quarta-feira, 27 de abril de 2011

Como "funciona" a saúde pública em Araguari

Como "funciona" a saúde pública em Araguari? É simples. As pessoas procuram os ESFs. Como não existem médicos suficientes e alguns não cumprem suas jornadas de trabalho, essas pessoas não são satisfatoriamente atendidas. Assim, correm para o PSM. Em face da grande demanda e das falhas do PSM, os cidadãos são novamente mal atendidos. A excessiva demanda é ocasionada em parte pela má prestação de serviços pelos ESFs, que deveriam funcionar como porta de entrada do sistema. Já as falhas do PSM são parecidas com as dos ESFs: insuficiência de médicos, descumprimento de jornadas de trabalho pelos médicos e profissionais de saúde, falta de equipamentos básicos, etc.
Esse é o problema. Agora, qual é a solução encontrada pela Prefeitura? Simples também. Em vez de dar atenção a esse atendimento básico, a Prefeitura coloca a maior partes dos recursos públicos nas mãos dos empresários do setor de saúde. Santa Casa de Mi$sericórdia, clínicas e laboratórios vão se enriquecendo em contratos generosos e estranhos. Basta dar uma olhadinha nas suntuosas instalações desses estabelecimentos, para confirmar o quanto são prósperos. Como dinheiro não cai do céu, imaginem de onde ele está saindo...
Além disso, a Prefeitura investe na construção e locação de imóveis para instalar novos ESFs, Policlínicas, UPA e o escambau. O importante para o governo é espalhar placas noticiando a instalação dessas futuras unidades. Se existem recursos para fazê-las funcionar, não importa. Aliás, a existência de recursos suficientes para contratar médicos e equipar as unidades já existentes também é assunto de menor relevância. Isso fica para os  futuro. O "Hospital Municipal", objeto de várias inaugurações, está aí para nos mostrar o quanto essa "política" é errada. Até agora, ninguém foi preso, o hospital (elefante branco) não funciona e a população continua o seu calvário.

26 comentários:

Iconoclasta disse...

Marcos,mas os nossos honrosos gestores da mencionada pasta são revestidos de uma grande genialidade para culpar os funcionários dos problemas da saúde. E ai daqueles funcionários que cobrarem melhoria nas condições de trabalho.

Anônimo disse...

Como "funciona" a saúde pública em Araguari?

Com Iara,Lúcia,Iolanda,Rodrigo,Elpenides.

Anônimo disse...

acho que Lúcia Irono é uma ótima funcionara desta gestão, uma pessoa competente, batalhadora e dedica seu trabalho com carinho e honestidade,

Anônimo disse...

a sobrinha do vereador tiboca continua não cumprindo horário na sec de saude, desta vez depois de várias reclamações de funcionários ela chega na secretária as 18 horas acende a luz da sala vai embora e retorna as 23 horas para passar o cartão, a energia subiu olha o prejuiso que ela esta dando ao municipio, cria vergonha é esse exemplo que vc da para seu tio?

ANTONIA ARRUDA disse...

ISSO ANONIMO EU NÃO SEI MAIS QUE É DIFÍCIL PESSOAS JUSTAS FAZEREM PARTE DESTA ADMINISTRAÇÃO, O QUAL APENAS FAZ INJUSTIÇAS. ESTAS INJUSTIÇAS QUE PREJUDICAM FUNCIONÁRIOS E TAMBÉM A POPULAÇÃO ELES NÃO PRIVAM PELA QUALIDADE DO TRABALHO DO FUNCIONÁRIO E SIM SE ESTE É "POLÊMICO OU NÃO" EU SOU UMA PROVA DISSO, SOU VISTA COMO FUNCIONÁRIA PROBLEMA JUNTO AOS GESTORES E NO ENTANTO ME CONSIDERO SEM NENHUMA FALSA MODESTIA UMA SERVIDORA PÚBLICA CUMPRIDORA DE MINHAS OBRIGAÇÕES COM A POPULAÇÃO E COMIGO MESMA.E O QUE DIZEM DE MIM É APENAS PORQUE LUTO PELO QUE É JUSTO E HONESTO JAMAIS CONSEGUIRIA TRABALHAR COM PESSOAS TÃO INJUSTAS.

