sábado, 30 de outubro de 2010

Jogo Sujo

TSE determina suspensão de serviço de telemarketing em favor de Serra


O Tribunal Superior Eleitoral mandou suspender o serviço de telemarketing utilizado em favor da candidatura de José Serra (PSDB) à Presidência. A decisão atende a um pedido da coligação de Dilma Rousseff (PT). Ela alega que, por meio da internet banda larga, seu adversário tem utilizado o sistema VoIP (Voice over Internet Protocol), também conhecido como "Voz sobre IP", para efetuarem ligações "nas quais se discorre sobre 'temas relacionados ao aborto e o caso Erenice Guerra, informando que a candidata Dilma Rousseff é a favor de que mulheres façam aborto, que é corrupta, chefe de quadrilha outros termos".
Fonte: www.claudiohumberto.com.br

Pitaco do blog:
Quem faz um jogo sujo desse tipo merece ganhar uma eleição? A resposta me parece óbvia...
A opção pelos golpes baixos feita pelo candidato do "bem" só fez mal ao eleitor e à democracia. Atuando nos subterrâneos da internet, onde a autoria de crimes é difusa e impune, os tucanos optaram por agredir a adversária com calúnias e difamações. Mesmo não descendo a esse patamar, a candidata petista, tentando se defender, acabou entrando na guerra suja proposta pela oposição. Resultado: o nível dos debates, que já não era alto, despencou de vez.
Perdemos todos nós. Mas quem perdeu mais foi o próprio candidato do "bem". Presenteado com a ida para o segundo turno (graças aos méritos da Marina), ele não soube aproveitar a oportunidade dada pelo destino. Encilhado, passou o cavalo. Ele não teve competência para montá-lo. Lobo em pele de cordeiro, em vez de travar um bom combate, Serra preferiu continuar tentando quebrar a perna do cavalo da adversária.
Segundo as pesquisas, o resultado das eleições não será favorável a quem optou pelo jogo sujo. Confirmada essa expectativa, pode-se afirmar, parodiando o treinador Muricy Ramalho, que a urna pune. Merecido!

2 comentários:

Aristeu disse...

Se alguém opta pela Internet fique já sabendo que o acesso por aqui é feito por pessoas de um poder aquisitivo mais elevado e que dificilmente terá opinião mudada. É fato que a urna pune, mas sempre o eleitor!

Anônimo disse...

a urna pune o eleitor que vota mau ou bem... Por isso naum voto em ninguém...