terça-feira, 21 de junho de 2011

Secretaria de Trânsito e os músicos ilusionistas

O novo modelo de administração pode cometer muitos erros. Mas, convenhamos, quando o assunto é comprar opiniões, esse governo é imbatível.
Nesse ponto, a gestão Marcão funciona como uma orquestra, extremamente afinada. Os músicos são conhecidos de outros carnavais: Valmir Brasileiro, Astério de Souza Mota...
A melodia do momento é a criação da Secretaria Municipal de Trânsito, Transportes e Segurança.  Ensaios à exaustão. Falácias em profusão. Cigarras estridentes. Argumentam, de forma terrorista, que a criação do órgão acabará com as mortes no trânsito da cidade. Grande mentira!
O mais interessante é que esses músicos tocam de ouvido. Duvido que sequer tenham lido a partitura, ou melhor, o tal projeto de lei que cria a secretaria. Mesmo assim, defendem insistentemente a proposta governamental.
Apesar do talento dos músicos e dos exaustivos ensaios, o resultado pode não ser um sucesso de público e de crítica. Falhas graves. As vaias serão inevitáveis. Esqueceram de dizer para o povo que a nova secretaria vai ser mais um cabide de empregos, uma vez que serão criados, no mínimo, mais sete cargos comissionados. Fazem questão de omitir que esse tipo de projeto gera despesas com pessoal, instalações e equipamentos, mas nem sempre produz bons resultados. Exemplos? A criação do Departamento de Medicamentos comprova isso: seis comissionados e zero medicamentos. Não têm coragem de esclarecer à sociedade que outras cidades, como Patos de Minas, estão adotando o caminho correto e realizando concursos para a contratação de agentes de trânsito, que exercerão as funções de fiscalização de trânsito e outras pertinentes.
Em suma, temos um governo muito bom na hora de comprar opiniões e de acomodar os apaniguados às custas do dinheiro público. Em contrapartida, na hora de prestar serviços públicos, esse mesmo governo não mostra tanta eficiência.

12 comentários:

garliene arts disse...

Marcos já é de conhecimento público que funcionários são laranjas nestes cargos de confiança que eles mesmo desconfiam até da confiança, pois a qualquer momento podem delatar o mal feito , pois ganha-se valor X mas divide pra Y , agora os cidadãos em questão tem parente trabalhando na prefeitura?? Recebem da prefeitura?? Si não for da forma licita com certeza é da forma ilicita como relatei acima.E aja dinheiro público pra tanta festa. =))

Anônimo disse...

A criação da secretaria se faz necessaria...Fato...Mais a forma com que querem realizar esse "projeto" é mt estranha...Espero que os vereadores analisem com muita cautela antes de aprovar...No caso do IPTU se tivessem tido esse cuidado...Não estariamos passando por todos esses problemas.
Sandra Lúcia Ferreira

Roberto disse...

Concordo com a Sandra, precisamos melhorar o sistema viario de Araguari, e para isso precisamos de pessoas para melhorar este sistema, caso contrario continuaremos tendo problemas de uma cidadezinha provinciana e nao de uma cidade com espectativa de crescimento como é Araguari

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 21 de junho de 2011.

Prezados Srs.,

E no diapasão,
o Maestro nem um pouco batuta,
prepara a sinfonia maluca:

- A sintonia da confusão, ELEITOR, o BOBÃO!

Regendo de dar Dó, maior,
Si este concerto tem conserto,
ou Fá outro remendo, virá de Ré em Mi
na SoLa,
apenas mais um manchão?!

( sic )

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Anônimo disse...

vereador e cautela, juntos ?

pode perder a esperança, água e óleo não se misturam

Anônimo disse...

É MUITO TRISTE . ESTE ASSUNTO DE IMCOMPETENCIA E FAVORECIMENTO COM LARANJAS E NEPOTISMO JÁ É MUITO MANJADO E REDUNDANTE
É DESANIMADOR.

Maria Tereza disse...

Quando o prefeito começa a falar... simples que eu saiba eles falam não de novo... mas não é o novo modelo de administração... Valmir já era perdeu sua credibilidade pensa que está enganando o povo...valmir vai pra casa puxa saco...ah tá frio puxa o cobertor é melhor já era já deu o que tinha que dar homem puxa saco não é homem.

Anônimo disse...

São no mínimo mais sete os cargos comissionados. Um será apradrinhado da "Margaret Thatcher" de Araguari, os outros serão disputados pelos Edis da base do Prefeito0. Alguém ficará de fora, eis que sobraram 08(oito). Não duvidem se eles aumentarem os cargos comissionaods para aconchegarem os apaniguados de cada vereador, mesmo que sejam incompetentes e desonhecedores daquilo que irão administrar. A administração precisa é de primar pela eficiência, só assim deixará de tampar o sol a com peneira.

Colenghi disse...

Não acredito que faltando apenas um ano e meio para fim do caótico mandato, a criação de uma secretaria resolva problemas do trânsito em Araguari.
A imprensa ultimamente, resolveu descer o pau no vereador Tiãozinho, que diz não ser contra a criação da secretaria de trânsito, desde de que, os cargos técnicos fossem preenchidos com concurso público. Aí ele arrumou para a cabeça, apesar de estar correto.
Em entrevista à Rádio da situação, no programa de Luís Humberto Borges, o secretário Candinho, arauto do governo, respondeu à argumentação do Tiãozinho que concursado não atende às expectativas. Que expectativas seriam essas? Alguém se habilita à esclarecer?
Certamente às expectativas de quem ainda espera uma boquinha no "New Model Administration". Bad Rabbit Rules!

Zimiro disse...

O vereador Tiãozinho fez muito bem em se posicionar contra a criação de mais uma secretaria, não há lógica pra isso. Um governo que diz não ter condições para aumentar o salarios dos funcionários vai criar outra secretaria para consumir mais recursos? E o pior, o ingresso seria mediante a contratos,transformando a prefeitura num balcão de negociatas, quantos não vão querer indicar sua clientela política para ocupar esses cargos.
OBRIGADO TIÃOZINHO POR DENUNCIAR ESSA VERGONHA!

Anônimo disse...

Zimiro

na época da criação daquela "guarda de trânsito", acho q em 2007, dois colegas de vcs que já estavam há tempos em função administrativa na sede da SMS me procuraram, pra liberá-los. Neguei, dizendo que não haveria amparo legal, por caracterizar nitidamente desvio de função, contrariando a Lei Orgânica do Município.

Não satisfeitos, procuraram diretamente a secretária de Administração que os enviou para a nova função sem me consultar ou sequer comunicar ( o que não resolveria, porque eu não aceitaria).

Logo que tomei ciência do fato, enviei email ao secretário Wesley Lucas (Serviços Urbanos) e à secretária Lúcia Araújo (Administração) exigindo o retorno imediato dos servidores à Saúde. Assim foi feito, ainda que a contragosto.

Todo mundo puto comigo, claro. Mas cumpri meu papel de zelar pela legalidade das ações e de não compactuar com ilegalidades.

Alguma dúvida dos motivos da antipatia quase generalizada por mim, na cúpula política do governo e na "base" da Câmara?

EDILVO MOTA

ROSELANE ARRUDA FUNCIONÁRIA CONCURSADA disse...

Gostaria de saber do SR. Cândido Arruda A quais expectativas os funcionários não correspondem?