quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

O povo contra o "rolo compressor"

1989. Praça Celestial, na China. Um manifestante anônimo conseguiu parar uma fileira de tanques de guerra. Araguari, ontem. Manifestantes foram até a Câmara dizer não ao "rolo compressor" do Marcão. Em ambos os casos, o povo foi vítimas da máquina mortífera estatal. Os tanques matam. Os tributos têm, implicito, o poder de destruir.
A intenção desses manifestantes não é fugir da obrigação de pagar tributos. Os araguarinos, em regra, cumprem os seus deveres perante os entes públicos mesmo recebendo muito pouco em troca. A pretensão deles era apenas demonstrar o inconformismo com a forma nada democrática utilizada pelo senhor prefeito e por sua base aliada na aprovação do aumento da carga tributária dos munícipes.
Ao que tudo indica, nesse processo legislativo acelerado, somente foram considerados os interesses da Administração, que nem sempre correspondem ao interesse público. Neste caso, para que fossem atendidos também os interesses maiores da população, o projeto de código deveria ter sido amplamente divulgado e discutido com os diversos segmentos da sociedade. Além disso, há na nova lei diversos pontos questionáveis, a exemplo da irrazoabilidade do valor de alguns tributos.
Como o governo resolveu passar o "rolo compressor" sobre a oposição e sobre o povão, só restaram aos  prejudicados a realização de manifestações e a adoção de medidas junto ao Ministério Público e ao Poder Judiciário (que serão tomadas em breve).
Vejam abaixo as fotos das manifestações. Convém gravarmos os nomes do vereadores traidores. Este blog se compromete a reproduzir novamente estas fotos às vésperas das eleições para que ninguém esqueça os nomes dos Judas Tributarius.
Essa tal de democracia incomoda mesmo...

Faixa que deve estar em nossas mentes no dia das eleições

7 comentários:

Anônimo disse...

Os compradores de votos estão ai e vão querer comprar de novo para votarem contra os interesses do povo.

Alessandre Campos disse...

Quem os elegeu? Se foram vendedores de voto, nada mais tem que reclamar, pois já receberam aquilo que eles valem.

Anônimo disse...

Todos vereadores compram os votos em Araguari. Não é só os do Marcão não.
Se eles compram é por que tem gente vendendo.

Aristeu disse...

Se o Evaldo votou contra o povo é mais um amigo que me traiu!

eeeeee disse...

Anônimo inclusive vc leiteiro assessor (bundão)de comunicação... quero ver esses jornais fuleiros sem credibilidade aonde vão mamar? já sei nos cesak só tem mato e vaca.

Anônimo disse...

É triste a situação da cidade cada vez mais sem comando e enganando o povo.Vamos acordar e parar de reclamar é hora de agir na Camara apareceu poucas pessoas o que somos um bando de covarde e hipocritas que reclamamos e nao agimos é hora de ação.

Marcos disse...

Anônimo das 18:20,
A democracia não é fácil. Não é algo pronto e acabado. Ela vai sendo construída aos poucos.
Veja que esses movimentos sociais estão começando a se fortalecer. Isso sem nenhuma espécie de incentivo do município. Muito ao contrário, o poder público em Araguari só pense em destruir essas manifestações democráticas.
O negócio é não desistir nunca. No caso do aumento dos tributos, vamos continuar na luta, questionando as ilegalidades. Além disso, nas próximas eleições, precisamos dar um cartão vermelho para os políticos que aprovaram essa indecência.