quarta-feira, 13 de abril de 2011

Honestidade Inabalável e rapidez

As "Curtas"  do Diário de Araguari, edição de 8/4, trouxeram a seguinte informação:


CORRERIA

Com fama de honestidade inabalável perante a sociedade e até perante a oposição, o Prefeito M. Coelho, em contato com a CURTAS, demonstrou insatisfação com pontos de seu governo, e destacou que sua paciência acabou, sem dar detalhes. Ele estaria cobrando pessoalmente e diariamente, na agência da Caixa Econômica, maior agilidade na liberação dos projetos de obras do seu governo.
Pitaco do Blog
Agora, vai! Os projetos não vão conter mais erros grosseiros (como a ausência de rampas de acessibilidade, por exemplo) e serão todos rapidamente aprovados pela Caixa e pelos órgãos concedentes de repasses.  Logo, logo, o Ginásio Poliesportivo estará reformado e a Estação de Stevenson, devidamente restaurada... Vamos aguardar.
Sobre a "fama de honestidade inabalável" do Chefe do Executivo, não tenho nada a dizer. Apenas trago para a reflexão dos leitores o que consta do Ofício 215/2011 GAB/PREF., enviado pelo Poder Executivo à CLI da Saúde, por meio do qual o senhor Prefeito, em ato de solidariedade aos gestores da Saúde, afirmou que: “...sou anuente a todas as medidas adotadas com relação à gestão da saúde pública do Município...”.
Cada um que tire suas próprias conclusões...

Um comentário:

Edilvo Mota disse...

Não se deve (pre)julgar ninguém. Eu mesmo, na gestão pública, fui vítima de ilações infundadas, que não causaram danos justamente por não terem fundamento; somente afastaram os "amigos" de conveniência.

Desnecessária, portanto, a insistência (de amigos, aspones e que tais) em afirmar honestidade de qualquer um, posto que (honestidade) é imperativo e não predicado.

Na vida (pública ou privada) os atos falam mais alto que as notas.