terça-feira, 31 de maio de 2011

Presidente da OAB defende saída imediata de Palocci

Walter Guimarães
Do Contas Abertas
As denúncias de aumento patrimonial do ministro Palocci já completaram duas semanas. Políticos, partidos da base governista e da oposição, além de entidades da sociedade civil, se mobilizaram para defendê-lo e outros para pedir o afastamento imediato da Casa Civil, como foi o caso do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante.
Nesta segunda-feira, dia 30 de maio, Cavalcante afirmou que a instância jurídica do caso não está bem resolvida, mas “a instância moral requereria uma postura de grandeza e, sobretudo, de preservação do próprio governo”. No caso, a postura seria o afastamento do ministro até que sejam apuradas as denúncias. 
Clique aqui e leia a reportagem completa no site Contas Abertas.

2 comentários:

Aristeu disse...

Um cara desse não cai. São tantos que tem o rabo preso com ele... Ele deve ser o Ali Babá e o resto é figurante.

Pernalonga disse...

Falando em aumento patrimonial, vamos ater aos atos coincidentes a cerca da área comprada pela "Vale" e agora o local para acomodar nossa tão sonhada "faculdade federal". Não vejo o povo carente de Araguari ganhando e sim os "Paloccis" daqui.