sábado, 2 de julho de 2011

Irregularidades no Programa de Saúde da Família

De acordo com a Portaria nº 1886/GM de 18/12/97, do Ministério da Saúde, que aprova as normas e diretrizes do Programa de Agente Comunitário de Saúde do Programa de Saúde da Família, um Agente Comunitário de Saúde (ACS) é responsável por uma área onde residam, no máximo, 150 famílias ou 750 pessoas. Cada equipe de saúde da família é responsável por uma área onde residam, no máximo, 1.000 famílias ou 4.500 pessoas. Cabe a essas equipes, dentro desses parâmetros, atuar nas importantes tarefas de prevenção de doenças e na promoção da saúde.
Consta que a Secretaria de Saúde do Município de Araguari vem desobedecendo essa norma federal. Extrapolando os parâmetros, quer obrigar os ACS a cadastrar mais de 200 famílias por agente. Para tanto, alega que a Portaria federal só se enquadra em "grandes municípios" e que, na cidade de Araguari, existe uma "lei" fixando outro número de famílias por agente.
Na visão de alguns funcionários, a Secretaria, em vez de criar outras equipes do PSF (atual Estratégia de Saúde da Família), preferiu sobrecarregar os atuais ACS, que têm que trabalhar dobrado para atender a essas metas ampliadas. Afirma-se, ainda, que, por medo de perseguições, os ACS acabam se sujeitando, sem maiores questionamentos, a essas condições inadequadas de trabalho.
Integrantes da categoria afirmaram, ainda, que a situação está se tornando insuportável. Isso porque o aumento de atribuições e responsabilidades do ACS não se fez acompanhar de aumento de salários. Enquanto a categoria, nos últimos cinco anos, teve apenas um aumento de apenas 27 reais, outras classes, como as dos médicos e enfermeiros, tiveram melhor sorte, sendo beneficiadas recentemente por generoso reajuste concedido pelo governo municipal.
Esse tipo de situação mostra bem a quantas anda a gestão da saúde no município. Ameaçado de perder recursos do Programa de Saúde da Família por causa do não-atendimento de metas, o município (leia-se a Secretaria de Saúde), ao que tudo indica, resolveu escolher a categoria dos Agentes Comunitários de Saúde como um dos seus bodes expiatórios.
Falta de diálogo com a categoria. Piora nas condições de trabalho. Burla a normas do Ministério da Saúde. Perseguições. Punições. Corte de ponto por causa de uma paralisação legítima de apenas um dia. Ausência de revisão salarial. Por incrível que pareça, segundo funcionários, essas foram as medidas adotadas para "resolver" o problema do Programa de Saúde da Família. Parece que os atuais gestores da saúde adoram jogar o bebê fora junto com a água da bacia. Talvez se esqueceram de que não se faz saúde pública sem servidores motivados. São eles que abrem a porta dos SUS para os cidadãos.
Preocupados não somente com a situação dos ACS, mas também com toda a população que acaba sendo reflexamente prejudicada, resta-nos acompanhar os desdobramentos dessa história. Mais que isso, como cidadãos, temos o dever de exigir, mais que esclarecimentos, uma mudança de rumos na gestão da saúde pública da cidade. O diálogo com os diversos segmentos sociais, inclusos os funcionários públicos, não deve ocorrer somente no período eleitoral. Todos têm o direito de ser ouvidos e de influenciar na tomada de decisões do poder público.

35 comentários:

Iconoclasta disse...

"Falta de diálogo com a categoria. Piora nas condições de trabalho. Burla a normas do Ministério da Saúde. Perseguições. Punições."

Essas são as qualificações técnicas da Analfabeta Política que assumiu a pasta da saúde.

Sandra disse...

Infelizmente não somente essa pasta esta sendo ocupada por gente sem capacidade...

Alessandre Campos disse...

Um pesquisa está sendo feita no facebook:

Como você avalia o governo Marcão/Jubão?

