terça-feira, 7 de junho de 2011

Caos na Saúde: Desabafo de um Médico

Abre aspas para o Dr. Luciano Mazão Leite em e-mail enviado ao Gazeta do Triângulo:
Recentemente li uma entrevista da diretora do Pronto Socorro Municipal Mirian Lima pedindo à população araguarina que não lotasse o PSM com casos que não fossem de urgência e emergência.
Na teoria estava tudo lindo e maravilhoso, pois ela pedia à população que fosse aos postos de saúde e aos PSF´s. Mas lendo aquela entrevista uma pergunta ficou no ar: para onde iria aquele pessoal se alguns PSF´s estão sem médicos e alguns postos de saúde não atendem toda a demanda?
Curiosamente naquele mesmo dia fui fazer faxina no meu quarto e achei o programa de governo do então candidato Marcos Coelho onde o mesmo prometeu criar mais oito PSF´S totalizando 20 postos.Faltando pouco mais de um ano para o término de seu mandato, conseguiu criar apenas um e mesmo assim alguns estão sem médicos e equipes incompletas.
Araguari cidade-modelo de PSF no ano 2000 passou a ser cidade-vergonha com cobertura de apenas 37% de toda sua área correndo risco de perder várias verbas.E aqui pergunto às autoridades: de quem é a culpa?? Sempre ouço alguns vereadores da situação falarem ‘a saúde do Brasil está na UTI’ é muito fácil jogar a culpa nos outros, sendo que em muitas cidades aqui do lado, a saúde vai muito bem obrigado.
Outra notícia de incompetência do executivo que me deixou muito triste foi o adiamento da construção do  novo PSF Amanhece que  não foi aprovada, mais um erro de elaboração.
Quem não conhece o local, deveria conhecer. Atualmente onde está localizado, totalmente sem condições de funcionar, com mofo distribuído em todos os cômodos, apenas um banheiro, servindo para funcionários e usuários, farmácia sem farmacêutico, ambulância totalmente precária sem materiais de emergência.
Concluindo, infelizmente diretora, o PSM tem mesmo que ficar lotado visto que a atenção primária de nossa cidade está um desastre. É esse o NOVO MODELO DE ADMINISTRAÇÃO??
DR. LUCIANO MAZÃO LEITE
MÉDICO"

12 comentários:

roselane disse...

Agora entendi porque as pessoas em Amanhece brigaram por este médico. Enfim um MÉDICO ABRE A BOCA E DIZ A VERDADE. E ainda fala em regionalizar alguma coisa na saúde de Araguari, vamos regionalizar o caos.

Anônimo disse...

esse luciano mazão é um babaca também. um playboy metido que não teve vez nesta administracao municipal, por isso que vive falando e falando sobre tudo e todos. aposto tambem que se ele tivesse um carguinho não falaria tanta bobagem malhando mais ainda o falido novo modelo da administracao, nao sei o que o povo ver de bom nesse medico. é mais um açougueiro,,,

Anônimo disse...

o dr luciano é um ótimo médico aqui no amanhece toda população gosta dele, pelo ótimo trabalho feito em nosso municipio.

garliene arts disse...

Dr. Luciano Mazão , parabéns pelo seu trabalho junto a comunidade do amanhece, eu acompanho seu trabalho não se sinta diminuido por nada. Quem tem o diploma é VC e isto ninguém te tira . PARABÉNSSSS. Olha estude bastanteeeee ai pra trazer novidadessss . =)

Anônimo disse...

Luciano Mazão exerceu em Amanhece, como médico do PSF, o que chamamos de MEDICINA COMUNITÁRIA. Como gestor municipal do SUS admirava e aplaudia seu trabalho, que acompanhei de perto em periódicas visitas ao distrito e á unidade de saúde.

Esta é uma nova visão da prática médica, distanciada do convívio médico-paciente pela hiper especialização.

