quarta-feira, 16 de março de 2011

Plano de Cargos e Salários do Funcionalismo Municipal

Funcionalismo recebe apoio do Legislativo para reivindicar revisão do Plano de Cargos e Salários


Escrito por Sávia de Lima

Conforme o Jornal Gazeta do Triângulo havia anunciado, na última segunda-feira, dia 14, a comissão que representa os servidores do município se reuniu na Câmara Municipal com alguns vereadores para discutir a situação do funcionalismo. Na ocasião, eles expuseram seus questionamentos e anseios aos vereadores Rogério Bernardes Coelho (PTC), presidente da Casa, Rafael Scalia Guedes (PMDB) (vice), Wesley Lucas de Mendonça (PPS), Werley Ferreira de Macedo (PDT) e Sebastião Joaquim Vieira (PRP), este último presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Empregados em Serviços Públicos Municipais (Sintespa) e grande defensor do funcionalismo.


Após muitas horas de conversa e reivindicações, os servidores receberam o apoio do Poder Legislativo que se comprometeu a intermediar as negociações para que o Executivo faça a revisão no Plano de Cargos e Salários do funcionalismo. “A Câmara de Araguari está empenhada, mas, paralelo às negociações políticas, o sindicato pretende ingressar com ações junto ao Ministério Público Federal do Trabalho para cobrar tudo o que é direito dos servidores, pois, embora o município tenha manifestado a intenção de revisar o plano, a proposta inicial não contempla servidores que ganhavam o salário mínimo em 2007 e em 2008. Além disso, até o momento, não houve menção ao vale-alimentação, aprovado e sancionado pelo próprio prefeito e que até hoje não foi pago aos servidores da Administração Direta por erros na licitação e por má administração”, disparou Sebastião Joaquim Vieira.

De acordo com ele, os servidores estão reivindicando a revisão geral do Plano de Cargos e Salários que, além de contemplar a produtividade, recompõe de certa forma os proventos e mais 27% de recomposição de perdas salariais relativas aos últimos cinco anos. No entanto, o Executivo ofereceu por intermédio da secretaria de Administração apenas 10% de recomposição das perdas para os funcionários que percebem mais que um salário mínimo a partir do ano de 2009. “Esse percentual seria dividido em duas partes, ou seja, 5% agora em maio e 5% em setembro, sendo que a revisão do plano aconteceria somente após o primeiro quadrimestre. No entanto, ontem, dia 15, enviamos um ofício para a secretaria de Administração e tivemos notícia de que serão marcadas reuniões para que a revisão comece a ser discutida a partir de agora”, acrescentou Sebastião Joaquim Vieira.

Para Rogério Bernardes Coelho, a reunião foi muito proveitosa, pois deu aos servidores a oportunidade de se expressar e aos vereadores a possibilidade de se posicionarem a respeito do assunto. “Como eu disse anteriormente, estamos sensíveis às necessidades dos servidores assim como também percebemos o lado do município. Por isso, a Câmara Municipal fará essa ponte, sendo o elo para intermediar as conversações. Acreditamos que o diálogo é o melhor caminho e nós vamos trabalhar nesse sentido. Existe uma pré-disposição do município em atender e a necessidade dos servidores em ser beneficiados. Vamos aguardar a próxima reunião para tratarmos esse assunto. No que depender da Câmara, tudo será resolvido da melhor maneira possível”, assegurou o presidente da Câmara.
 
Transcrito do Gazeta do Triângulo
 
Pitaco do blog
Vale notar a ausência dos vereadores Evaldo, Hamilton Júnior, Porcão, Raul Belém, Tibazinho e Tiboca. Claro, cada qual deve ter seus  motivos para não comparecer. Mas, é importante ressaltar que, durante as campanhas eleitorais e mesmo no uso da tribuna, todos os vereadores se dizem amigos dos servidores. Pois é, perderam uma grande oportunidade de demonstrar vontade de dialogar e de democratizar a discussão sobre o Plano de Cargos e Salários dos funcionários, que também são eleitores.

2 comentários:

Alessandre Campos disse...

Os vereadores "amigos dos funcionários publicos" devem aguardar a resposta do funcionalismo em 2012.

Eu espero que cada funcionário público reconheça este empenho dos vereadores citados no Pitaco do Blog, bem como, demais políticos do município.

Régis disse...

Caro Marcos, venho aqui, como cidadão, parabenizá-lo pelo seu empenho e amor por nossa cidade, fazendo deste seu blog um espaço para um debate livre e saudável de idéias políticas, econômicas, sociais e culturais que nos envolvem, tão distinto de nossa "imprensa marrom"...Para quem não sabe o que é imprensa marrom eu explico - "Imprensa marrom ou Imprensa cor-de-rosa é a forma como podem ser chamados órgãos de imprensa considerados publicamente como sensacionalistas e que busquem alta audiência e vendagem através da divulgação exagerada de fatos e acontecimentos. É o equivalente brasileiro e português do termo yellow journalism. Em todos os casos há transgressão da ética jornalística tradicional. Poder-se-ia citar vários órgãos tanto da imprensa escrita quanto da falada ou televisiva como veiculadores da assim chamada imprensa marrom. Entretanto estas citações sempre teriam como bojo o viés político daquele que cita, de acordo com a visão que este possui do mundo e da realidade em que vive." (fonte - http://pt.wikipedia.org/wiki/Imprensa_marrom) -

Felizmente para nós ainda temos profissionais responsáveis e sérios, que deixam de lado seus interesses pessoais para denunciar e exigir seriamente melhorias para nosso município...Mas, por outro lado, em todo o país, infelizmente, não posso dizer o mesmo para aqueles que se utilizam DE um discurso falso e que hora querem passar uma imagem de pessoas que se demonstram "bem informadas" sobre os fatos cotidianos de nosso município ou do nosso país e, no fim, distorcem por completo os fatos tentando tirar proveito próprio ou até mesmo benefícios vindos de pessoas públicas ou provenientes de órgãos governamentais...Essa imprensa predomina no nosso país e também há aqueles que a praticam em nosso município, todavia quero acreditar que essas pessoas, que fazem essa "imprensa marrom" jamais vão capturar a subjetividade das pessoas, pois não creio que os veículos de comunicação de massa, nesse sentido, possam esconder a realidade dos fatos...Parabéns!!!!!