIA DE VIGILÂNCIA DA SAÚDE"
Agora um governo alimentar gastos com secretários e diretores para vir na imprensa justificar erros que são de pura incompetência administrativa é o fim!

Maria Tereza disse...

Perguntam para a senhorita Miriam,onde estão os médicos que mas faltam que trabalham e o pronto socorro?horrror! também prometeu tanto!!!no minímo que os médicos iríam ganhar muito,agora ninguém cumpre o pronto socorro está no socorro ou seja na UTI 3 anos agora que estão começando a trabalhar mais é tarde,IPTU poucos pagarão e se pagar eu não pago.

garliene arts disse...

Cadê GESTÃO??? Isto é uma indigestão.

Anônimo disse...

Miriam (seja lá quem for)...

se eu soubesse de 4 milhões, ou qualquer outra quantia desviada por quem quer que seja, informaria não só a você mas também ao MINISTÉRIO PÚBLICO e à POLÍCIA FEDERAL.

Sem me esconder no anonimato, claro.

Caso você saiba, não perca tempo aqui.

Aproveite e peça para investigarem também o sumiço de eucaliptos, do dinheiro do TFD, as falcatruas na Fisioterapia hospitalar, etc, etc, etc...

EDILVO MOTA

Anônimo disse...

Quem sabe, em 2013, a CAIXA PRETA seja aberta. enfim...


EDILVO MOTA

zezana disse...

miria novamente? e novamente a novela do dois marcos? conversar com alguém que fica discutindo quem é o menos pior? alguém que usa o passado para esquecer o presente? PESSOAL ESTÁ PESSOA NÃO MERECE RESPOSTA!!!!!

Mirian Lima disse...

Sempre que tenho tempo estou por aqui, por coincidência hoje me deparei com alguns comentários que me surpreenderam, penso que os blogs também são espaços dados as pessoas que desejam expressar seus pensamentos e todos nós temos direito a liberdade de expressão ( esse nos garantido por lei)... Permitam me compartilhar com vocês um pouquinho de mim, nesse momento posso afirmar que quem vos fala nobres colegas é a Mirian Lima, Gestora Publica por formação, especialista em Professional Selft and Executve Business Coaching, Analista de Perfil Comportamental entre outras...(minha carreira é focada em Administração, Gestão de Pessoas, SER HUMANO). Desde janeiro deste ano atuo como diretora administrativa do PSM, eu sou funcionaria de carreira a mais de 15 anos, trabalho sempre com foco em resultados para contribuir da melhor forma para minha cidade, que nasci e amo, estar a frente do PSM não é para qualquer um não, tem que ter amor, respeito, tem gostar muito do que faz, pois lá é local onde atende gente, SER HUMANO, PESSOAS, eu respeito muito os usuários que buscam atendimento naquele local é minha obrigação, e faço por amor, acreditem o PSM ainda vai melhorar muito, estou com um projeto de humanização e tenho certeza que com uma equipe unida juntos nós chegaremos lá. Quero ressaltar que o comentário acima direcionado especialmente ao colega Edilvo, não foi feito por mim, então Maria Tereza e a quem mais possa interessar, tenho dado o melhor de mim para o local onde administro que é o PSM, trabalho muito e posso lhe afirmar que o meu objetivo é trabalhar em prol da coletividade e do bem comum, portanto NÃO JULGAMENTO...
Quando minhas palavras não fizerem sentido para vocês fiquem com a minha intensão positiva. Lembre sempre de se lembrar de nunca esquecer que cada um de nós somos responsáveis, por aquilo que falamos, a maneira que agimos, nossas atitudes e nossos comportamentos diante das pessoas que merecem todo nosso respeito e consideração.

Mirian de Lima
Gestora Publica, Coach e Analista de Perfil Comportamental

***"O grande Tomas Alva Edison falhou inúmeras vezes antes de produzir a lâmpada elétrica. Nem por isso deixou de alcançar seu objetivo."

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 6 de julho de 2011.

Prezada Mirian,

O anonimato é por vezes cruel.

Nunca tememos um inimigo, mas, um oculto, torna a batalha - e consequentemente - nossa defesa, algo bem mais motivador...

No final, a transparência e a razão sempre prevalecem.

É a nossa VITÓRIA.

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Anônimo disse...

Querida amiga Mirian,

conhecendo seu perfil, pessoal e profissional, como ex-colega de trabalho e ex-aluna, nem de longe me passou a idéia de que você se prestasse ao tipo de atitude tomada por um anônimo que, inobstante a eventual pertinência dos questionamentos, sempre direciona a mim questões que não me dizem respeito.

Ao contrário, penso que esse tipo de gente covarde tenta mesmo se valer da respeitabilidade do nome alheio (no caso o seu) para tentar lançar intrigas, provocando sem contribuir para o debate honesto, transparente e democrático.


Os problemas estruturais do SUS são muitos e antigos e não serão resolvidos com ataques pessoais, nem com ranço político.

