segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Identificada vítima de homicídio

A Delegada de Policia Drª. Mayre Simone Reis (foto), juntamente com sua equipe de detetives, identificou, na tarde desta segunda-feira, a vítima de homicídio ocorrido no último dia dois de novembro em uma igreja na cidade de Araguari. De acordo com as informações da Delegada, as diligências começaram no dia em que foi encontrado o corpo. Afirmou a autoridade polícial: "precisávamos identificar a vítima e a autoria do crime e hoje foi logrado êxito em identificar a mãe da vítima, que a reconheceu formalmente", na delegacia, como sendo sua filha Maria Claudiene Santos, 28 anos, usuária de drogas, residente no distrito de Amanhece, que se encontrava  desaparecida há alguns dias. A mãe informou que já havia pedido a Claudiene que procurasse um tratamento, que parasse com uso de drogas e que cuidasse dos filhos.

A vítima Claudiene já estava sendo procurada por ter abandonado os dois filhos e estava respondendo a processo na Justiça por abandono de incapaz. O Conselho Tutelar já vinha assistindo a seus filhos há bastante tempo porque a vítima, além de ser usuária de drogas, sempre abandonava os filhos e se prostituía. Naquela noite, provavelmente ela usou drogas com o autor e praticou ato sexual. Quanto ao principal suspeito, que se 'identificou' como Marcelo Pereira Rocha, as investigações continuam, mas já podemos adiantar que este nome não existe nos registros de carteira de identidade no Estado de Minas Gerais e na Rede Nacional Informações de Segurança Publica de identificação, mas nós colhemos as digitais e vários matérias que poderão contribuir com as investigações.

Repórter João Carlos de Almeida, Rádio Vitoriosa de Araguari

Nenhum comentário: