sexta-feira, 20 de maio de 2011

CLI: saiu a pizza!

Resultados da CLI da Saúde

Relatório da Comissão Legislativa de Inquérito é  arquivado

Escrito por Sávia de Lima   
Qui, 19 de Maio de 2011 00:00

Por seis votos a quatro, conclusões sobre irregularidades
na Saúde foram rejeitadas pelo plenário
  
Por seis votos a quatro, o relatório da Comissão Legislativa de Inquérito (CLI) a respeito de possíveis irregularidades por parte da secretaria de Saúde no manuseio dos recursos destinados ao chamado Tratamento Fora do Domicílio (TFD) foi arquivado. A decisão foi tomada na última terça-feira, dia 17, quando os vereadores se reuniram em mais uma sessão semanal.
Inconformados com o resultado, os vereadores da oposição enviaram nota à imprensa local e regional informando a decisão dos demais membros do Poder Legislativo que, em seu entender, desrespeitaram o Regimento Interno da Casa. “Em primeiro lugar, a Mesa Diretora colocou o projeto em votação sem avisar a liderança da oposição. Além disso, negaram os pedidos de vista da Comissão de Legislação e Justiça e do vereador Sebastião Joaquim Vieira (PRP) sendo que na semana anterior, concederam a outro vereador alegando que este era um direito dos membros do Legislativo. O projeto corria em rito ordinário e, no entanto, a votação ocorreu em rito de urgência e emergência, na madrugada, sem que houvesse dispensa de interstícios. Fora isso, a matéria foi votada como se fosse requerimento, quando, na verdade, tratava-se de um projeto de Decreto Legislativo”, disse Werley Macedo (PDT) presidente da Comissão de Legislação e Justiça. 
Segundo o vereador, que teceu duras críticas ao posicionamento dos demais membros do Legislativo, nos próximos dias, a oposição irá recorrer à Justiça pedindo a anulação da reunião. “Um projeto tão importante não poderia ter sido votado dessa maneira, na calada da noite, sem respeitar os prazos regimentais e nem avisar a liderança para que a sociedade fosse comunicada sobre esse fato. Então, vamos, sim, pedir a anulação, pois, essa votação foi, na verdade, uma manobra política do governo e da base aliada para transformar o projeto da CLI em pizza”, disparou. 
Conforme a Gazeta do Triângulo havia noticiado, no relatório, o vereador Sebastião Joaquim Vieira aponta uma “série de irregularidades” que, segundo ele, comprometeram a aplicação dos recursos públicos e a atual administração. No documento, ele pede a instauração de uma Comissão Processante bem como a cassação do prefeito Marcos Coelho (PMDB) e da então secretária de Saúde Iara Cristina Borges. “A forma com que esta votação foi conduzida feriu gravemente o Regimento Interno da Câmara e nós não podemos aceitar. Por isso, estamos informando a sociedade e iremos recorrer na Justiça para que a sessão seja anulada e o processo não termine em pizza”, disse o relator.
Transcrito do Gazeta do Triângulo, edição de 19/05/2011