Anônimo disse...

eu sou moradora do bairro do bosque sempre preciso de transporte para transporta minha mãe até ao hospital da ufu para tratamento, sempre não consigo, engraçado sempre tem uma perua parada na porta da residência de um funcionário na rua inhambus sempre lotada de funcionários da secretária de saude é de manhã e a tarde e na hora do almoço a perua fica na esquina da residênçia, agora funcionários usa transporte publicos para serviços particulares e nos usuários não temos transporte para transportar nossos doentes. vou denunciar isso ao ministério publico.

Aristeu disse...

O jeito é contratar coveiros

Anônimo disse...

Iara Facts

-A Iara não demite a empregada, ela a exonera.

-Quando a Iara era criança ajudava as formiguinhas a trilhar o caminho de volta até o ninho. Quando ela cresceu fez assistência social.

-A Iara quando criança tinha 3 bonecas, sua mãe quando a pegava fazendo qualquer tipo de arte, ela culpava as bonecas.

-A Iara tinha uma amiga até que ela a questionou.

-O mundo ia acabar em 2012, mas a Iara pretende ser ministra da saúde em 2014… Fim do mundo adiado!

-Iara entrou no Burger King e pediu um Big Mac. O funcionário que disse que não tinha foi exonerado.

Sandrinha disse...

acho que Lúcia Irono é uma ótima funcionara desta gestão, uma pessoa competente, batalhadora e dedica seu trabalho com carinho e honestidade.
Concordo plenamente com vc...Lúcia além de ser uma profissional exemplar e um ser humano maravilhoso...Bjuuuus... Japinha do meu coração!

Anônimo disse...

queria saber porque os diretores da saude não toma providênçia em relação a sobrinha do tiboca essa tal vivian, que poder essa menina tem que ninguem toma uma ATITUDE CONTRA ELA, ELA DEVE SER MUITO PODEROSA.

Iconoclasta disse...

Não sei explicar por que não tomam providências em relação a sobrinha do vereador, já que temos como gestores da saúde como já afirmaram aqui mesmo no tópico pelo menos uma pessoa honesta, trabalhadora,competente e dedicada. Não sei lhe falar. Talvez é porque essa pessoa não tem conhecimento do assunto. Talvez...

Ironic/mod on

Anônimo disse...

"acho que Lúcia Irono é uma ótima funcionara desta gestão, uma pessoa competente, batalhadora e dedica seu trabalho com carinho e honestidade.
Concordo plenamente com vc...Lúcia além de ser uma profissional exemplar e um ser humano maravilhoso...Bjuuuus... Japinha do meu coração!"
A senhora Hirono é uma criatura no minímo sem palavra e sem consideração. A destituição dos ex-supervisores da dengue foi motivada principalmente por ela, sem motivo algum que não fosse simples perseguição.
Por causa dela, pela decisão abrupta e sem motivos, colegas que eram, supervisores, passam dificuldades financeiras e até de sustento, pois sem aumento e perdendo injustamente a gratificação, caíram na linha de miséria graças a "justa" japinha.
Nesse governo não há justos, apenas crápulas disfarçados e a Lúcia ficou dizendo desde o início do mandato que queria sair, por que então não o fez?
Faltou coragem?
Quem é Cristão sabe que Nosso Senhor nos julgará no grande dia e aí veremos quem é justo de fato. A Lúcia certamente não passará nesse julgamento.

Marcos disse...

Sandra e Anônimo das 15:10, concordo com vocês.
Mesmo não conhecendo pessoalmente a Sandra Hirono, tenho uma boa impressão acerca do trabalho que ela faz na Secretaria.
Nas entrevistas em que ela participou, sempre demonstrou conhecimento da área. Mais que isso, demonstrou bom senso no seu modo de agir no serviço público. Isso é algo digno de elogios, sobretudo em um governo recheado de problemas, como o atual.

Colenghi disse...

Comigo não houve justiça, apenas perseguição por cobrar condições de trabalho.

Anônimo disse...

