terça-feira, 26 de abril de 2011

Município negocia revisão com servidores e trabalha na elaboração de edital para concurso

Escrito por Sávia de Lima  
Na tarde de ontem, dia 25, a reportagem do Jornal Gazeta do Triângulo procurou o secretário de Administração, Levi de Almeida Siqueira, para verificar o andamento da revisão do Plano de Cargos e Salários do funcionalismo e da elaboração do edital para provimento de cargos nas áreas de Educação e Saúde do município.

De acordo com Levi Siqueira (foto), sua equipe e ele têm trabalhado diuturnamente na revisão do Plano, cujas discussões foram iniciadas com os servidores municipais. “Estamos nos reunindo com as diversas categorias e a comissão responsável pela revisão está finalizando os levantamentos neste sentido. Toda a parte jurídica foi levantada e a minha expectativa é de que no mês de maio tenhamos condições de apresentar a revisão do plano”, disse.
Ainda conforme o secretário, o município está aguardando a consolidação da receita do primeiro quadrimestre para ter condições de verificar os reais impactos que a revisão provocará na folha de pagamento. “Todas as categorias têm suas reivindicações, mas nem todas são possíveis legal, técnica ou financeiramente. Então, existem entraves que deverão ser superados ao longo das negociações para que a revisão seja concretizada”, esclareceu.
Concomitante com a revisão do plano, a secretaria de Administração trabalha na elaboração do edital do concurso que, segundo Levi Siqueira, deverá ser publicado logo em seguida. “Fizemos contato com a empresa responsável pela realização do concurso, estabelecendo as vagas que serão oferecidas e as provas a serem aplicadas. No entanto, até por uma questão de responsabilidade e prudência, poderemos publicar isso depois que avaliar todo o impacto que a revisão e o concurso irão provocar na folha de pagamento do município, até mesmo para não causar dificuldades para as próximas administrações. Inicialmente, minha expectativa é disponibilizar vagas para convocação imediata e para cadastro de reserva a fim de preencher as necessidades de cada secretaria”, explicou.
Para finalizar, Levi Siqueira informou que está na Câmara Municipal o projeto de lei que pretende a recuperação salarial dos servidores que recebem mais de um salário mínimo. “A recuperação, em torno de 11%, atinge os funcionários a partir do ano de 2009 e é baseada no Índice Geral de Preços do Mercado (IGPM). A proposta corrige a produtividade de algumas funções e nós aguardamos o posicionamento do Legislativo”, concluiu.
Transcrito do Gazeta do Triângulo, edição de 26/04

Pitacos do Blog:
1. Trabalhando diuturnamente na revisão do Plano de Cargos e Salários? Deve ser por isso que quarta passada foi ponto facultativo...
2. Toda a parte jurídica relativa à revisão do Plano já foi realizada. É aí que mora o perigo! Os procuradores do município costumam atropelar o Direito, inclusive em causa própria (quando aumentaram os próprios salários,por exemplo).
3. o município está apenas aguardando a consolidação da receita do primeiro quadrimestre. Essa não deveria ser uma preocupação do  municipio, que, por incompetência, atrasou o recolhimento do IPTU. Como perguntar não ofende, gostaria de saber... A receita do IPTU será considerada no primeiro quadrimestre? Ou malandramente foi empurrada para o segundo?
4. Sobre o concurso, o Secretário disse que fez contato com uma empresa responsável pela realização de concursos. Começou mal, Secretário. O senhor está mal assessorado ou é cara-de-pau? É preciso realizar licitação para contratar a organizadora do concurso. Existem inúmeras bancas examinadoras por aí. Entre elas, algumas autarquias públicas sérias, como a Fumarc, o Cespe, a Fundação Carlos Chagas... Logo, é perfeitamente possível fazer a licitação e gastar menos.  É bom que a população, desde já, abra os olhos e comece a ficar com a pulga atrás da orelha quanto à lisura desse concurso. A "coisa" está começando mal.
5. A respeito do aumento salarial, de cara algumas barbaridades. Primeiro: não estão sendo recompostos  os salários de todos os servidores, a maioria continuará sem ter garantida a manutenção do poder de compra do salário. Segundo: alguns médicos irão ganhar mais que os secretários municipais. Como é que um secretário vai exigir o cumprimento de jornada por um médico? Me explica aí! Terceiro: as diferenças absurdas dentro das carreiras de nível superior permanecerão. De um lado, os amigos do rei (ou melhor, do Coelho), os médicos e procuradores. Do outro, o resto. Quarto, continuará a absurda existência de dois regimes jurídicos em Araguari (estatutários e celetistas), contrariando a Constituição Federal. Mas o que é uma Constituição numa terra sem lei?

12 comentários:

Iconoclasta disse...

