sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Grandes buracos, grandes negócios...

Omissão de uns, criatividade de outros. Aproveitando as oportunidades abertas pelo novo modelo de administração, os moradores da Rua Augusto Carpaneda, no Bairro Independência, criaram um novo pesque e pague. O sistema de cobrança é parecido com os dos demais estabelecimentos. Quanto mais se paga (imposto), maiores são os buracos onde se pode pescar.


Fotos tiradas pelo repórter João Carlos de Almeida

6 comentários:

Anônimo disse...

Eita prefeito!!! bom demais...acho que ele tinha que administrar um pesque e pague, ter um Malandro mineiro como assesor. Eliane morel viana

Edilvo Mota disse...

Quando era secretário municipal de saúde, por diversas vezes sugeri que pelo menos 2 secretários fosse escalados para prontidão, no final de semana (coisa de milico, né?). Para que pudessem percorrer a cidade e verificar problemas como este (que sempre existiram) e indicar correções imediatas. Como sempre ocorre, as sugestões eram ignoradas. Acontecia antes, acontece agora e, pelo visto, vai acontecer sempre, pelo perfil dos pré-candidatos que já pintam por aí.

Porque a sugestão partia do secretário de saúde?! Por medida de proteção à saúde coletiva e economia.

Explico:

Ontem (06.01.2011) ao passar de bicicleta com o filhinho de 2 anos pela rotatória do Parque de Exposições, uma senhora caiu num desses famigerados buracos. Com diversas escoriações, mãe e filho foram encaminhados para onde?

Acertou, quem respondeu PRONTO SOCORRO MUNICIPAL. Que vive aos borbotões com os inúmeros casos de doenças e agravos provocados por causas externas (acidentes de trânsito, agressões, brigas, embriaguez, animais peçonhentos, etc)

Então, é isso. Quando as demais políticas públicas não funcionam (dentre elas a adequada manutenção das vias públicas) quem paga o pato (me perdoem os patos) é a Saúde Pública. Mal orçada, mal gerida, mal cuidada e mal falada.

E, definitivamente, o povo não elege governantes para reclamarem (às vezes até com certa razão) do que os antecessores não fizeram. Gestor, gerente, administrador, etc, etc, ocupa cargo pra RESOLVER PROBLEMA.

Pra reclamar, já temos as rádios, os jornais, os blogs, as mesas de buteco, as saunas, os salões de cabeleireiro, etc, etc....

Infelizmente, na maioria das administrações municipais do país o espírito público sempre é derrotado pelo espírito de porco (como todo respeito aos porcos!!).

Alessandre Campos disse...

O quilo do peixe temburacoaki está previsto no NOVO Código Tributário?

Aristeu disse...

Quem bom isto aí. Pra falar sério eu preferia um rio neste local que este asfalto... O Prefeito também...

Anônimo disse...

A bola da vez é o repórter João Carlos, da Rádio Araguari. Por falar a verdade e desmascarar o novo modelo está sendo perseguido. Teve a água de sua casa cortada pela SAE.

eeeeee disse...

Esse coelho todos sabem que está lá primeiro: por pagar jubão para ser vice e segundo: por comprar voto,é triste saber que é prefeito está alí não por mérito... perseguem todos que não apoiam alíás fiquei sabendo que nem os cargos de confiança ou seja de desconfiança,não estão satisfeito com sua péssima ADMINISTRAÇÃO,os puxa sacos como Valmir,Adriano,Estérico por que? mamam na teta.