Pitaco do Blog
A CLI da Saúde terminou em pizza? Nenhuma novidade. No final do ano passado, já cantávamos a pedra (clique aqui para ler). E olha que não é preciso ter poderes de advinhação para se saber o resultado do jogo antes mesmo de seu início. Os jogadores são pernas de pau e o juiz é ladrão. Basta analisar o caráter de alguns homens "públicos" da cidade para que o cheiro de pizza seja sentido.
Com os ingredientes na mão, o "governo" Marcos Coelho fez o impossível para a CLI não dar em nada. Desde o chororô dos vereadores Evaldo e Tibazinho até o arquivamento da CLI, o que se viu foi um governo mais interessado em manter a corrupção e a impunidade do que apurar irregularidades.
Nesse ponto, algumas condutas merecem destaque. A do prefeito, que foi totalmente omisso, não mandando apurar as irregularidades claras ocorridas na Secretaria de Saúde e que eram de seu conhecimento. A da Secretária de Educação Eunice Mendes, que fez de tudo para manter  a sua apadrinhada Iara no cargo de Secretária de Saúde. A do Subprocurador do município, Dr. Dejair, que usou o jornal do governo para tentar desqualificar os trabalhos da CLI.
É por essas e outras condutas que eu reitero a minha preocupação com a gestão pública da cidade. Está mais do que na hora de abrirmos os olhos para a triste realidade araguarina. Alguns agentes políticos envolvidos nessa e em outras picaretagens não são pessoas de bem. Em vez de representantes, parece que escolhemos quem irá nos assaltar. 
O que fazer agora? O resultado da CLI (arquivamento) não é vinculante. Vale dizer: pode servir de auxílio para outros órgãos fiscalizadores. Assim, apesar das falhas, os trabalhos da Comissão parecem minimamente confiáveis e devem ser aproveitados para fundamentar o início de outras investigações. O resultado do julgamento político pode não ser o mesmo do jurídico. Por isso, qualquer um que tiver acesso ao relatório e aos documentos da CLI pode e deve apresentar denúncia a quem de direito. Se formos esperar as raposas cuidarem das galinhas, é melhor desistirmos de exercer a cidadania.

40 comentários:

Anônimo disse...

imagina deixando Coelho vigiar as cenouras

Anônimo disse...

Tibazinho,Rafael,Evaldo,Tiboca,Porcão,Hamilton,esses nomes não serão esquecidos pela população nem comprando votos,vamos coscientizar à população eles vão ficar assando igual uma pizza.

garliene arts disse...

VIVERR, e não ter a vergonha de ser feliz
Cantar e cantar e cantar a beleza de ser um eterno APRENDIZ....
♪♥♫ Feliz - Gonzaguinha ♪♥♫
E ASSIM SOMOS APRENDIZES, como diz a música !!!
Tenho vergonha disto viuuu, e não gosto de pizza , estou de dieta!!!!!
BOM DIA !!!

Edilvo Mota disse...

HONORÁVEIS BANDIDOS

A nova edição deste livro ainda terá um capitulo sobre Araguari

Aristeu disse...

Comissão pra lamentar...

Sandrinha disse...

Só lamento...
Essa pizza ta horrivel...ecaaaaaaaa!!!

Anônimo disse...

O vereador Evaldo me decepcinou mais uma vez, meu voto nele foi perdido mesmo, teria sido melhor votar em branco... Como diria Boris Casoy : ''Isso é uma vergonha!!!''

Jose Flávio de Lima Neto disse...

Arquivaram o relatório, mas não arquivaram o direito de enviá-lo aos Orgaos Fiscalizadores, como foi sugerido pelo relator. Minha sugestao para a oposição é enviar cópias do relatório o quanto antes para todos os orgaos abiaxo enumerados:
1) DENASUS (Departamento Nacional de Auditoria do SUS);
2) Ministério Público Federal;
3) Ministério Público Estadual;
4) Polícia Federal;
5) TCU – Tribunal de Contas da União;
6) TEC/MG – Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais;
7) CGU – Controladoria Geral da União; e,
8) CGE/MG– Controladoria Geral do Estado de Minas Gerais.

Essa ação os demais veradores não podem arquivar.

Jose Flávio de Lima Neto disse...

Em tempo: Qualquer cidadão pode providenciar o envio. Basta querer.

Iconoclasta disse...

Foi arquivado mas não anulado o relatório. Pois se existem provas documentadas e fundamentadas das irregularidades, foi um grande erro político da Câmara omitir tais atos ílicitos. Instâncias superiores podem até mesmo penalizar a Câmara por isso.
Os legisladores que são favoraveis ao governo municipal deveriam levantar provas que refutassem os erros indicados no relatório da CLI e não arquivar. FICOU MUITO FEIO PARA A CÂMARA TAL ATITUDE!

Beto disse...

O relatório da CLI não foi arquivado, e sim o pedido da processante, onde o vereador Tiãozinho pede a cassação do prefeito e o imediato afastamento dos gestores da saúde envolvidos nas irregularidades.

Colenghi disse...