Aqueles que, eventualmente transgridam a lei ou pratiquem atos desonestos, devem ser investigados, com amplo direito de defesa e, comprovada a culpa, punidos exemplarmente.

Já os que honram suas funções e seus encargos públicos, neste ou noutros governos, devem ser preservados e respeitados.

Continuo, por óbvio, à disposição do Ministério Público, dos Tribunais de Contas e do Poder Judiciário, no exato limite dos meus atos e da minha responsabilidade.

Continuo torcendo pelo seu sucesso na direção administrativa do PSM.


EDILVO MOTA

Maria Tereza disse...

Valeu Edilvo sua resposta foi muito coerente,amiga essa aí já aprofundei sua vida até particular´... Miriam vc é muito conhecida em uberlândia prestando seus serviços...mas não interessa seu particular.

ROSELANE ARRUDA FUNCIONÁRIA CONCURSADA disse...

Jamais liguei o nome Mirian, a pessoa Mirian Lima a qual por sinal sempre foi uma pessoa muito educada e no momento tenho certeza que é uma das poucas, ou talvez a única, cargo de chefia com quem há condições para dialogar. Não acredito que uma pessoa como ela fosse capaz de se esconder no anonimato.

Débora disse...

Amanhã prestação de contas do COELHO,já foi reprovada e agora onde está nosso dinheiro? Militão nunca sabe nadaaaaaaaaa

Marcus Vinicius fora 15 disse...

Não conheço ninguém dessa administração, Miriam ou maria.
Mas já foi dito aqui no blog que essa administração é um lixo. E Lixo só atrai moscas e ratos...

Mirian disse...

Esse blog fica defendendo esse ladrão do Marcos Alvim, que desviou mais de 10 milhões dos cofres públicos!!! foram mais de 4 milhões do hospital e mais uns 6 milhões das empreiteiras através de caixa 2! E você edilvo ainda vem falar em transparência e democracia!!! ah faça o favor!!

Anônimo disse...

Calma, Mirian. O blog não defende ninguém. Se vc olhar as postagens antigas, irá ver notícias e opiniões sobre a gestão Marcos Alvim, sobretudo em relação às irregularidades claras na construção do "Hospital Municipal".
Saiba também que eu, assim que comecei a entender a situação do HM, encaminhei denúncia à Controladoria-Geral da União.
Digo mais. No momento, a gestão Marcos Alvim não está sendo tão questionada por um simples motivo: já terminou. Contudo, acompanho os processos que correm contra ele na Justiça Federal de Uberlândica, no TCE/MG, no TCU e no Ministério da Saúde. Assim que surgirem novidades, farei questão de publicar.
Por fim, quero lhe dizer que não me interessa saber quem é o prefeito, se é do partido A ou do B. Preocupa-me apenas as condutas públicas dos políticos.
É isso.

Marcos

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 26 de julho de 2011.

Prezado Araguarino genérico,

Todos nós temos a nossa Cruz.

A sua, me parece ser Cruz de Caravaca...

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Mirian disse...

Caro Marcos, me expressei mal! Não é o blog que defende o Marcos Alvim, mas a maioria dos blogueiros que aqui comentam! Assim fica um peso de críticas excessivas referentes à atual administração, a qual também não defendo, em detrimento de muitos desmandos e falcatruas que permearam a administração anterior e não podem ser simplesmente esquecidas, como muitos desejam. Grata.

Anônimo disse...

A insistência do(a) tal Mirian em citar meu nome deve encontrar explicação na psicanálise. Dizem que a linha que divide o amor e o ódio é muito tênue: vá-de-retro!!

Se expressar mal é redundância. Talvez fruto da falta de escolaridade suficiente, ou mesmo de patológica limitação.

Repito, visto que a capacidade cognitiva nos parece absolutamente limitada (daí, talvez, a necessidade do anonimato):

Não defendo ex-prefeito, nem governo algum. Nem o anterior, nem este (do qual, aliás, recusei recente convite para reassumir a Secretaria de Saúde).

Ao contrário da dúzia de baba-ovos que vigiam este blog, não trabalhei para o prefeito, nem para o governo: prestei serviço ao Município de Araguari. Não devo favores a políticos e não preciso me esconder na vergonha do anonimato.

Quando cito democracia e transparência, me refiro tão somente aos meus atos. O ex-prefeito que responda pelos seus, na forma da lei. Assim como o atual prefeito, inebriado pelo vaidade e pela falta de senso crítico e de pulso, responderá pelas inúmeras falhas de vários de seus subordinados (e pelas suas, ainda que por omissão).

Curioso que, para um governo que se intitulou "Novo Modelo de Administração" não condiz o que ora se vê: a velha prática do obscurantismo, do ataque anônimo e vazio, do assédio moral contra servidores, da falta de coragem para o debate público, da nomeação de parentes e gente desqualificada às pencas.

Antônio Marcos repisou o óbvio: o governo Marcos Alvim terminou no dia 31.12.2008. As irregularidades e ilegalidades em curso de investigação no Ministério Público Federal serão confirmadas (ou não) no seu devido tempo. E eventuais responsáveis responderão por seus atos.