Como diz o ti dato começa outro espetáculo vem os críticos de plantão,pergunto porque falam em falta de competência se o Sr Mota não teve, ficou só divertindo, e se achando o rei agora fica ai bancando o juiz, porque a Sra. do bosque não declara trabalhei na política pro meu candidato e não ganhei. Olha vão arrumar o que fazer e veja como o ex Sr secretario de saúde deixou a secretaria, se o Sr fosse bom tinha se eleito como vereador não acha? Se tivesse tido competência tinha sido convidado pelo menos pra assistente, pois e de saber que correu atrás do Marcão pedindo emprego.

Anônimo disse...

Será que ninguém vê q o verdadeiro Coronel de Araguari é o Tiboca? Gente, essa sobrinha dele foi pega tendo relação sexual com um médico dentro das dependencias do PSM e o quê foi feito? NADA! E é claro nada continuará sendo feito. Quando o Marcos disse sobre os profissionais de nível superior com seus vencimentos desestimulantes, lembrei de outra situação, quando há profissional contratado em cargo de confiança assumindo responsabilidade técnica em um local que se recebe uma gratificação de 90% sobre o mísero salário e existem outros profissionais com a formação exigida para o cargo, concursados, com interesse neste porém o tal comissionário é parente de vereador ou ex vereador não sei ao certo, o que pensar? Como ter motivação para trabalhar e mostrar suas competências se nada disso será avaliado? E qdo o servidor mora em outro município? Nossa!!! Se nem voto ele pode virar, coitado o será dele!?
O nosso fabuloso prefeito em campanha política realmente não prometeu muitas coisas mais uma das coisas q ela batia na tecla era: " se for eleito acabarei com essas empreiteras contratadas onde o município gasta mensalmente 3 milhões de reais e vou comprar inicialmente 3 caminhões de lixo e realizarei concurso público pra gari" Ah gente! Olha que coisa mais mimosa!!! Porém esqueceu que quem é o dono da empreitera é o nosso fabuloso CORONEL.
E em relação a Lúcia Hirono, sei que ninguém é perfeito, mais como já foi dito anteriormente esta profissional é ótima e quanto as mudanças que ela propôs acredito que foram necessárias pois alguns funcionários em Araguari acham que são "donos" dos cargos que ocupam msm sabendo que não são concursados para tal e como faziam isso há anos vem essa certeza q ninguém vai mexer, porém sabemos que varias vezes é necessário mudarmos para ver se alguém reage e faz sua obrigação.

antonia disse...

O duro é quando muda para piorar que o que vem acontecendo no município a cada mudança piora ainda mais a situação, com tantos privilégios dentro da secretaria acredito que os diretores e coodenadores não deveriam deixar isto acontecer se passam por cima estão sendo no minimo coniventes com a situação desculpem a sinceridade. e não vou postar anônimo pois não concordo com covardia se tenho medo de mim identificar então não posto nada.

antonia disse...

se tenho medo de me identificar....(assim fica melhor) hahaha

Demolidor de acéfalo disse...

Anônimo 28 de abril de 2011 21:24

Vc disse ter aplaudido a atitude da Lúcia Hirono em relação aos ex-supervisores. Quem se acham donos dos cargos? 1ª sei muito bem que a função de supervisor é de LIVRE NOMEAÇÃO, mas deve existir critérios lógicos para efetuar as mudanças, pois apesar de ser uma função de confiança requer um conhecimento técnico para exercê-lo. Então o que faltou foi planejamento na mudança do quadro, estou errado? NÃO! Basta observar as dificuldades quanto ao cumprimento de metas hj em dia. O único elemento que vcs usam para manifestar favorável a tais mudanças, é a queda do numero de casos da doença desse ano em relação ao ano passado. Mas isso é cíclico, no entanto se vc tiver a oportunidade de ver o gráfico, vai observar que os casos de dengue declinou bastante já no segundo semestre de 2010, o mês de outubro que foi o mês que foram destituídos os supervisores o gráfico já nem mostrava mais casos da doença.

2ª observação, no ano de 2010 teve uma acentuado aumento nos casos de dengue em todo o Brasil, devido principalmente a REINTRODUÇÃO DO SOROTIPO 1, que há mais de 15 anos não aparecia. Isso já tinha sido alertado por vários especialistas em saúde pública, digos os grandes e não os oportunistas. Oportunistas sim! Pois usaram de um problema NACIONAL e o tornou micro-regional para perseguir funcionários e culpá-los, e a Lúcia Hirono faz parte desse grupo que perseguiu agentes da dengue!!!

