sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Pagamento incorreto

Um grupo de trabalhadores, juntamente com o representante do sindicato, foi tentar falar com o prefeito  ou com o secretário sobre o erro no pagamento dos salários (vide postagem anterior). Simplesmente, a porta do palácio foi trancada e não receberam ninguém. Indignados, os trabalhadores acionaram a policia para registro de boletim de ocorrência. 
Colaboração do Repórter João Carlos, Rádio Vitoriosa

Pitaco do blog
Antes do Direito e da Política, existe uma "coisa" chamada bom senso. Parece que esse produto anda em falta no mercado. Bastava algum representante do governo receber os funcionários e conversar. O reconhecimento do erro administrativo era apenas uma questão de tempo.

19 comentários:

Aristeu disse...

A transparência exige a inexistência de porta ou então de vidro.

Maria Helena disse...

Gente vamos convocar em massa à população para conhecer esse blog e fazer comentários,aqui é bomba atrás de bomba,esses vereadores se preparem muito dinheiro para comprar voto podem até pagar MAS GANHAR JAMAIS!!!!!!!!!!! parabéns gostei do blog ficamos sabendo que é visitado pelo podre modelo se não administração.

Ianis disse...

UBERLÂNDIA-MG, 4 de fevereiro de 2011.

Prezados Srs.,

Existem muitas coisas erradas em ARAGUARI, e em todos os Poderes.

Mas enquanto a População - Cidadãos comuns ( sempre frizo isso !!! ) não se interessarem em manifestar seu TOTAL DESCONTENTAMENTO com essa absurda indústria de corrupção, conlúios & conchavos, vista grossa e abafômetros, continuarão a sentir nos calos, na própria pele, saúde - e no bolso - os efeitos de sua inércia.

IMPUNIDADES por todos os lados, e os respectivos protagonistas dos ilícitos descaradamente cometidos à luz do dia rindo à bessa, e curtindo a vida adoidado... e com a nossa cara também !!!

SEM JAMAIS PERDERMOS A RAZÃO, que cada um faça a sua parte, ou juntos, promovam o quê de direito se possa reinvidicar - sem medo, conscientes de que todo e qualquer ato sempre findará nas portas do MP, necessitando ou não, do respaldo da OAB.

E se mesmo com a anuência destas Instituições absolutamente nada for feito, que se exercitem nas postagens, direcionando-as a emails e sites onde se fizerem necessários o conhecimentos dos fatos. Não me faltam dicas, nomes, e ótimos links. Este aqui é um deles ! Bem-vindos.

ANONIMATO é um problema sério...

Conveniente se faz, mostrar a cara, nominho abençoado e CPF, assumindo publicamente a postura e eventuais consequências, inclusive - ACREDITEM - lograr êxito nas manifestações.

Atenciosamente,
Janis Peters Grants.

Anônimo disse...

A secretária de saúde - Iara Borges - ao tomar conhecimento de que havia na porta -com cadeados- do palácio a presença de funcionários da saúde, mandou logo saber que estavam por lá afim de mandar cortar na folha de ponto o periodo da tarde.
Ue senhora secretária Iara, não foi vc mesma que disse em certas reuniões que sempre foi preocupada com as condições de trabalho do funcionário, principalmente da sua pasta? Como a senhora muda rápido de opinião heim!

Anônimo disse...

Cara Maria Helena, esse blog ou projeto de blog como disse o pseudo-intelectual Djair já está incomodando bastante os que se julgam dono do poder. Eles monopolizam com o dinheiro público a imprensa local para vomitarem suas verdades, mas aqui no blog o espaço é democrático até mesmo para essa gentalha, todos podem participar e dar suas opiniões. A tendência é que esse espaço sempre cresça e fomenta ainda mais discussões.

Edilvo Mota disse...

Respeito ao contraditório e democracia caminham juntos.

Antonia disse...

Edilvo me lembro bem de uma vez que fizemos uma movimentação em sua gestão e sua postura como gestor foi bem diferente da atual, foi ao local e junto conosco tivemos uma reunião com o prefeito da época, tudo no maior respeito com o funcionário, agora o que recebemos é ameaça de retalhação e pior ainda manda recado, pois não tem coragem de assumir sua posição, prefere se aproveitar do poder que tem enquanto gestores para retalhar funcionário, por isso o numero de funcionarios é pouco em manifestações, apenas poucos "loucos" mostram a cara. Também entendo os anônimos, pois aguardem sei que vão me perseguir.

Veritas disse...

Mais uma vez está provada a total falta de respeito dos atuais gestores publicos de Araguari no que diz respeito ao trato com o funcionalismo; como se não bastasse o fato da Secretária de Saúde Iara Borges agir como uma ''ditadora'' mandando e desmandando, ainda temos que aguentar um Prefeito covarde que foge de seus funcionários como uma criança malcriada! E pensar que ainda faltam 2 anos para esta palhaçada acabar...

