segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Matutando eleitoral...

Ficou claro
Quem não tem Lula caça com Bento XVI.

Abstenção
Cinco milhões de paulistas preferiram o mar ao Serra. .

Voltas que o mundo dá
Será engraçado ver generais batendo continência para uma ex-guerrilheira.

Coincidência?!
Dilma ganhou no Nordeste, onde estão os maiores beneficiários dos programas governamentais de distribuição de renda. Já Serra ganhou no Centro-Oeste, onde viceja o agronegócio, que, justamente por causa do bolsa-família, perdeu grande parte da mão-de-obra quase escrava dos nordestinos.

Direita volver
direita tenta emergir novamente no Brasil. Agarrados aos tucanos e a setores reacionários da Igreja, os direitistas, travestidos de seres do bem, sonhavam em chegar ao poder. Com a derrota, os mais exaltados bradam agora por que a Região Sul e o Estado de São Paulo se separem do restante do país, principalmente do Nordeste.  Cidadãos de categoria superior, se pudessem, teriam atribuído peso dobrado aos seus votos para conseguir a vitória. Já vimos algo parecido na  Alemanha nazista.

Um comentário:

Aristeu disse...

O Lula, fora eu, pode convencer o mundo com seus discursos variados, mas o discurso de Bento é um só.

O mar pode ser nossa única saída deste país bolivariano.

Os generais devem-na muito mais que continência. Qualquer reverência será o atestado de um trabalho mal feito por eles.

A escravidão e o cabresto são ingredientes da mesma história.

O Brasil, gigante pela própria natureza, certamente que dividido poderia ser melhor administrado. O Nordeste não é o responsável pelas nossas mazelas, muito ao contrário, é de lá que emanam-se forças extraordinárias para nosso engrandecimento. Curvo-me ao resultado das urnas. Não vou lamentar, mas torcer muito para que eu esteja errado em tantas convicções que se formaram ao longo de uma vida de análises.