terça-feira, 5 de abril de 2011

Pizza às vésperas do Natal



A Câmara, por meio da Resolução nº 008/2010,  aprovou as contas de 2008
do ex-prefeito Marcos Alvim
     Às vezes,  minha inocência me assusta. Santa ingenuidade, Batman!
    Em janeiro, questionamos aqui o fato de a Câmara ainda não ter examinado o parecer prévio emitido pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE/MG), que opinou pela reprovação das contas de 2008 do Governo Marcos Alvim. O motivo da reprovação, segundo a visão técnica do TCE/MG, está no fato de ex-prefeito não ter investido o mínimo exigido em educação. O ex-prefeito deixou de aplicar R$ 623.108,82 na manutenção e desenvolvimento do ensino. Se o parecer fosse mantido pela Câmara, o ex-prefeito poderia ficar inelegível por até 8 anos.
     Olha a pizza, aí! Não é que, no apagar das luzes do ano de 2010, a Câmara de Vereadores editou  resolução aprovando as contas do ex-prefeito, derrubando, assim, o parecer do TCE/MG. É essa a informação lacônica lançada no site daquela Casa (vide foto acima).
     Esse fato só comprova a tese de que existe mesmo um certo "código de ética" entre os políticos. Para manter a regra da impunidade, muito raramente eles jogam um boi às piranhas. Nesse caso, não foi preciso esse tipo sacrifício. Salvaram a pele do ex-prefeito mesmo sabendo que, além da irregularidade apontada pelo TCE/MG, existem outras que ainda estão sendo investigadas pelo Poder Judiciário.
     A comprovar a existência desse "código de ética" na política, temos o interessante fato de que a autoria do projeto de resolução que retirou uma das "guilhotinas" do pescoço do ex-prefeito partiu justamente de vereadores que, hoje, apoiam o prefeito Marcos Coelho. Teoricamente, esses senhores seriam oposição ao ex-prefeito. São eles Rogério Bernardes Coelho, Luiz Antonio Lopes e Rafael Scalia Guedes. Interessante notar, ainda, que os vereadores de oposição ao atual governo, que tanto defendem a legalidade e a moralidade, também silenciaram. Seriam todos farinha do mesmo saco?
Clique aqui e vejam o andamento do processo de prestação de contas no site do TCE/MG;
Clique aqui e leiam o parecer prévio pela reprovação das contas de 2008 do governo Marcos Alvim;
Clique aqui e vejam no site da Câmara de Vereadores a notícia da aprovação das contas de 2008;
Clique aqui e leiam a inocente postagem deste inocente blogueiro, que, em janeiro deste ano, ainda não sabia da aprovação das contas, ocorrida em dezembro de 2010.

6 comentários:

Edilvo Mota disse...

São ou não são, todos iguais?

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 5 de abril de 2011.

Prezados Srs.,

E... entre os CONFIDENTES, Libertas Quae Sera Tamen !

Atenciosamente,
Janis Peters Grants. Eleitor na forca.

Anônimo disse...

Dê uma opinião mais concreta Nobre Edilvo!! Onde está o calor dos seus discurssos??? Não fique em cima do muro! Pois ele está cheio de convenientes, e inseguros esperando sua horinha de dar o bote!!! E ter um proveito em cima da máquina pública.

Edilvo Mota disse...

Anônimo "cobrando" é o cúmulo da desfaçatez.

Muro só precisa quem tem rabo preso; ou sofre de cagaço crônico. Eis a diferença entre os homens e os ratos...

Edilvo Mota disse...

A concretude do comentário está na constatação de que os agentes políticos, salvo raras exceções, são todos iguais. Novo Modelo, Velho Modelo, as práticas são meras peças de retórica. Câmara que não fiscaliza obra de hospital municipal, também não fiscaliza sumiço de eucalipto, nem desvio de dinheiros de TFD, etc, etc.

Muro é puleiro para cagões anônimos. Estes sim, dependem visceralmente da máquina pública para sugar salários em troca de serviços não prestados.

Nós, que não dependemos de prefeitura para sobreviver, que não vendemos voto e não nos sujeitamos a viver como parasitas, vamos sim continuar comentando, nos limites da civilidade e sem medo de assinar e mostrar a cara.

Cidadania se faz assim.

Canalhice, se faz assado...

Edilvo Mota disse...

Ronaldo Cesar Borges tocou direto na ferida...

http://colunadrops.blogspot.com/2011/04/rindo-de-que.html?showComment=1302285671081#c2368594377421126838

Enquanto isso, a mídia pelega noticia que Araguari tem nova Rainha do Café.

E nós aqui, preocupados com bobagens como desemprego em massa.