108 votos computados até o momento e mais de 87% de facebookianos votantes avaliam o governo Marcão/Jubão como Regular/Ruim/Péssimo.

Vote pelo link (copie e cole na barra de endereços do seu navegador de internet):
http://www.facebook.com/home.php?sk=question&id=232064366820005&qa_ref=pt e dê sua opinião.

Obs: Precisa ser cadastrado no facebook para votar.

Antonia muito triste com tanta injustiça disse...

Tudo isso relatado com os ACS não me assusta, aconteceu com os ACE( controle da dengue) algo parecido onde a secretaria usou alguns supervisores de bode espiatório apenas por serem pessoas fortes e responsaveis que cobrava trabalho e seriedade com um serviço tão importante quanto a dengue, usou de um problema nacional com aumentos de casos de dengue para preserguir alguns servidores, e hoje quem esta no trabalho sabe como este anda, sem cumprimento de metas, sem condições de trabalho e servidores perseguidos, como o caso acima dos ACS. Acho que o problema da administração são com funcionários fortes, inteligentes e honestos, os desonestos quase sermpre se da bem, com esta equipe de gestores da saude de araguari.

Iconoclasta disse...

Aquele que avalia essa administração positivamente ou é CORRUPTO ou ALIENADO. Isso quando não soma os dois.

Iconoclasta disse...

Temos hoje em Araguari quatro(4) PSF's totalmente desguarnecidos de médicos, simplesmente não há médicos, e nos outros PSF's também não encontramos médicos que correspondem o período integral, assim o médico se ocupa em atender um PSF por um dia na semana. Na prática esse programa aqui em Araguari simplesmente não existe! E olha que a Analfabeta Política que hoje ocupa a função de secretária de saúde já foi também coordenadora do programa PSF. Não me pergunte como, mas foi.
Qualquer dúvida busque saber o quanto a qualidade do programa PSF em nossa cidade começou a declinar quando a Analfabeta Política assumiu a sua coordenação desde a saída da Lucélia. Mas hj não é apenas o PSF que está em suas mãos, ficou a saúde inteira, e com a capacidade que sempre mostrou em outrora os resultatos não poderiam ser outros.
Decepção? Que nada! Não poderia decepcionar com aquilo que nunca me alimentou expectativa.

Beto disse...

Essa administração é de longe a pior que a nossa cidade já teve. Lamentável como esse governo deu conta de reunir em torno de sí tanta gente incompetente.

OBS: Não sou eleitor do Marcos Alvim ok!

Dilson Martins disse...

Recente nota em um telejornal anunciou que o governo irá restringir verbas para os municípios que não cumpriem metas na saúde.

Este governo não deu conta de funcionar esse e outros tréns(máquina pública)até hoje. E quando tenta, anda para trás ou descarrilha.

Iconoclasta disse...

Os municipios já são penalizados com o não cumprimento de metas. Acontece que o Governo Federal vai mudar a gestão dos recursos com o mapeamento dos municipios, dividindo-os em regiões respeitando estruturas assemelhadas entre eles.
Como o repasse respeitava uma diretriz nacional, agora vai ser regionalizado.
O Edilvo poderia falar melhor sobre esse assunto. Essa mudança poderia acarretar uma melhor aplicação dos recursos no municipio, já que este seria tratado segundo a própria realidade? Também seria mais fácil a fiscalização dos recursos dada a sua realidade?

Anônimo disse...

Prezados,

também publiquei esta nota no meu blog, onde teci comentários sob a perspectiva do especialista em gestão de saúde, e também como ex-secretário de saúde.

http://saudenatela.blogspot.com/2011/07/estrategia-saude-da-familia-mais-com.html

EDILVO MOTA

Anônimo disse...

Iconoclasta

os municípios brasileiros padecem de um repasse per capita insuficiente, tanto no nível federal quanto estadual, no tocante às Ações de Média Complexidade. A Média Complexidade abarca o maior número de procedimentos, como exames, consultas especializadas, cirurgias e internações (inclusive em UTI).

