domingo, 9 de janeiro de 2011

Filme triste

Diz a história que, em 1910, Araguari possuía duas salas de cinema:  Íris e Radium, nas Praças da Matriz e Manoel Bonito, respectivamente.
Na minha adolescência (anos 70), eram quatro: Apolo, Lux, Olido e Rex.
Mais de um século depois da inaguração da primeira sala, quem quiser ir ao cinema precisa viajar para Uberlândia.
Sem comentários...

5 comentários:

Aristeu disse...

Pois é. Naquelas épocas também tinham zeros dvds e, quando muito, um canal preto e branco de televisão.

Rodolfo Paranhos disse...

Computador e Internet então eram coisas de alienígenas.
rs

Marcos disse...

Concordo em parte com vcs. Realmente, a tv, o video-cassete (o que é isso?!), o dvd e outros bichos apagaram um pouco do brilho do cinema.
Entretanto, esse motivo, sozinho, não justifica o fato de a cidade não ter uma sala sequer de cinema. É nessa hora que deveriam surgir políticas públicas, dando incentivos para instalação de um empreendimento ou mesmo criando uma espécie de cinema itinerante para disseminar a cultura pelos bairros da cidade. O que não pode é ficar vendo a banda passar...

Edilvo Mota disse...

Qual banda?

A banda municipal de Araguari foi desativada.

Anônimo disse...

Mas o Cine Ritz não ia funcionar?
O marcão não botou um dinheirão lá?
Cadê os vereadores que nao investigam isto?