Melhor seria o atual governo adotar postura mais serena e profissional, respeitar o contraditório e cuidar do próprio rabo, visto que no final de 2012 o mandato se encerra.

Sobre a pessoa que ronca e fuça aqui no blog, sob o codinome "Mirian" se as referências que me informaram procederem, diria, no popular... "A coisa tá uma zona!"

PS: ninguém chuta cachorro morto!!

EDILVO MOTA
Araguarino genérico

Edilvo Mota disse...

Nem só de rancor, ódio, amargura e anonimato vive Araguari.

A competência de ALÍCIO PENA JÚNIOR vem destacando nossa cidade no cenário nacional.

"ALÍCIO PENA JÚNIOR, orgulho de Araguari."

"Nesta semana, mais uma vez a reconhecida competência do árbitro araguarino ALÍCIO PENA JÚNIOR estará a serviço do futebol brasileiro. Agora, em dose dupla.

Na quarta-feira (27/06) no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, a partir das 21h50, ALÍCIO apitará o jogo FIGUEIRENSE x PALMEIRAS, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro de Futebol da Série A.

No sábado (30/07), a partir das 16h20, no Estádio Romeirão, em Juazeiro do Norte, Ceará, ALÍCIO será o árbitro da partida entre ICASA/CE x BRAGANTINO/SP, pelo Campeonato Brasileiro da Série B."

http://saudenatela.blogspot.com/2011/07/alicio-pena-junior-competencia-em-dose.html


EDILVO MOTA
Araguarino genérico

Mirian disse...

PROCESSO: 782499
ÓRGÃO: PREFEITURA MUNICIPAL DE ARAGUARI
NATUREZA: PRESTAÇÃO DE CONTAS MUNICIPAL
EXERCÍCIO: 2008
RESPONSÁVEL: MARCOS ANTÔNIO ALVIM
PROCURADOR: GLAYDSON SANTO SOPRANI MASSARIA
Versam os presentes autos sobre a Prestação de Contas da Prefeitura Municipal
de Araguari, referente ao exercício de 2008, sob a responsabilidade do Sr.
Marcos Antônio Alvim.
Às fls.10 e 12, órgão técnico informou que a Administração Municipal aplicou
24,16% na aplicação de recursos na manutenção e desenvolvimento do ensino, não
obedecendo ao percentual mínimo exigido no art. 212 da CR/88. Desta forma,
observou-se um percentual a menor de 0,84%, representando o valor de
R$623.108,82, que deixou de ser aplicado.
Informou ainda em suas considerações que o Município apropriou, em Outras
Transferências de Convênios, recursos no total de R$2.787.964,41,
classificados nas rubricas 1762.99.02 e 1763.99.01, sem as devidas indicações
da natureza de suas aplicações. Ressaltou que a identificação correta do
convênio poderá impactar nas apurações dos percentuais de aplicação do
ensino.
O órgão técnico em seu reexame, às fls. 103, apontou que não acatou as
alterações apresentadas nos novos demonstrativos encaminhados pelo
defendente, conforme apurado às fls. 109 e 110. Apontou ainda que o
defendente não se manifestou quanto às rubricas de receitas. Diante do exposto
permaneceram as irregularidades deste item.
Adoto o entendimento pela EMISSÃO DE PARECER PRÉVIO PELA
REJEIÇÃO DAS CONTAS, conforme art. 45, III, da LC 102/08, tendo em
vista o repasse financeiro à Câmara Municipal acima do limite previsto
(excedeu 0,91%, representando o valor de R$533.122,20) e o descumprimento
do percentual mínimo de 25% exigido na manutenção e desenvolvimento do
ensino (percentual a menor de 0,84%, representando o valor de R$623.108,82)
que configuram falhas graves de responsabilidade do gestor. Ainda, que sejam
os autos ENCAMINHADOS ao Ministério Público de Contas para as
providências cabíveis, em razão do desatendimento aos artigos 29-A, I, e 212
da CR/88, além da possibilidade de configuração do disposto no art. 10, XI, e
no art. 11, I, c/c o art. 12, II e III, todos da Lei 8.429/92.

Mirian disse...

vAI lá seu edilvo, defenda o "homem" se é que me entede!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkk.

Anônimo disse...

Ir aonde?

Os desocupados do "palácio' e adjacências, definitivamente possuem uma limitada capacidade cognitiva e baixo poder de apreensão daquilo que leem.

Não tenho nada, nem ninguém, a defender.

Principalmente, em se tratando de assuntos relacionados à pasta da EDUCAÇÃO.

O ex-prefeito, como chefe do Executivo do período, responderá dentro do rito processual e nos limites da lei por qualquer ato sob sua responsabilidade.

Sugiro ao "nobre" anônimo, que peça explicações PESSOALMENTE ao ex-prefeito. Quem sabe?!

Dá pra entender, perfeitamente, o festival de trapalhadas que vem acontecendo nos últimos meses...

EDILVO MOTA