Durante minha gestão, batalhei no CIB (Comitê Intergestores Bipartite) tanto regional quanto estadual. Participei de reuniões do COSEMNS-MG (Colegiado dos Secretários Municipais de Saúde de Minas Gerais) do qual fui presidente regional. Visitei parlamentares em BH e Brasília, participei de seminários com o Ministério Público Estadual e o Poder Judiciário. Visitei o ministro da saúde por 2 vezes, com quem discuti a questão do financiamento. A mudança do modelo depende de forte gestão política dos municípíos, através de suas representações parlamentares no Congresso Nacional.

E não resolve o deputado ser "da cidade", porque já tivemos deputado "daqui" e nada foi resolvido. O que resolve é o interesse dos municípios, através de prefeitos, vereadores, entidades da sociedade civil (o que não tem acontecido aqui, há anos).

Recentemente, o prefeito de Uberlândia acionou a União na Justiça Federal, exigindo o ressarcimento de 100 milhões, por conta de ações bancadas pelo município e cujo custeio seria de responsabilidade do governo federal. Cansei de sugerir que fizéssemos isso em Araguari, mas falei para as paredes.

O assunto é extenso, polêmico e cativante. A gente vai falando disso sempre que pode...

EDILVO MOTA

Anônimo disse...

E pensar que o Novo Modelo teve apoio maciço da classe médica, inclusive com direito a notas publicadas em jornal.

Imagino que a cessão do efetivo comando da Secretaria de Saúde para uma vereadora, que plantou na sede afilhados truculentos e desprepados para a lide interpessoal, tenha rompido os laços dos profissionais médicos com o Modelo-Não-Tão-Novo-Assim.

Desde o início de 2009, notícias de perseguições e assédio moral contra servidores municipais deram o tom da atual gestão da saúde.

Em meados de 2009 ocorreu algo patético. No dia do aniversário de Sandra (assessora direta dos secretários de saúde Maria da Penha, Edilvo Mota e Dilson Martins de Deus) fui até a sede da SMS levar meus cumprimentos e um abraço.

Soube que logo após minha saída, uma diretora afilhada da vereadora questionou à Sandra o que eu havia ido fazer lá. Santo Deus!! Só faltava quererem proibir um cidadão de frequentar um local público.

Com esse nível de indigência mental e despreparo não era mesmo pra esperar coisa melhor.

EDILVO MOTA

Anônimo disse...

Alesandre quero votar como faço? mas o importante está na rua pior governo...ele conseguiu muita rejeição... mesmo asfaltando ruas bairro vieno O NOVO MODELO conseguiu ser odiado altíssima na boca do povão.Perguntei para vários funcionários público pior ainda pode dar aumento mas não queremos mas esse HOMEM no poder.

Anônimo disse...

Prezado anônimo das 12:01

o link taí.. pode votar

http://www.facebook.com/home.php?sk=question&id=232064366820005&qa_ref=ad

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 3 de julho de 2011.

Prezado Edilvo,

Tenho a dádiva em poder ouvir, ler e testemunhar bastidores da Saúde Pública em três Municípios...

Que vexame.
Que barbaridade.
Que absurdo.
Que abuso.

Que impunidade... GROSSEIRA.

Bons aqueles tempos das comissões ilícitas, das Notas Fiscais frias, as licitações manipuladas, daqueles tempos em que os Políticos-bem-relacionados apropriavam impunimente "apenas" da merenda das criancinhas!!!

O lucrativo filão hoje é outro.

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Anônimo disse...

PUTZ....



Edilvo Mota

Anônimo disse...

Com tudo isto vai ficando a falta de pessoas habilitadas´,pra ocupar os verdadeiros cargos que se nescessita, agora concurso público?? sei lá viu, se vai funcionar pois os que prestaram concurso público ainda não assumiu nada , e continua a nescessidade de profissionais na saúde.
Euzinha Garliene

P.s - Agora google so libera quando ele quer. rsrsrs

Fer Debs disse...

