terça-feira, 31 de maio de 2011

Araguari precisa de quatro médicos

Araguari precisa, com urgência, de quatro médicos. A falta de profissionais nos Programas de Saúde da Família (PSF) em várias cidades da região foi assunto no MGTV da TV Integração. Os municípios estavam correndo o risco de ter os recursos bloqueados e as equipes descredenciadas pelo Ministério da Saúde. A Superintendência Regional de Saúde se reuniu com os prefeitos dessas cidades para resolver o problema. Algumas já fizeram as adequações, mas em Araguari a situação é crítica.
Ententa o caso: Araguari continua sem atendimento no PSF
O dia mal começa e muita gente amanhece na fila para cuidar da saúde. Espera muitas vezes em vão.
A dona de casa Ouvídia Santos já fez várias reclamações do descaso no atendimento do Programa de Saúde da Família (PSF). Como não tem outro recurso, o jeito é apostar na sorte.

Dentro do posto, enfermeiros e agentes de saúde fazem a triagem e atuam na prevenção de doenças, mas quem precisa do médico precisa agendar e voltar outro dia.
A falta de médicos no Programa de Saúde da Família continua. O problema foi mostrado em duas reportagens da TV Integração. Com a denúncia o caso foi resolvido, mas só parcialmente.
Atualmente, apenas um médico faz o atendimento três vezes por semana no posto do bairro São Sebastião. Por causa da situação, Araguari corre o risco de ter os recursos do programa bloqueados.
Leia também: Araguari pode ficar sem recursos para o PSF

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, faltam médicos interessados. Mesmo com o aumento do salário de R$5 mil para R$10 mil não há candidatos no momento para o cargo. A saída, segundo a secretaria, foi contratar temporariamente um médico para atender pelo menos três vezes por semana os pacientes do programa.

Situação também vivida em seis cidades do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, segundo a Gerência Regional de Saúde (GRS). Em Coromandel e Monte Alegre de Minas a situação está sendo regularizada. Em Estrela do Sul, um novo médico começa a trabalhar na quarta-feira (1º). O problema foi resolvido em Monte Carmelo. Em Patrocínio, um novo contrato dentro do que determina o Ministério da Saúde foi feito. Em Prata, três novos médicos foram contratados.
Segundo a GRS, só Araguari não conseguiu cumprir as metas do Programa de Saúde da Família e está com as equipes temporariamente descredenciadas. Isso significa que o município deixa de receber cerca de R$12 mil da União para cada equipe que tem um custo em torno de R$25 mil. Dinheiro que pode retornar assim que o município contratar novos médicos.
Durante a reportagem, o superintendente regional de saúde, Daltro Catani Filho, disse também que assim que a Secretaria Municipal de Araguari regularizar a situação deve fazer o pedido de um novo credenciamento.

Transcrito do site Megaminas

Pitaco do Blog
Nem parece que isso está acontecendo na mesma cidade onde o governo deverá gastar mais de  um milhão de reais com publicidade e propaganda neste ano.
Notícia inquietante. Impõe uma reflexão. Será que Araguari é realmente um ninho de amor? Parece que não. As mazelas reais teimam em contrariar o mundo azul da propaganda oficial. Fica a impressão de que os nossos representantes detestam a população. Só procuram o povo na hora de pedir votos. Por falar nisso, tá chegando a hora. Preparem-se para os tapinhas nas costas e os sorrisos falsos.

11 comentários:

Iconoclasta disse...

"Segundo a GRS, só Araguari não conseguiu cumprir as metas do Programa de Saúde da Família e está com as equipes temporariamente descredenciadas."

Quando a Lucélia deixou o PSF e esse passou a ser coordenado diretamente pela ilustríssima senhora Iara a qualidade na prestação do serviço despencou consideravelmente, agora a senhora Iara na condição de secretária de saúde, o serviço foi descredenciado. Essa foi a sua façanha, um fato evolutivo na sua carreira profissional, começa com a decadência até chegar na completa ruína. E olha que se diz técnica.

Irene (sérios problemas de saúde) disse...

Agora respondam uma coisa, se não é uma imensa vergonha aqueles vereadores que votaram contra a CLI. Pois essa falta de fiscalização na saúde, a falta de transparência como manuseio do dinheiro público é que deixou chegar nessa situação.
É revoltante saber que toda aquela sujeira terminou em pizza! O povo deveria sair as ruas.

Aristeu disse...

Não faltam médicos - o que falta é competência dos administradores.

Servidora assustada disse...

Quando penso que chegamos ao fundo do poço.... conseguem cavar mais um pouco!!!!