Temos notado nas últimas duas semanas que a mídia tem focado demasiadamente o assunto que trata do aumento do número de vereadores nos municípios. Principalmente o Rádio, que é o meio de comunicação mais popular de nossa cidade, foi bombardeado de comentários daqueles que defendem o aumento. Interessante que a maioria destes “defensores” foram candidatos em eleições passadas e alguns, inclusive, passaram raspando uma cadeira no Legislativo.O maior argumento desses incansáveis paladinos é a maior representatividade que um número maior de vereadores representa. Balela, pura e descarada!
Na última terça seria votada a processante da CLI da Saúde, e os vereadores da situação através de engodo, solaparam a moral da Casa, deixando bem claro que a vereança da base do prefeito é somente um braço biônico, pronto a atender os comandos do Executivo. O vereador Giulliano Sousa Rodrigues, colocou em votação um relatório que derruba por terra os requerimentos de investigação feitos pelo vereador Sebastião Vieira, desta forma impedindo que A CLI seguisse seu caminho. Notem, que mesmo sob a acusação de ilegalidade por parte do Vereador Werley Macedo, votaram a favor deste “requerimento” de Tibazinho. Novamente os “três de oposição” ficaram sozinhos.
O evento da última sessão da Câmara leva-nos a crer que quem tem representatividade realmente é aquele que detém o poder econômico. Portanto, o aumento do número de vereadores só irá aumentar as negociatas entre Executivo e Legislativo. Irá aumentar o número de cargos para vereadores de situação e mais algumas regalias que eles possuem junto à administração.
Chegamos a seguinte conclusão, os que querem que aumente o número de vagas, certamente projetam os olhos na partilha do bolo. Sinceramente, o argumento de que não haverá aumento de repasse para a Câmara não me convence, pois os "Tibás" da vida podem muito bem na madrugada votar um aumento de repasse, pelo jeito, eles tudo podem. Paus mandados do Coelho, ano que vem lembraremos de vocês!!!!

Colenghi disse...

Não sou noveleiro, mas a atual novela das 19:00 Rede Globo, que se passa numa suposta cidade do interior e tem um prefeito fraco que obedece ordens de uma primeira dama dominadora, me faz lembrar Araguari. Este vídeo do youtube, com quase 3 min de duração de duração, me fez pensar sobre a independencia de nosso Legislativo. Assistam o vídeo por inteiro e me digam se há ou não semelhanças...

http://www.youtube.com/watch?v=rvqp-nASzAE

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 20 de maio de 2011.

Prezado Colenghi,

Qualquer semelhança não é mera coincidência.

E para não dizer que trata-se de um plágio absoluto, o que nós temos enterrado em algum cafezal é um burrossáurus-corruptus...

E nem vamos comentar sobre a astúcia dos "concursados & eleitos" nos rigores da lei... mais coincidências.

Ainda bem que tudo é ficção. Lá e aqui.

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Cidadão Culto disse...

Agora até novela vale para manchar a reputação do prefeito, que é manso e aceita pacificamente a vontade popular?
ora, vejo que os "comentaristas" deste blog tem um gosto duvidoso, afinal pelo que gastam de linguajar aqui, pensei que não assistiam novelas para o povão.
Continuem tentando manchar a imagem do prefeito. Nunca terão sucesso nesse bloguinho.
Ainda digo-lhes que Tibazinho será prefeito desta cidade em tempo breve.
Chorem, resmunguem e continuem tentando sujar o nome de tão boa equipe que temos, Tanto no Executivo, quanto No Legislativo.

Régis Faust disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Régis Faust disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Régis Faust disse...

Faço minhas as palavras de JOSÉ QUIRINO - no Diário de Pernambuco - "O povo é besta e a classe política é sabida que só raposa criada em casa. É quando o matuto diz: aquele ali ensina rato subir de costas em garrafa. E diz mais: tem político que, se vendesse cavalo, arranjava um jeito de ficar com o galope. Sugeri no meu livro Berro novo, uma reforma política: retirar as poltronas giratórias do parlamento e trocar por tamboretes. Vá lá que o cabra não faça nada, mas ficar encostado e rodando já é demais!"...E como José Simão vou ali pingar meu colírio alucinógeno....kkkkkk....