é estes 4 anos vão nos custar um atraso de pelo menos 8 anos,Araguari mais uma vez anda na contra mão do crescimento..

Anônimo disse...

Colocaram uma anta a frente da saúde.

Agente Comunitário de Saúde disse...

Leitores,
O anonimato se faz necessário por causa das perseguições.
Sou Agente Comunitário de Saúde e afirmo que o Programa de saúde da Família não existe em Araguari. Apenas 4 unidades estão funcionando precariamente, o restante são somente imóveis com letreiros da Prefeitura Municipal. Estão cobrando metas e somente metas.
Um colega de serviço denunciou essa situação ao MS Estadual, muito me desanimou a conduta do MS. Não mandaram fiscalização,ao invés disso, mandaram um questionário para a gestora responder. Ora, escrever e mentir, parece que a administração sabe bem. O questionário retornou como se aqui fosse o padrão do PSF para o Brasil. È ou não brincadeira? Adianta denunciar?

Anônimo disse...

O que tem de falsos rodeando Marcão,mas ele não vê cargos de confiança de jubão grandes bodes espiatórios fora outros. Que pena que não posso falar,ah! se eu pudesse,Marcão vc merece vc está no poder, não porque conquistou o povo e sim muitos do qual vc comprou voto assim como vereadores,esse não é o honesto?começou sua história eu tenho vergonha de vc ser prefeito da minha cidade.Por que? venderam o voto e falam,vendi meu voto para Marcão isso é ser honesto?tem como confiar nesse governo?começam a questionar a sujeira,que pode vir depois.

Iconoclasta disse...

A saúde está caminhando muito bem nas mãos da Analfabeta Política, vejam algumas das suas principais conquistas:

*Perseguição à funcionários;
*Sumiço do mamógrafo;
*Deterioração das UB'S e Pronto-Socorro;
*CLI na saúde;
*Má prestação de contas;
*Descredenciamento do PSF;
*Perda de recursos do Estado;
*Superfaturamento na aquisição de medicamentos;
*falta de medicamentos para a população;
*Falta de projetos;
*Falta de organização e planejamento na saúde...

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 4 de julho de 2011.

Prezados Leitores,

(...)
Maquiagem infla gastos com saúde em R$ 12 bilhões
(...)

Despesas com reformas de presídios, aposentadorias de funcionários públicos, obras de saneamento básico e financiamento habitacional foram apresentadas como investimentos em saúde, de acordo com o Ministério da Saúde.

(...)
Fonte:
http://www1.folha.uol.com.br/poder/938469-maquiagem-infla-gastos-com-saude-em-r-12-bilhoes.shtml

Desvios deliberados, para facilitação da apropriação...

Necessitam MAQUIAR as despesas, pois sequer problemas com saúde nossa População possue !!!

Se a Autoridade constituída não age, não coibe, não pune, é porque é fraca ( rabo preso ), ou incompetente, ou também comissionada, ou solidária e conivente.

Ou tudo isso junto.

Jalecos_Colarinhos Brancos 10 X 0 Togas

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Funcionário público disse...

Vereadores da base votaram contra funcionários públicos...TIBAZINHO,RAFAEL,LUIZ PORCÃO,EVALDO,HAMILTON,TIBOCA,se votar votaria a favor ROGERINHO começando a campanha contra esses vereadores sim SENHOR MARCÃO,pessoal vamos pedir ajuda para eles... mas não votaremos neles se oferecerem grana...pega mas não vota começando a trabalhar contra.Aladino também

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 4 de julho de 2011.

Prezado Incitador à desonestidade,

(...)
pega mas não vota
(...)

Isso não é Justo!

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Funcionários públicos disse...

Janis eu sei mas é a lei da troca,nós levamos só chumbo e promessaa e mentiras cansamos de acreditar e votar,os menos esclarecidos pega dinheiro e vota por necessidade...mas se vc não me entender eu te entendo,obrigado!!!!

Iconoclasta disse...