Anônimo disse...

ESPERO QUE MEUS IRMAOS DE ARAGUARI NAO SE ESQUECAM DE TUDO QUE VEM ACONTECENDO NOS ULTIMOS ANOS .NOSSA CIDADE NAO CRESCEU AO CONTRARIO ESTA VOLTANDO AO SECULO 10AC E OQUE EU TENHO VISTO E ME ENTRISTECIDO NOS ULTIMOS 10ANOS LAMENTO MUITO .ACORDA ARAGUARINOS VCS TEEM O PODER DO VOTO SAIBAM ESCOLHER PRA DEPOIS NAO CHORAR PORQUE 4ANOS DEMORA MUITO PRA PASSAR

Anônimo disse...

Só pra constar. Na foto da matéria acima, o profissional de saúde que atende a senhora com a criança é o Enfermeiro FRANK MIRANDA.

Profissional de alto gabarito, com extrema habilidade na relação com pacientes e colegas de trabalho (isso nos lembra algo?!) e excelente formação técnica.

(Edilvo Mota, do grupo dos sem-acesso)

Iconoclasta disse...

Tenho uma sugestão: Já que o PSF foi descredenciado, porque não aproveitar o agentes comunitários no trabalho da dengue? Pois um programa já teve sua credenciais anuladas e o outro está em vias de perder repasse de verbas por não cumprir metas também. Pelo menos assim poderiam salvar o repasse da dengue, basta lembrá-los que já estamos na metade do ano e ainda não concluíram nem o 2º ciclo do total de seis!!!

Iconoclasta disse...

Engraçado como o "Novo Modelo" de destruição gosta de jogar a culpa em terceiros e nunca se responsabilizam por suas atitudes. Todas as cidades do Triângulo Mineiro e do Alto Paranaíba existe o programa, e até aquelas que estavam irregulares, isto é, com uma situação delicada como Araguari deu conta de contornar o problema e não perder o programa, mas Araguari foi a única descredenciada, e os nossos louvados gestores joga a culpa na classe médica por não aceitarem sua proposta salarial. É uma vergonha! Pésssimos administradores, sem objetivos sólidos, não há projetos capaz de nortear os rumos da saúde, falta de transparência nas sua políticas, ausência de planejamento... Mas a culpa nunca são deles!

Anônimo disse...

O "Novo Modelo" já deu o primeiro passo para regularizar o programa saúde da familia(PSF)

Copie e cole o link abaixo no seu navegador

http://imageshack.us/f/854/psf.jpg/

Anônimo disse...

Será que os agentes da dengue realmente estão trabalhando ou apenas falando mau da adminsitração publica,se todos fizessem realmente a sua parte o caos as vezes estaria menor. Mas não so querem ver a coisa cada dia mais preta e não resolvem nada. Vamos trabalhar e mostrar que somos bons relamente naquilo que fazemos.

Iconoclasta disse...

"se todos fizessem realmente a sua parte o caos as vezes estaria menor."

Concordo com vc, o governo já poderia ter dado o exemplo e feito a sua parte, veja como está a situação do PSF com a falta de médicos, o governo diz não ter dinheiro para pagá-los, poderia então equilibrar suas finanças diminuindo os cargos de confiança que estão lá apenas sugando o erário público e nada fazem, verdadeiros parasitas da corpo administrativo, pois quem realmente produz são os funcionários na condição de subalternos. Com a economia resultante dessa medida poderia contratar mais médicos e salvar a saúde do abismo. Mas não pode fazer isso por um simples detalhe; ele firmou compromisso político com pequenos grupos e não com a sociedade que o elegeu, não pode dispensá-los por força maior.

"Será que os agentes da dengue realmente estão trabalhando ou apenas falando mau da adminsitração publica."

Veja anônimo idiota, conheço equipes que realmente trabalham a finco, como sei também de turma que nem sai para trabalhar após o almoço, que fica gastando o tempo dentro do seu P.A. Mas essa situação quem tem que resolver é a direção, não cabe a mim ok? Vc está entendendo ou quer pausa para explicar novamente? Muitos sabem tambem de inumeras regalias desfrutadas por alguns agentes sanitários, se vc acompanha o blog algum tempo já deve ter lido algo sobre o assunto, se não, procure nos tópicos abaixo, garanto que vai ter uma boa leitura a respeito.
Como também conheço pessoas que desempenham muitissimo bem as suas atribuições mas que se opõe ao governo. O que não consegui entender a conexão que vc retardamente buscou fazer, ao associar o fato de fazer criticas a administração com má qualidade do trabalho.