sábado, 21 de maio de 2011

Rádio Vitoriosa demite dois apresentadores

 Depois das mudanças na Rádio Vitoriosa Uberlândia (AM 1390), o diretor de programação, Fernando Garcia, informou na tarde desta sexta-feira, 20/05, que o programa “Salada Mista” saiu da grade de programação da Rádio Vitoriosa Araguari (AM 930), sendo demitidos seus respectivos apresentadores, Limírio Martins  e Wilson Prado.
“Salada Mista” vinha sendo apresentado das 12h às 13h. Agora, o horário será ocupado pelo programa “Linha Dura”, apresentado por Valmir Brasileiro, das 12h às 15h. Até então, o programa era veiculado das 13h às 16h. A notícia do desligamento de Limírio Martins e Wilson Prado caiu como uma bomba no rádio araguarino.
 
Clique aqui para ler direto na fonte

Pitaco do Blog
Apesar de não concordar em quase nada com a opinião e os atos do Limírio Martins (sobretudo, quando ele exerceu a vereança), eu lamento o fim do programa. Sem embargo da divergência de opiniões entre ele e o outro apresentador, Wilson Prado, o Salada Mista era uma referência entre os programas jornalísticos da hora de almoço. Seguia a tradição de programas opinativos que a cidade possui desde, que eu me lembro, a época de Argemiro Tomaz de Aquino e Luis Roberto Alessi.
Na verdade, a Vitoriosa está seguindo a tendência das rádios brasileiras. Trabalham em rede, reduzindo custos e as programações locais. O desemprego, infelizmente, é um dos efeitos desse modo de gestão.
Vamos ver o que irá acontecer, mas de qualquer forma Araguari perde muito com isso. A Rádio Vitoriosa, de agora em diante, só terá 7 horas de programação local. O programa sertanejo do Limírio, por exemplo, prestava bons serviços à população há décadas. A simples divulgação de notas de falecimento e o envio de recados para o pessoal da zona rural são atos aparentemente singelos, mas que têm sua importância no contexto social araguarino. Em troca, teremos programas enlatados, genéricos e focados sobretudo na realidade de Uberlândia, reduzindo, inclusive, a participação do público araguarino.
Resumindo. Inevitável e, na opinião deste assíduo ouvinte de rádio, lamentável para os profissionais demitidos e para a cidade.

20 comentários:

Alessandre Campos disse...

O Programa Sertanejo do Limiro era (e pode continuar sendo em outra emissora) uma tradição do rádio araguarino. Se fosse Tombado pelo Conselho Deliberativo Municipal de Patrimonio Histórico e Cultural de Araguari como um bem imaterial, talvez seria "imexível" da grade da emissora.

Apesar dos dois apresentadores, por motivos que só eles sabem, me apedrejaram em muitas circunstâncias, pedindo minha "cabeça" por várias vezes (não guardo mágoas), acredito que o rádio araguarino estará, realmente perdendo espaço para que a população possa expor suas opiniões, mas a tendência de uma grade de programação em rede é o reflexo do desenvolvimento e do progresso (algo muito defendido pelos dois) nas empresas de comunicação (rádio e tv).

Mas, neste momento dificil me solidarizo com os dois, pois são seres humanos e deixo-lhes uma reflexão:

"Primeiro vieram buscar os judeus e eu não me incomodei, porque não era judeu.
Depois levaram os comunistas e eu também não me importei, pois não era comunista.
Levaram os liberais e também encolhi os ombros. Nunca fui liberal.
Em seguida os católicos, mas eu era protestante.
Quando me vieram buscar, já não havia ninguém para me defender." (Martin Niemoller)

Como esse não é o único trabalho deles, não será traumático a perda da vaga, como o seria para muitos daqueles que eles chamaram de incompetentes e pediram sua demissão, principalmente do serviço público.

Transformem as dificuldades em novas oportunidades.

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 21 de maio de 2011.

Prezado Alessandre,

Cassa-se o cargo.

Não se caça A PALAVRA. Não se cala VOZ.

Ainda não se conseguem demitir A RAZÃO. ( Espero! )

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Edilvo Mota disse...

Presto minha solidariedade a Limírio e Wilson, que durante meu exercício de cargo público (e mesmo depois) sempre me trataram com respeito e cordialidade.

Aristeu disse...

Deve vir coisa boa por aí - renovemo-nos!

Iconoclasta disse...

Só faltou o Valmir Brasileiro para completar a higienização.

Colenghi disse...

Não conheço pessoalmente nenhum dos dois radialistas.
Mas o Limirio não é imparcial, o Wilson sóbrio.
Matinal, vespertina ou noturnamente, música sertaneja não faz parte de minha cultura, portanto o Limirio não fará falta! E concordo com o Iconoclasta, o Valmir podia ir junto.

Colenghi disse...

Em tempo:
Já que os radialistas daqui não apresentam coisas novas em termos de música decente, proveito a "despedida' dos dois para apontar música de qualidade, além da sertaneja:
"E o fim é belo incerto... depende de como você vê
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só"
Pra quem quiser conferir:
http://www.youtube.com/watch?v=dnga63bL0p4

Alessandre Campos disse...

Parece que a Vitoriosa está se tornando em PERDEDORA.

PERDEDORA de profissionais e consequentemente de audiência.

Já perdeu, até agora 3 profissionais. Por último André Luiz Magalhães, mais conhecido por André Maninho, deixou a Rádio Vitoriosa Araguari (AM 930), segundo Ismael Carvalho (http://ismaelcarvalho.com/).