Marcos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Iconoclasta disse...

"Agora até novela vale para manchar a reputação do prefeito, que é manso e aceita pacificamente a vontade popular?"

Pô "CIDADÃO CULTO" honra o nick!

Vou ter isso apenas como uma provocação, pois quem em sã consciência é capaz de defender a administração desse ogro?!

Sandrinha disse...

Pena que esse cidadão que se diz culto não seja também um ser politizado digo politizado da maneira correta e não como a grande maioria que usa a política em beneficio próprio.
Se cultura for sinônimo de puxa-saquismo então acho que é melhor ser noveleiro e povão.
Quanto ao fato de se esconder atrás do anonimato já mostra que é uma pessoa que não acredita no que diz com isso somente posso concluir que essa pessoa não é digna de credibilidade.
E o bloquinho não está tentando manchar o nome do chefe do executivo isso ele já fez por si só ao contratar pessoas sem qualificação nenhuma para seu governo
Quem sabe ele ainda consiga reverter situações desastrosas demitindo os covardes que não tem coragem de mostrar a cara ao defender o “chefe”.
Quanto aos vereadores tenho certo carinho por quase todos claro que um carinho pela pessoa de cada um, pois politicamente não vejo nada de promissor para a cidade vinda daquela casa de leis que ao invés de legislar em favor do povo trabalha em função da prefeitura e não se preocupe em ir correndo mostrar o que escrevi aqui, pois ao contrário de você sou mulher o suficiente para dizer olhando nos olhos de cada um o que penso.
Será que você teria coragem de defender o atual governo com a cara limpa sem medo de aparecer?

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 21 de maio de 2011.

Prezado Iconoclasta,

(...)
Pô "CIDADÃO CULTO" honra o nick!
(...)

Trata-se de CULTO ao k@pet@...

Fonte do embasamento Maquiavel-novelístico:
(...)
Ainda digo-lhes que Tibazinho será prefeito desta cidade em tempo breve.
(...)

CUIDADO COM OS FALSOS PROFETAS-puxa-sacos...

Marcos, o Blog está cada dia mais DEMOcrático !!!

BãoTumém. ( sic )

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 21 de maio de 2011.

Prezados Cidadãos Politizados,

Ah! Em tempo:

Em Araguari, as relações interpessoais são tão complexas, que até PUXA-SACO é ANÕNIMO... vai que de repente a ventania muda o curso, né?!

Cidade ESPETACULAR!
Povo ESPETACULOSO.

Política?!
Claro: - ESPECULATIVA! És puro PECULATO. Ativo.

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Edilvo Mota disse...

PRINCÍPIOS CONSTITUCIONAIS DA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA:
Princípio da Legalidade
Princípio da Impessoalidade
Princípio da Moralidade
Princípio da Publicidade
Princípio da Eficiência
Princípio da Licitação
Princípio da Prescritibilidade dos ilícitos administrativos
Princípio da Responsabilidade da Administração Pública
Princípio da Participação
Princípio da Autonomia Gerencial
Princípio da Supremacia do Interesse Público sobre o Privado e Princípio da Autotutela
Princípio da Finalidade
Princípio da Razoabilidade e Proporcionalidade

Pensem em fatos e nomes. E cada um entenderá os motivos da baderna em que transformaram a Administração Pública...

Anônimo disse...

Peraí, mas a Iara Borges não era técnica? Irregularidades justo na gestão dela?

Iconoclasta disse...

