terça-feira, 14 de junho de 2011

O Correio Oficial e suas finalidades nada nobres

A edição do Correio Oficial do município de Araguari de sexta-feira, feita às pressas, noticiou a  revogação da liminar que suspendeu a cobrança do IPTU. Essa publicação, a meu ver, só pode ter dois motivos. Primeiro, captar recursos para tentar "fechar" o caixa da Prefeitura. Segundo, jogar mais um pouco de dinheiro nos cofres do Correio de Araguari.
Outro detalhe. Essa notícia não supre a publicação da decisão do Tribunal de Justiça no Diário Oficial de Minas Gerais. Só a partir dessa publicação, os contribuintes estarão obrigados a pagar a segunda parcela. A Prefeitura apenas gastou tinta e papel para produzir um nada jurídico. Não poderá cobrar multa e juros de mora de quem não pagou.
O último detalhe. Trinta por cento do espaço dessa edição foi destinado à veiculação de propaganda governamental (tipo: pra dizer que Araguari é um ninho de amor). Não tendo nada de interesse público para publicar, forçou-se a barra para conseguir encher quatro folhas de papel. Letras grandes. Muita propaganda. Tentativas de melhorar a imagem do governo. Simplesmente, vergonhoso... Se eu participasse de um governo desses, teria vergonha de encarar as pessoas na rua.

Um comentário:

Anônimo disse...

Pra quem tem boa memória, diria que é um desempenho bem FRAQUINHO, né?!

Edilvo