3ª observação, por que não exoneraram os supervisores no momento de mais agravo da doença? Por que só foram fazer as mudanças no mês em que os casos já tinham sofrido uma enorme queda? Sabe por quê? Não poderia fazer isso antes, pois era ANO ELEITORAL e queriam usar a categoria politicamente. Estou sendo mentiroso? NÃO! Fizeram uma reunião com toda a categoria nas vesperas das eleições onde deram a oportunidade dos AGENTES SANITÁRIOS DE ATÉ ELEGER UM COORDENADOR! E quem estava participando desse teatro armado contra a categoria? Lúcia Hirono estava presente, Iara estava presente, Rodrigo estava presente.
E o que aconteceu após as ELEIÇÕES DE OUTUBRO, REVOGARAM A ELEIÇÃO DO COORDENADOR E EM SEGUIDA EXONERARAM OS SUPERVISORES. MUITO ÉTICO ISSO NÃO ACHA?

4ª observação, culpam os ex-supervisores por casos da doença, mas apenas comenta o que é de interesse. Por que vc não procura saber sobre um PROJETO elaborado pela categoria dos agentes sanitários com a participação dos supervisores,o qual foi produzido em 2010 e deveria ter sido colocado em prática antes do periodo das chuvas. O PROJETO foi criado, entregue e protocolado, só não foi posto em prática por nossos gestores diretos. Como vc poderia isenta-los dessa responsabilidade?

5ª observação, o vereador Tiãozinho denunciou na Câmara com prova documental que em 2010 o municipio deixou de aplicar no COMBATE À DENGUE o valor de 30 mil reais. Como esse recurso não foi aplicado no combate e prevenção da doença, ficaria mais fácil achar culpados e persegui-los não acha?

Então antes de proliferar besteiras, procure estudar melhor o assunto e inseri-lo num contexto mais amplo para não cair numa analise mediocre.

OBS: Gostaria de ser ignorante, sofreria muito menos, não tem coisa pior que conviver entre pessoas BURRAS! São esse tipinho ai que amanhã acorda-rá bem cedo para assistir o casamento real da familia inglesa.

Beto disse...

Demolidor de acéfalo

Pior ainda, nem vai entender o que vc escreveu!
ahahahahahahahahahahahahaha

Ao assunto, eu particularmente acho toda mudança valida para sair da inércia, mas quando as coisas são feitas a esmo, apenas por retaliação a alguns, a situação se agrava. Agrava porque assusta. E parece que isso que aconteceu na Dengue. Pois a Antônia abordou sobre a piora, e no restante os argumentos dos que foram contrários as mudanças são sempre mais plausivéis que os que foram favoráveis. Esses últimos atacam banalizando e os outros defendem com uma esmagadora vontade intelectual.

Anônimo disse...

realmente isso aconteceu no pronto socorro, a sobrinha do tiboca foi pega tendo relação sexual dentro de uma sala com um médico, na época Ana regina chamou ela na sec de saude aborrecida com a situação, nada aconteceu. coitado do marido dela é um chifrudo municipal. e para falar dela coitada vai ser feia, mais esquecerão que ela é sobrinha de vereador?

Anônimo disse...

realmente ela fez concurso para agente sanitário, trabalhou na dengue mais deu problema com a botinha não pode calsala, ai vem a questão foi ao médico será esse médico que deu o atestado para ela, falando que não poderia trabalhar na dengue, esta consulta foi bem paga?kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Iconoclasta disse...

Ingênuo é quem acredita que essa sobrinha do Tiboca é a única privilegiada. Vcs não acham que cada vereador da base do governo não tem seus protegidos também? Sem falar dos privilegiados diretamente pelo executivo. Se for realmente vasculhar isso ai, vc morre de infarto! Isso tudo serve de um próposito, moeda de troca.

Iconoclasta disse...