Técnica em assistência social, isto é, instrumento usado desde a sua fundação para conter os impetos da classe trabalhadora.
Especificamente no Brasil nos anos 30 quando surgiu o serviço social, serviu bem à política do Estado de Vargas para assegurar por meio desses profissionais certas políticas públicas capazes de conter o avanço dos comunistas. Ou seja, na sua essência não tem nada pior para alguns profissionais dessa área que a emancipação do individuo ou a luta da coletividade seja feita sem a necessidade de intermediação. Pois nos seus preceitos toda conquista deve ser avaliada para se adequar ao sistema e assim não correr o risco da ruptura ou transcedência. Demonizam a palavra AUTO-GESTÃO. Temos o exemplo dos agentes sanitários que lutaram por melhorias nas condições de trabalho, e por mostrarem pró-ativos foram ceifados pela gestora técnica Iara. Em resumo: serviço social é um instrumento a serviço da classe dominante, por isso é ASSISTENTE social e não JUSTIÇA social.

Edilvo Mota disse...

Embora a abordagem de Iconoclasta seja clara, talvez, no caso específico, os desacertos e irregularidades sejam fruto mais da omissão e da subserviência ao comando externo (Câmara Municipal) que especificamente da formação profissional.

Quem vende a alma em troca de cargo ou favores, entrega junto os princípios (caso os tenha) e o poder de reação.

Dilson Martins de Oliveira disse...

Quando vejo a exibição de máquina pesada na porta do palácio (moto-niveladora)!

Quando insistem em repetir promessas e estas, não convencem e nos agridem!

Quando a opção nova do governo é apenas afirmar que certos setores não atendem ao mínimo necessário (secretária de planejamento ao falar sobre o pronto socorro em uma emissora de rádio)!

Quando as pessoas (estou entre elas) passam a não acreditarem nos pronunciamentos do chefe do executivo, pois, logo em seguida ele retifica sua fala ou, simplesmente, aquilo que foi firmado e afirmado nunca vém!

Quando vereadores atropelam trâmites obrigatórios: reformulação do código tributário; votação de CLI: repasse de valores para recepção de canal de tv...

Quando o prefeito , primeiro, divulga ações e se compromete perante a população e seus servidores e muito tempo depois, lamenta e pede discupas pelo não feito em razão da falta de projeto, verba, apoio político etc e tal!

Quando os elementos executores do serviço e funcionamento da máquina pública são esquecidos, ludibriados, desmerecidos (servidores de carreira da prefeitura)...

E em tantas outras situações, constato a clara inoperância da maioria que foi eleita e que deveria nos servir. Vejo desespero, atropelos e o agravar das coisas.

Lamentavelmente, o que hoje nos alegra é: Contar os dias para a próxima mudança. E que Deus nos abençoe e nos livre de certos sonhadores, pois, o sonho de um pode ser o pesadelo de dezenas de milhares.

Iconoclasta disse...

"Quando os elementos executores do serviço e funcionamento da máquina pública são esquecidos, ludibriados, desmerecidos (servidores de carreira da prefeitura)..."

Servidores de carreira ou concursados estão sendo esmagados pelo governo! É nítida sua preferência por contratados, pois o famoso cabide de emprego e laço de vassalagem que submetem os empregados são condições para afasta-los de certas garantias e ao mesmo tempo angariar votos no próximo pleito eleitoral como garantia de mantê-los nos seus empregos.
Esse é o choque de gestão anunciado pelo porta-voz do "Novo Modelo" o pastor Levi(PMDB)e colocado em prática com todo vigor.
A palavra CONCURSADO no "Novo Modelo" está sendo demonizada.

Anônimo disse...

Interessante que o Pastor/Administrador, diz a seus fiéis, que ele não tem culpa, pois "O prefeito é quem faz coisa errada e sou somente funcionário".
Mas notem a falácia, pois o nobre pastor Levi é secretário do PMDB local, portanto voz ativa dentro do partido. Portanto irmãos e irmãs, o pastor de inocente não tem nada.
O próprio pastor, já foi flarado dizendo que Funcionário tem direitos demais e que a CLT teria de acabar. Que deus nos ajude!

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 22 de maio de 2011.

Prezada(o) Anônima(o) das 11:25hs ( isso já virou padrão aqui ... )

MISERICÓRDIA !!!

Tomara que o conteúdo de sua postagem - na mais pura verdade, não seja tão leviano...

QUE DEUS NOS PROTEJA. Principalmente dos ATOS de nossas Autoridades.

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Colenghi disse...