"Todas as categorias têm suas reivindicações, mas nem todas são possíveis legal, técnica ou financeiramente"

Podemos traduzir isso da seguinte forma: as reivindicações que não esbarrarem na norma legal vai ser travada na técnica ou no financeiro; as reivindicações que não esbarrarem na questão técnica será impedida pelo jurídico ou financeiro e aquelas reivindicações que passarem pelo crivo financeiro vão ser podadas pelo jurídico ou pela técnica.
No final todo mundo sabe, apenas alguns membros da oligarquia governamental vão ser contemplados. O pior que já até torna isso público, como o próprio "xefe" do executivo já disse na imprensa, que vai mesmo dar um bom porcentual de aumento para os médicos. Mas quanto se trata do funcionalismo de forma geral, sempre a mesma desculpa; lei de responsabilidade fiscal, impacto na folha e blá... blá... blá...
Que esse "Novo Modelo" de merda vá para o inferno!!!

Anônimo disse...

calma funcionários faltam só mais um ano para esse inferno passar, e que se acabe para sempre.

Anônimo disse...

olha a foto do poderoso pastor levi, tudo na vida passa até uva. seu mandato ta acabando volte para sua igreja, pastorzinho.

Edilvo Mota disse...

Depois de um feriadão prolongado, curtido "diuturnamente" em ranchos e praias, a alegria do secretário chega a ser contagiante.

A ironia do foco do concurso é que vai atender, justamente, as duas áreas comandadas pela vereadora e candidata do xefe (boa essa!) a prefeita.

antonia disse...

Acho incrível que essa administração sempree atropela regras e leis e vivem as usando para prejudicar a nós os funcionários de carreira.

antonia disse...

E até agora com minha categoria a comissão da prefeitura não nos atendeu eu já pedi uma reunião ao sindicato, porém por enquanto não tive resposta o que vi foi um oficio enviado ao legislativo se não me engano onde o secretário disse para que o sindicato fomasse uma comissão apenas com funcionários de nivel superior, tecnico e médio, os demais que façam suas reinvindicações par o sindicato e este repassa ao9 secretário, acho um absurdo será que se ao pessoal da limpeza e do cafezinho não existisse não fariam falta?

Iconoclasta disse...

A foto desse cidadão do tópico me desanimou de tecer qualquer comentário. Também nem precisa...
Aleluia irmãos!!!

ANTONIA disse...

EUTOU ESPERANDO A REUNIÃO COM O SECRETARIO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Leandro Cezar Maniezo disse...

Que reunião foi essa com cada categoria? Será que cada funcionário recebeu um aviso do além convocando para a tal reunião da sua categoria? Eu não soube de nenhuma reunião com o Secretário Levi.

Essa é mais uma desculpa esfarrapada pra nos empurrarem guela abaixo qualquer decisão tomada unilateralmente pelo Novo Modelo de Adm.

Aumento de 5% eu não quero. Nem de 10%.

Precisamos, agora, de um aumento de, no mínimo 20%, com reajustes anuais, conforme a inflação.

Lembrando que o referido aumento é apenas para as categorias de nível técnico ou superior, que recebem piso salarial acima do salário mínimo. Uma vez que, como já foi dito, o salário mínimo tem reajuste anual!!!

E no mais, nos conformamos com os atuais desmandos e incompetências da atual gestão. Lembremos também do glorioso SINTESPA que se calou novamente e continua sem ação efetiva em prol dos funcionários. Aguardemos as próximas ações do trio oposicionista visando apenas a reeleição e interesses escusos, reeleição essa que eu torço e faço campanha pra não acontecer!

Anônimo disse...

Levi
Levi ano
Levi atã
Leve com vc esse governo para o inferno!!!!

Anônimo disse...

O pior nem é dar o tal aumento para os médicos de PSF é permitir que estes infringam a contituição federal trabalhando em dois locais ao mesmo tempo, ou seja, são contratados da prefeitura das 07 as 11 e das 13 as 17 porém a partir das 15 ou 16hs são tbm funcionários da UNIPAC. Ah! e os funcionários de nível médio são consequentemente "obrigados" a trabalhar para a instituição particular porém este profissional não recebe NENHUM CENTAVO de "gorjeta". Quem sabe eles recebem um muito obrigado meu amigo!

Anônimo disse...

Por essas e outras que eu tenho ódio de pastor. olhem a cara de safado desse Leviano; é um verdadeiro pastor que vive arrebanhando ovelhas burras que o fazem emriquecer cada vez mais! Aliás a prefeitura está recheada de fiéis/bandidos ou bandidos/fiéis como preferirem; gente que vive orando e pregando a palavra do Senhor, mas suas ações não mostram toda essa bondade. Gente mesquinha, tapada, com uma visão unilateral de tudo na vida!