A técnica Iara Cristina Borges secretária de saúde está levando a saúde de Araguari ao âmbito do conhecimento nacional.
O Jornal Nacional da Rede Glogo apresentou uma matéria hoje sobre o caso mamógrafo. Valeu Iara!

ROSELANE disse...

Realmente agora chegamos ao estrelado nacional, e o pior é se justificaram com uma mentira: estão construindo uma Policlinica em Araguari!!!! ONDE???? jÁ SEI NA TOCA DO COELHO DO CONTO DE FADAS ALICE NO PAIS DAS MARAVILHAS!!! POR FAVOR "NOVO MODELO", FIQUEM CALADOS, POIS BOCA FECHADA NÃO ENTRA MOSCA E NÃO SAI ASNEIRA.

ZEZANA disse...

LEI DA TROCA? FALTA DE MORAL ISTO SIM. VENDER O VOTO E VOTAR, VENDER VOTO E NÃO VOTAR. A SUA TROCA É 30,00 OU SE LÁ O QUANTO CUSTA A SUA MORAL POR FALTA DE SAÚDE, EDUCAÇÃO E TODOS OS OUTROS BENEFICIOS QUE O ESTADO DEVE NOS FORNECER? QUE SUJEITO INTELIGENTE É VOCE. E ANTES QUE VOCE ACHE QUE EU PENSO DESTA FORMA PORQUE TENHO DINHEIRO, NÃ SE ENGANE TRABALHO NA PREFEITURA MEU SALÁRIO BASE É O MINIMO, A QUESTÃO É QUE A MINHA MORAL NÃ ESTÁ A VENDA, O MEU CONHECIMENTO DO SOCIAL NÃO ESTÁ A VENDA. OK! NÃO SE JUSTIFIQUE, POIS NÃO HÁ JUSTIFICATIVA.

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 4 de julho de 2011.

Prezados Navegantes,

Tchurma da mamata ( cuidado com a câmera ), sorriam... vocês estão na Mídia Nacional... direto em 3:16 min:

http://g1.globo.com/videos/jornal-nacional/v/serie-especial-do-jn-aborda-dificuldade-no-diagnostico-do-cancer-de-mama/1554526/

Eu email, tu blogas ele tuita, nós denunciamos, vós punis, eles se phodem...

É. Tem razão.

Esse negócio de internet, sites de relacionamento, blogs, twitter, tal e coisa é mesmo para neófitos desocupados.

Mas vai que dá certo né ?!

( sic )

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Eliane Morel Viana disse...

Perdi o jornal nacional...pena viu essa história do mamógrafo pensei que já estava resolvido e nada... vergonha nacional eu defendo tanto Araguari quando viajo...e agora povão? nossa cidade sendo falada negativamente no pico de horário global.Espero que não culpem os funcionários públicos.

Iconoclasta disse...

A saúde está caminhando muito bem nas mãos da Analfabeta Política, vejam algumas das suas principais conquistas:

*Perseguição à funcionários;
*Sumiço do mamógrafo;
*Deterioração das UB'S e Pronto-Socorro;
*CLI na saúde;
*Má prestação de contas;
*Descredenciamento do PSF;
*Perda de recursos do Estado;
*Superfaturamento na aquisição de medicamentos;
*falta de medicamentos para a população;
*Falta de projetos;
*Falta de organização e planejamento na saúde...

Ianis disse...

Antônimo grita:

ICONOCLASTA,

dá prá atualizar a lista naum ?! Xuxa aê algo sobre Mídia Nacional pô...

Atenciosamente,
O Antônimo que postou.

Iconoclasta disse...

JANIS,

Ainda não há necessidade de atualização da lista, não saiu da moda, e nem todos os itens ainda não foram devidamente explorados -merecidamente- em termos nacionais Rsss...
Mas arrisco dizer que o próximo deve ser o serviço nos PSF's, já que este está um caos!!!

Anônimo disse...

Pois é: Cidade de Araguari está famosa, pessoal. Nossa só piora, que vergonha....