Em 2005, participando de um debate com Dr. Adib Jatene, ele comentava justamente da perda causada pelo afastamento do médico de seus pacientes, da submissão dos profissionais às máquinas e da falta do contato, do afeto, do acolhimento, do carinho, enfim.

Que mais médicos resgatem o afeto e o verdadeiro amor pelos pacientes que lhe procuram, em busca de cura e, sobretudo, de ATENÇÃO.

Edilvo Mota
Ex-secretário municipal de saúde (jan/2005-mar/2008)

Iconoclasta disse...

Os atuais gestores da saúde acham que as pessoas procuram o Pronto-Socorro por uma escolha autônoma. É evidente que se os PSF's e os Postos de Saúde dos bairros tivessem um atendimento digno e responsável as pessoas não procurariam o Pronto-Socorro. Quem não gostaria de ser atendido próximo a sua residência?

Iconoclasta disse...

Depois que aquela analfabeta política assumiu a pasta da saúde, o serviço entrou num processo rápido de degeneração. No primeiro momento quem teve o (des)prazer de ouvir a analfabeta política discursando sobre suas expectativas já sabia da iminência do colapso da saúde. Julgou estupidamente que o "discursinho" com base assistencialista com elementos de auto-ajuda seria o suficiente para colocar a maquina andar. Agora eu lhes pergunto, qual foi o progresso, qual foi o desenvolvimento, qual fruto positivo que essa analfabeta política trouxe para a saúde de Araguari? Pelo menos conseguiu um feito histórico, mesmo que negativo, foi o descredenciamento do PSF! Uma vergonha!!!

Anônimo disse...

Em meados de 2007, a Prefeitura de Araguari, através da Secretaria de Saúde, iniciou uma parceria com a Unipac, para prover a extensão do horário de atendimento nas UBS e ESF, até as 20h00. Esta era uma maneira de garantir acolhimento e tranquilidade aos cidadãos, além da necessária extensão para os alunos e o desafogo do PSM, cuja missão (de fato) é atender URGÊNCIA e EMERGÊNCIA.

O processo iniciou na unidade ESF São Sebastião e na UBS do bairro Santa Helena, contando, cada unidade, com 01 professor médico e 06 (seis) alunos do curso de Medicina.

O projeto previa a ampliação gradativa do programa a todas as unidades de atenção primária, conforme a evolução semestral dos alunos, até que atingisse a totalidade dos locais dotados com UBS/ESF.

Deixei a pasta da Saúde em março/2008. Não tive mais notícias de a quantas anda o projeto.

Edilvo Mota
Ex-secretário municipal de saúde (jan/2005 a março/2008)

CIDADÃO DESESPERADO E QUASE PERDIDO disse...

Caro Edilvo,aposto que este projeto está como todos os outros projetos: empoeirado, encavetado em resumo esquecido.Quando ao fato de que a bronca do médico seja por ele não ter um carguinho, como insinuou a criatura anonimalis, o simples fato de não ser "digno" de um carguinho na atual situação da Saúde Pública de Araguari, já é indicio de que o referido médico tem muitos méritos, como afirma a população do distrito de Amanhece.

Iconoclasta disse...

Por falar em projetos, no ano de 2010 a analfabeta política pediu para os antigos supervisores da dengue juntamente com suas respectivas equipes para elaborarem um projeto de intensificação no combate ao vetor, o projeto foi feito, entregue e protocolado, apenas não foi colocado em prática porque a analfabeta política não deu conta de colocar datas no projeto. O acefalismo é uma doença incurável mesmo. Resultado: "Araguari perdeu repasse de verbas, o próprio vereador Tiãozinho leu na Câmara um documento onde mostrava que o valor de 30 mil reais não foi aplicada no trabalho da dengue em Araguari". Depois tiveram a cara de pau de jogar a culpa de casos da doença nos ex-supervisores.

Anônimo disse...

mazao grande medico e grande ser humano

BRUNO_ RERI_MG disse...

E sim um grande medico a prova esta ai em amanhece.