quarta-feira, 4 de maio de 2011

Pagando por serviços não prestados

Em entrevista ao programa Salada Mista de ontem, da Rádio Vitoriosa, o vereador Wesley Lucas fez revelações interessantes sobre a prestação dos serviços de limpeza e conservação das vias públicas.
Durante discussão do tema, houve consenso entre o vereador e um de seus entrevistadores, Límirio Martins, no sentido de que  nem no governo anterior nem no atual, as empreiteiras realizaram os serviços de varrição  de rua de acordo com o fixado nos contratos firmados com o município. Segundo o vereador, que conhece bem essa realidade (já foi Secretário de Serviços Urbanos na gestão anterior), a maioria das ruas da cidade deveriam ser varridas duas vezes por semana.
A entrevista foi realmente reveladora. Demonstra, claramente, que o município não fiscaliza a execução desses serviços. Joga por terra, inclusive, a tese dos que defendem a ampla terceirização de serviços. Mais que isso, escancara o fato de que a Prefeitura paga por serviços que não são realizados. Tudo isso caracteriza o mau gasto dos recursos públicos.
Apenas para lembrar, é justamente esse tipo de procedimento, presente tanto no governo anterior quanto no atual, que propicia a corrupção. Vejam que, se forem pagos serviços não executados, obviamente alguém se enriqueceu ilicitamente nessa história. Em princípio, foram as empreiteiras, mas nada impede que parte desses valores acabem nas mãos de políticos e funcionários públicos. Talvez por isso existam pessoas com tanto interesse em assumir a Secretaria de Serviços Urbanos.
Agora, o pior dessa história.  É praticamente impossível comprovar se os serviços foram ou não prestados. Por exemplo, como demonstrar que a Rua X não foi varrida duas vezes por semana no mês passado? Além disso, há uma consequência mais danosa para o cidadão. É o fato de a Prefeitura ter aumentado exorbitantemente, via novo Código Tributário, o valor da taxa de conservação de vias públicas justamente para poder pagar as tais empreiteiras. Isso aumenta o prejuízo da população, que vai pagar bem mais caro por serviços que não serão executados. O enriquecimento ilícito ("roubo" do dinheiro do povo), nesse caso, só irá aumentar. A quem isso interessa?

5 comentários:

Aristeu disse...

Diga onde tem corrupção? Vou varrendo, vou varrendo, vou varrendo...

Anônimo disse...

por coincidencia o wesley lucas fez campanha rica pra vereador depois q nao fiscalizou o serviço das empreiteiras, comprou presidentes de bairro e comprou voto, isso é uma vergonha

EFGoyaz disse...

Desde quando eu nasci escuto que o vereador Tiboca é o dono das empreiteiras que mamam nas tetas de Araguari desde que o mundo é mundo. Se é verdade eu não sei, mas sei que ele é um expert na arte de manter-se sempre na situação, amigo de quem quer que seja o rei. Se sempre foi assim, vai ser sempre assim. Esse novo modelo de corrupção se elegeu batendo o pé que iria rever os contratos com essas empreiteiras de fachada. Mas só não explicaram pra qual lado iriam melhorar.

Anônimo disse...

Wesley Lucas se revoltou por um único motivo
Não conseguiu fechar negocio com o atual prefeito ele queria a secretaria de serviços urbanos novamente e não conseguiu
E o senhor Luiz Antonio Lopes vulgo PORCÃO abandonando o barco?
Acho um pouquinho tarde pra isso.
Pelo jeito o Chupão ou Jubão continua no controle da situação

romildo disse...

pq vc que fala mal de um vereador citando nome do tal tbm ,não seja capaz de mostrar sua verdadeira intendidade,isso significa que vc deve ter rabo presso com algum politico posso até advinhar de quem se trata alguem que fica usando pessoas pq não tem coragem de se mostrar pq e omiço, por isso araguari e essa vergonha por gente como vc que se esconde e não e capaz de mostrar a sua cará ok deixa os vereadores trabalharem e vá procurar algo pra vc fazer tbm ao invés de denigrir imagem ao invés de dizer na cara do vereador certo vista a carapuça okkkk