Mesmo não compartilhando com a maioria uma idéia de vida pós-morte ou qualquer existência de entidades divinas, aprendi compreender o modo que o "outro" vê sua existência.
O que não consigo compreender é que em um estado laico, alguns espertalhões ainda se aproveitem da religiosidade e fé das pessoas para angariar votos. Impressiona-me ainda, a inocência das pessoas em relação aos sofismos de alguns autoproclamados profetas.
Independente da fé, o ser humano não deve abrir mão de sua capacidade crítica e de sua faculdade de análise. Entregar a outro o pensamento e a capacidade de abstração é negar a si mesmo a condição de humano.
Fariseus mal itencionados, aproveitam-se da Escritura para manipular e conseguir benefícios e sempre que questionados, pressionados ou criticados, jogam o argumento da perseguição, que o próprio DIABO, persegue-os através de homens que não possuem Deus no coração.Esses manipuladores, pedem orações, pois os infiéis os odeiam.
Como já comentaram aqui, ser concursado é o mesmo que endemoniado na atual gestão, e são considerados infiéis, aqueles que lutam por seus direitos. Não acredito em DEUS, DIABO ou o raio que o parta, mas nunca roubei, enganei ou menti. Nunca prometi o que não podia cumprir, nunca fui vil ou desleal. Esforcei-me para compreender o mundo do outro. E apesar disso, segundo alguns, vou para o inferno.
E aquela criancinha que passa fome no Goiás Parte Alta, Novo Horizonte ou qualquer outra periferia? Vai ganhar o céu pela desnutrição?
Ou os gestores irão trabalhar para que ela não passe mais fome? Como é que políticos dormem à noite sabendo que por causa deles seres humanos morrem de inanição por falta de alimento?
Sou servidor concursado, ciente de meus direitos. Sou raça do diabo, como já disse uma diretora da saúde.
E vou vivendo, com a consciência limpa.

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 22 de maio de 2011.

Prezado Colenghi,

(...)
E vou vivendo, com a consciência limpa.
(...) [2] ( idem, mesmo não sendo Ateu. )

Firme no propósito. A guerra é árdua.

Por vezes, acho que sequer ganhamos a mais simples das batalhas...

Fonte do nada:
http://www.estadao.com.br/pages/especiais/sobcensura/

Pelos demais links da matéria, não é incrível como o conceito de Justiça ( dos Homens ) se enrola no próprio imbróglio que promove ?!

Quanto mais confuso, melhor.
( UAI... mas isso não é coisa lá do ... ih!!! )

( sic )

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Colenghi disse...

Prezado Ianis:
"Por vezes, acho que sequer ganhamos a mais simples das batalhas..."
Independente de sermos vencedores ou vencidos, o que vale é sair da batalha com honra.
Isso nós temos!

Edilvo Mota disse...

Prezado Colengui...

HONRA!!! Taí conceito que a maioria das pessoas conhece apenas de ouvir falar.

Vários de nós, que postamos neste democrático blog, em algum(ns) momento(s) da vida fomos vítimas de sacanagens, falácias, factóides, perseguições e injustiças.

E o que nos mantém de pé e com coragem suficiente para, por exemplo, não precisar postar anonimamente (como fazem defensores do indefensável) é justamente a HONRA que sempre fizemos questão de preservar incólume, inobstante o preço que tivemos que pagar.

Também exorcizo os fariseus que usam a(s) igreja(s) e seus fiéis omissos e submissos, para por exemplo organizar curral eleitoral do "povo de deus", para se eleger vereador pagando festejos religiosos com dinheiro de origem duvidosa e inexplicável, para incitar a reza em todo tipo de reunião, etc, etc.

A falta de coragem da maioria dos homens e mulheres, os leva a procurar guarida em templos e pseudo "representantes de deus", supostamente ungidos com a clarividência e a onipotência. Uma clara e abjeta terceirização da cidadania, posta em mãos de canalhas oportunistas que se fartam sobre a credulidade e a submissão de rebanhos de gente.