Conforme Ronaldo Cesar Borges o próximo será Valmir Brasileiro (http://colunadrops.blogspot.com/2011/05/mudancas.html).

Iconoclasta disse...

Algo interessante:
A rádio Planalto é propriedade de Raul José, opositor do "Novo Modelo" e que alimenta o interesse de canditar-se a prefeito de Araguari;
O Valmir Brasileiro até então severo defensor do governo de Marcão.
Caso concretize a sua ida para a Planalto, Valmir Brasileiro mudará também sua ótica sobre o governo de Marcão? Podemos saber se a sociedade araguarina estava lhe dando com um homem de fortes convicções ou com um canastrão oportunista. Fico com a segunda opção sem dúvida alguma.

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 21 de maio de 2011.

Prezado Iconoclasta,

Não tenha dificuldades em compreender e lidar com filosofias eólicas... mudanças dinâmicas de prisma é questão de sobrevivência em Araguari.

Ética transitória, idem.

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Anônimo disse...

Quem deve estar satisfeito com as demissões é o novo modelo de administração. Agora tem menos espaço para mostrar a realidade de um governo desordenado,desorganizado e caótico. O Salgado deve estar por tras e com certeza vai apoiar Marcão de novo.

Alessandre Campos disse...

Me solidarizo com todos os demitidos, pois a falta de trabalho é terrível. Já passei por isso e sei o sentimento que isso provoca.

Não desejo o desemprego para ninguém e muito menos para aqueles que me consideram inimigo.

Força a todos para superar esse momento!!

Colenghi disse...

Creio que não haverá problemas para o senhor Limirio arrumar outro emprego, visto que ele sempre dá um jeitinho de bajular quem quer que esteja no poder. Ademais, pena tenho apenas daqueles que sofrem por má administração dos gestores, sendo o senhor Limirio um algoz do funcionalismo não compartilho de qualquer sentimento de congratulação ou solidariedade com o mesmo.
Na guerra inimigo é inimigo.

Anônimo disse...

Me solidarizo com os demitidos, gente boa, que todos os dias lembra-se de gente como a gente da zona rural, zona urbana que muitos de voces se esquecem ate´de agradecer e ficam so pondo a culpa nos governantes, porque nao arregaçam as mangas e trabalham de verdade, fazendo aquilo que muitos deveriam, se cada um de nos fizemos um pouquinho,ao inves de so criticar,as vezes nosso municipio estaria melhor. E uma pena a saida de Limirio e Wilson

Colenghi disse...

Anônimo "rural" do dia 22 de maio de 2011 16:13
Não colocamos a culpa em políticos, mas eles insistem em vestir-se de incopetências sozinhos.
Tentamos trabalhar, mas somos sempre impedidos, pois quando demosntramos mais competência que nossos chefes, somos amputados e punidos.
Agradeço ao homem do campo( que certamente não é seu caso, afinal se fosse, por que seria anônimo)pelo alimento na mesa.
No mais, o Limirio sempre se mostrou bajulador dos poderosos, então, não será problema arrumar emprego na gestão atual. Aliás, salvo engano, ele já trabalha no Novo Modelo.

Anônimo disse...

O Limírio não deveria estar passando por isso caso tivesse sido aplicado a justiça alguns anos anteriores, isto é, CADEIA!!! Esse senhor surrupiou os cofres públicos e está impune! Absurdo!
Agora é muito fácil pegar um microfone é fazer média com pessoas da zona rural, e ganhar um "franguinho", "cachacinha", essas pessoas são geralmente humildes e ingênuos, assim Valdir Brasileiro, Limírio e similares agem com bastante oportunismo. A rádio acaba virando palanque para suas implicações políticas.

Anônimo disse...

Aquele cara que ficou fazendo o programa que era do Limirio é uma lastima, de agora em diante não ouço mais a rádio Araguari, e programa sertanejo é só Valdir Brasileiro.Vamos esperar o Límirio em outra emissora.

Anônimo disse...

O MARCÃO É UM DITADOR
HUGO CHAVES QUE SE CUIDE
ELE QUERIA ENTRAR A TODO CUSTO NO MEIO DA ENTREVISTA DO WERLEY MACEDO NO PROGRAMA DO LIMIRIO E DO WILSON PRADO , A MAIOR BAIXARIA DO MARCÃO
, COMO ELES NÃO DEIXARAM ELE DEU UM JEITO DE SE VINGAR
VOCES SABIAM DISTO
MARCÃO , O DITADOR!!!!!!

Alessandre Campos disse...

"Deus nos concede, a cada dia, uma página de vida nova no livro do tempo. Aquilo que colocarmos nela, corre por nossa conta."
Chico Xavier

Anônimo disse...

Sinto muito pelos dois, mesmo discordando em certos pontos com o senhor Limirio me acostumei ao longo dos anos a ouvir o programa dele já que morei na área rural e não nego que sou interiorana e caipira com muito orgulho sim senhor e quanto a Wilson Prado para mim sempre será um excelente profissional
Então somente posso dizer que sinto muito pela radio vitoriosa Araguari, pois perdeu ótimos funcionários e com certeza grande parte de seus ouvintes
Sinceramente esperava melhorias na programação e imparcialidade e me deparo agora com uma programação que não tem nada haver com Araguari
Ligo o radio para ouvir acontecimentos locais e não de cidades vizinhas
Grande decepção senhor Wellington Salgado ou devo dizer mais uma decepção não só para mim, mas para toda a população araguarina
Justiceira