Alessandre Campos disse...

O art. 37 da Constituição Federal diz que “A administração pública direta e indireta de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerá aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência (...)”.

Será que os gestores públicos sabem o que significam estes princípios?

Anônimo disse...

"Será que os gestores públicos sabem o que significam estes princípios?"

R: Os atuais não...

arruda disse...

Pois é tentaram enganar o funcionário ou apenas são mal informados? Talvez seja porque não ganham mínimo, agora pagam o que tentou não pagar, dizendo que cometeu um "erro" isso depois de falarem a alguns servidores que provassem que o mínimo tinha saido no diario oficial e aí isso apaga o crime constitucional cometido, nos os servidores os quais fomos cobrar nosso direito vamos ter nossas horas descontadas de nosso salário no próximo mês, apesar de o erro ter partido do executivo e se não os procurarmos no horario de trabalho que horas seria? Algumas coisas são difíceis de aceitar, acho que a administração tinha que responder por este crime constitucional.

Anônimo disse...

Creio companheiros, como sempre já disse, que a atual administração vincula nossa alma à gorsseria do serviço. Entendem que por termos cargos de baixo escalão, não temos capacidade suficiente de saber quanto é o salário minímo.
E o Pator/Administrador, o SR. LEVI SIQUEIRA, deveria lembrar-se nessas horas do que prega em suas reuniões e ser mais humano e menos arrogante.
Um recadinho à srª IARA Borges:
Daqui ha 1 ano e 11 meses, a senhora voltará à seus cargos, só que sem o atual respeito que seus colegas lhe dirigiam. Acho melhor a senhora sair do salto, ser secretária não é só ganhar mais para reformar a casa não. A Senhora sabia que sua destituição ditatorial deixou muito pai de família passando dificuldade Iara?
Aproveita que hoje é domingo e vá a Igreja REZAR, que sabe Deus perdoa.

Edilvo Mota disse...

Tristeza...

este é o sentimento que nos invade, ante a total insensibilidade e a falta de respeito com seres humanos que exercem dignamente sua atividade laboral, circunstancialmente diferente, sem as mesmas condições de conforto dos demais e com salário inferior.

A mania de "classificar" pessoas segundo sua condição laboral ou socioeconômica, talvez seja a mais odiosa forma de descumprir os ensinamentos de Jesus Cristo, Gandhi, Martin Luther King, Madre Teresa de Calcutá, Irmã Dulce, Chico Xavier, Zilda Arns, etc, etc, etc...

Aí, amigos (e inimigos) não há reza de cure os pecados de ninguém!

Anônimo disse...

o prefeito municipal antes de fechar a prefeitura para os funcionarios, deveria olhar os funcionarios de confiança que não vai trabalhar, mais no final do mes o salario deles são bastante gordo.

Anônimo disse...

Coisa horrorosa é a postura dessa tríade: Adriano do jornal Diário, Paulo Bolsas e aquele Rudi Lacerda. Essas figurinhas carimbadas são uma vergonha para a cidade. No inicio de qualquer gestão estão lá eles "batendo" no prefeito antes mesmo de iniciar seus trabalhos, querem causar impacto já nas primeiras semanas para obrigarem o governo a atraí-los com algum ganho ou beneficio. Isso é, são imorais e prostituídos.
Pior que puxam o saco... puxam o saco e puxam o saco e não tem nada!!!

Anônimo disse...

na secretaria de saude tem uma funcionaria que estava desviada de função lotada no pronto socorro, como ela é agente sanitário deveria estar no controle da dengue. por ser amiga de vereador, e protegida pela administração foi a unica que não voltou para sua função. esta na vig sanitária trabalhando a noite para organizar pastas.que absurdo ela nunca apareceu la. agora vc trabalha, cumpri horario e certas pessoas fica em casa recebendo.vamos ver isso? porque e um abuso para nois funcionarios

Edilvo Mota disse...

Pelo visto, passou da hora de convidar a turma do CQC, da Tv Bandeirantes... e botar o Rafinha Bastos de plantão, com colchão, pantufa e ursinho, até conseguir uma explicação plausível.

Anônimo disse...

Jesuis, como esse povo da dengue eh encrequeiro. resmungando por causa de mixaria, logico que foi soh um equivoco por parte da administração. Esse povim, soh quer expor o Marcão e a competentenIara Borges.
Vão trabalhar genti!

Anônimo disse...

Só um equivoco?!
3 anos sem revisão do plano de cargos e salários e ainda efetuar um pagamento inferior ao minimo, vc ainda tem a cara de pau de dizer só um equivoco?!

Pra quem fala que foi apenas um simples equivoco e em seguida enaltece a Iara, não preciso dizer mais nada a respeito.