sexta-feira, 29 de abril de 2011

1 bilhão de reais serão investidos em Catalão

MITSUBISHI ANUNCIA INVESTIMENTOS DE R$ 1 BILHÃO PARA GOIÁS
Nesta manhã de quarta-feira, dia 27 de abril, o governador Marconi Perillo recebeu o presidente da Mitsubishi Motors do Brasil, Robert Rittscher, no Palácio das Esmeraldas, para solenidade de assinatura do protocolo de ampliação da montadora sediada em Catalão, selando mais um capítulo da parceria entre Governo do Estado e a fabricante automobilística, que teve início há 12 anos.
Com investimentos no montante de R$1 bilhão, a Mitsubishi pretende ampliar a sua capacidade produtiva no Estado, hoje projetada para 50 mil carros por ano. A intenção é ampliar sua capacidade de produção para 100 mil carros anualmente, o que equivale a uma produção diária de 300 carros. Calcula-se que 2,4 mil novos postos de trabalho diretos serão abertos para suprir a demanda criada com a ampliação, a qual deve ser concluída nos próximos quatro anos.
“Além de R$1 bilhão, teremos outras centenas de milhões de reais que serão investidos por meio de indústrias de autopeças e de componentes automobilísticos que precisarão suprir as necessidades da montadora. Anunciamos no início do governo que teríamos investimentos superiores a R$ 10 bilhões para o Estado e esses números estão se confirmando a cada dia”, exaltou Marconi Perillo.
Leia a notícia na íntegra clicando aqui.

Pitaco do Blog
O governo de Goiás joga pesado na concessão de incentivos fiscais. Com isso, propositalmente, transformou Catalão numa experiência de sucesso. Esse "outdoor" do sucesso goiano encontra-se, propositalmente, bem na divisa com o estado de Minas. Do lado de cá do rio Paranaíba, somos comandados por governadores que, em vez de fabricar veículos, preferem cobrar impostos de carros velhos e ultrapassados. Só faltam cobrar IPVA das carroças de tração animal...
Por causa dessa diferença de política de desenvolvimento entre os Estados, Araguari vai perdendo espaço no cenário regional. Em breve, vamos ser meros exportadores de mão-de-obra para Uberlândia e Catalão. Corremos, ainda, o sério risco de nos tornarmos cidade-dormitório das nossas prósperas vizinhas.
Calma, aí! Nada é tão ruim que não possa piorar um pouco mais. A situação tende a se agravar sensivelmente graças à inoperância da nossa classe política. Extremamente corruptos e incompetentes, nossos gestores públicos não conseguem sequer melhorar a infraestrutura da cidade para atrair mais investimentos.

6 comentários:

Aristeu disse...

Eu não sei qual o verdadeiro teor desta notícia e a intenção de calmaria afinal os funcionários da Mitsubishi em Catalão estão vivendo um verdadeiro drama, inclusive com férias coletivas devido às tsunamis que avançaram em território japonês, vindo com isto deixado a fábrica de peças da empresa destruída e o estoque é mínimo para produção, o que pode não durar nem mais dois meses. É acreditar na superação japonesa.

Marcos disse...

Aristeu, eu não sei até que ponto os tsunamis poderão prejudicar esse projeto de ampliação da Mitsubishi em Catalão.
Sei que as montadoras japonesas reduziram um pouco a produção por causa da falta de peças causadas pelos desastres naturais no Japão. Contudo, a previsão é de que, até o final do ano, tudo volte ao normal. Deve ser a tal superação japonesa com data marcada.

Iconoclasta disse...

O que sei é que as cidades japonesas foram destruidas pela força da natureza, aqui em Araguari bastou eleger o Marcão!

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 30 de abril de 2011.

Prezado Brasiliense,

Conjecturar... livre conjecturar...

Três Ranchos-GO é uma excelente cidade satélite a menos de 30 km do polo industrial !

Acredite:

Já temos até "jardineiras" intermunicipais superlotadas com trabalhadores, senhoras e crianças se apertando em pé nos corredores... Adivinhe o nome do Expresso ?!

Olhos BEM abertos para - não tão novas - oportunidades.

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Anônimo disse...

O que Marconi fez foi uma grande jogada política. Depois de uma guerra política entre Velomar e Jardel Sebba em Catalão pela instalação da Suzuki em Catalão, que agora vai pra Itumbiara, ele anuncia este investimento.
Não seria passar melzinho na boca nos catalanos para não queimar ainda mais Jardel Sebba(PSDB, atual presidente da assembleia de goiás)?

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 1. de maio de 2011.

Prezados Trabalhadores,

(...)
pela instalação da Suzuki em Catalão, que agora vai pra Itumbiara,
(...)

Sem problema algum.

Araporã-MG também é uma excelente cidade satélite, a poucos kms do outro polo industrial...

Enquanto isso, no polo de intrigas e impunidades, os atrapalhadores descansam seu Dia, para início de mais um mês de rentável labor.

Parabéns aos Trabalhadores do bem.

Inclusive aos Magnânimos Políticos ( Argh... forcei!!! ).

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.