Certa feita, ainda no exercício da função de secretário municipal de saúde, ouvi de um vereador "da base" o comentário de que, por insistir em falar no interesse público, eu era "ingênuo",. Ao que lhe respondi que onde ele via ingenuidade, na verdade existia DECÊNCIA...

Reitero, e não me canso de fazer, a frase de Darcy Ribeiro:

“Fracassei em tudo o que tentei na vida.
Tentei alfabetizar as crianças brasileiras, não consegui.
Tentei salvar os índios, não consegui.
Tentei fazer uma universidade séria e fracassei.
Tentei fazer o Brasil desenvolver-se autonomamente e fracassei.
Mas os fracassos são minhas vitórias.
Eu detestaria estar no lugar de quem me venceu"

Colenghi disse...

Prezado Iconoclasta;
Ainda sobre Assistência Social:

Segundo Marilda Iamamoto a "questão social" no Brasil durante a consolidação do CAPITALISMO MONOPOLISTA, pode ser definida como "queda do padrão de vida dos trabalhadores" causada pelo aumento da taxa de exploração da força de trabalho obtida através da política de "arrocho salarial". Com esta política procurava-se atrair o investimento externo, para alavancar o desenvolvimento industrial, e inserir a economia brasileira na nova divisão internacional do trabalho pautada pela internacionalização da produção. Na ditadura a "questão social" foi enfrentada por parte do Estado e do empresariado através da REPRESSÃO e da ASSISTÊNCIA. A assistência via-se expandir criando o mercado nacional de trabalho para o Serviço Social. Ao mesmo tempo os serviços sociais começarão a serem explorados como fonte de acumulação de capital, e não apenas como instrumentos de redistribuição de renda.

Fonte:

http://students.wikia.com/wiki/Servi%C3%A7o_Social/Crise_e_renova%C3%A7%C3%A3o

Iconoclasta disse...

Eu particularmente respeito muito o Serviço Social...






































































































































































































De Luto!

Assistente Social disse...

Iconoclasta, faço um desafio a você, venha ser um dia na vida de um Assistente Social e depois me fale se você realmente não tem nada a ver com a profisésão, por favor não misture politiqueira com todos da classe, não merecemos este desrespeito pela nossa classe, será que vc realmente é um profissional que tem que trabalhar todo dia para ter seu sustento ou apenas passa o dia a meter o pau em quem nao te favorece. Favor nem todos os Assistentes Sociais são corruptos nao se iguala ninguem, pense um pouquinho, pois não podemos dizer que não beberemos dessa agua, quem sabe um dia vc realmente precise de um ASSISTENTE SOCIAL e ele te forneça os meios legais de vc conseguir tratamento, asssitencia e muito mais, reveja seus posicionamentos, nem todos são igauis a vc.

Colenghi disse...

Prezado Assistente Social:
Não sei quanto ao Iconoclasta mas...
" A luta de classes é o motor da História"
Me perdoe a sinceridade, mas vejo a assistência Social apenas como uma máscara que tenta disfarçar a exploração sofrida pelo trabalhador, tentando impedir que nos vejamos como sujeitos construtores de nossa própria História.
Não preciso de intermediaários para lutar por melhorias. Infelizmente, graças á uma Assistente Social, é a visão que passei a ter de sua profissão de uns tempos para cá.

Assistente Social disse...

Caro Colenghi, as vezes vemos o outro por aquilo que julgamos do outro, muitos funcionarios públicos são tachados de ruins, de cabide de emprego, devido a um ou outro funcionario, será que nos Assistentes Sociais ou outra profissão não estamos sendo desqualificados e igualados a tantos outros que não fazem do seu rol de amigos. Pergunte para usuarios atendidos por um profissional de Serviço Social que seja realmente uma profissional na linha de frente com o usuário, o que esta significa em sua vida para apos julgar, muitos agentes são ruins, será que você merece ser comparado a todos eles. Vejo que lutar por melhorias é um direito de todo ser humano, mas desqualificar pessoas sem terem o real conhecimento delas é um desrespeito com nos mesmos. Será que todos tem a mesma visão de sua função desntro do trabalho, ou todos vão igualar sua classe?