Já cansei de dizer, essa sobrinha do Tiboca está sendo usada como instrumento político, mas poucos consegue enxergar isso. Com a abertura da "CLI" na Câmara para investigar as irregularidades do dinheiro público, os gestores da saúde precisavam mais do que nunca de apoio no legislativo para tentar de todas as formas travar ou amenizar o impacto do resultado final da CLI. Ai que entra esse recurso politico de favorecimento, assim os gestores da saúde -Iara,Lúcia,Iolanda,Elpinedes,Rodrigo- se silenciam diante do fato, o que é pior, compatibiliza com o mesmo devido aos arranjos politiqueiros. Por isso odeiam a política, pois fazem o pior; POLITICAGEM!
Ou vcs ai ainda são ingenuos em acreditar que os nossos louvados gestores da saúde não têm consciência de fato como dessa servidora da saúde.

Isso é ruim para aqueles que estão de agentes sanitários, pois são sacrificados para produzirem mais com riscos até mesmo de punição por parte desses mesmos gestores para garantir tais privilégios. Esse é o esquema. Essa é realidade.

Servidor municipal vivendo abaixo da linha da miséria. disse...

" E em relação a Lúcia Hirono, sei que ninguém é perfeito, mais como já foi dito anteriormente esta profissional é ótima e quanto as mudanças que ela propôs acredito que foram necessárias pois alguns funcionários em Araguari acham que são "donos" dos cargos que ocupam msm sabendo que não são concursados para tal e como faziam isso há anos vem essa certeza q ninguém vai mexer, porém sabemos que varias vezes é necessário mudarmos para ver se alguém reage e faz sua obrigação."
28 de abril de 2011 21:24
Primeiramente discorrer com pessoas como você que se baseiam em "achismos" sem qualquer conhecimento adequado da técnica de trabalho é difícil, porém tentarei ser didático.
Em momento algum imaginei que o cargo de supervisor que eu exercia fosse eterno ou vitalício, o que questiono é a maneira como foi feita a minha exoneração,numa sexta-feira, com fim de semana prolongado e sem poder tomar qualquer atitude.
Nunca nenhuma providência foi deixada de ser tomada em relação ao trabalho, por mim ou por qualquer de meus colegas. O trabalho, ao contrário dos dias atuais, andava. Se tivessemos recebido mais condições de trabalho, talvez poderíamos ter amenizado as dificuldades. Existe em meu poder, várias listas de pedidos de materiais protocolados juntos aos gestores que demoravam ou nunca eram repostos para o andamento do trabalho.
Estranho ainda o fato, de na mesma tarde que fomos exonerados, a gestora da Saúde convocar uma coletiva de imprenssa e vincular nossa saída com uma possível epidemia de dengue com possibilidade de óbitos, coisa que não ocorreu.
Vangloriam-se ainda, com tabelinhas de índices, que os casos notificados e confirmados diminuíram. Claro que diminuíram, afinal toda a população que foi atingida pela picada do vetor, foram infectadas com vírus tipo 1 e 2, que são os que circulam na região. Porém, um conhecedor do trabalho sabe que como o índice permanece muito alto pelos padrões do LIRA(a) (4,2), se aparecer um novo tipo de vírus na região teremos problemas. Aliás, quando era supervisor, nessa época o índice não era tão alto.
Não discutirei o caráter da Lúcia, mas percebo que ela é uma pessoa elitista com tendência a desprezar subalternos e ficar horrorizada com questionamentos de simples agentes sanitários. Sei que para uma pessoa que sempre foi rica, é difícil dialogar com pobres. Rico não aceita que pobre tenha mais conhecimento. E infelizmente alguns pobres ainda bajulam os ricos.

Um supervisor que graças ao Pastor Levi, a Lúcia Hirono, a Iolanda Coelho e a Iara Borges, está passando fome atualmente.

Anônimo disse...

Engraçado é que a Iara terá um cargo a ser criado no PS Municipal para tentar fugir da CLI. Iolanda disse que ia sair, mas parece que não teve peito, afinal não deve ter conseguido coisa melhor, e a senhora Hirono, parece querer sair da epidemiologia e irá receber um cargo no PSF....
Estranho...Mas quando o barco afunda, os ratos são os primeiros a sair ou tentar sair.