sábado, 4 de junho de 2011

Aumento do número de vereadores é objeto de audiência pública

Câmara promove audiência pública para discutir aumento no número de vereadores
O aumento do número de vereadores em Araguari, conforme prevê a Emenda Constitucional 58, será a pauta de uma audiência pública marcada para a próxima quinta-feira, dia 9, no plenário da Câmara Municipal. A discussão, solicitada pelo vereador Werley Macedo (PDT), pretende reunir representantes de todos os partidos políticos da cidade, mas, é aberta ao público. “Os partidos políticos são grandes interessados, pois, não há como disputar as eleições sem eles. Mas, a questão envolve toda a sociedade, então, é fundamental que as pessoas participem das discussões para decidirmos juntos, pois quem não participar agora, não poderá reclamar depois”, disse Macedo. 
Leia a reportagem completa no Gazeta do Triângulo

Pitaco do Blog
Parabenizo o vereador pela iniciativa. Agora, a bola está com a sociedade araguarina. Em especial, os diversos segmentos sociais devem aproveitar a oportunidade e participar efetivamente desse evento. Democracia se faz assim.
Aproveitem e votem na pesquisa ao lado. Vocês são contra ou a favor do aumento do número de vereadores na Câmara?

5 comentários:

Aristeu disse...

Audiência Pública pra mim não resolve nada e nem demonstra vontade da população. Só o referendum pode traduzir a vontade do povo, mesmo que comprada.

garliene arts disse...

Eu sou a favor de mais cadeiras. =)

Anônimo disse...

Se houvesse qualidade, a quantidade não faria diferença.

Mais do mesmo pode significar menor representatividade do interesse coletivo e maior espaço pra chantagem e enriquecimentos inexplicáveis

Leandro Cezar Maniezo disse...

Eu sou a favor de menos cadeiras. Pro papel que eles desempenham, se o número de vereadores fosse apenas 7 já estaria de bom tamanho! Quanto mais vereadores pior e aí velhas raposas podem voltar a habitar a casa legislativa, vide o clã dos carpaneda, dos peixoto, e ainda dos apelidos bizarros que tendem a perpetuar, como tiboca e porcão, e para os íntimos, os tibazinhos, os juninhos, os natalzinhos,os zé mirandas, etc, etc, etc... aff

Colenghi disse...

Sou á favor de menos vereadores, assim a vergonha de ter um legislativo submisso aos caprichos do executivo seria menor