quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Cidade Dengosa

A Secretária de Saúde afirmou que, neste ano, haverá choro e ranger de dentes por causa da dengue. O alerta, como o perdão da redundância, é alarmante. Alguns acham necessário assustar o povo para que o combate à dengue surta efeitos. É a cultura do medo. Outros, mais sensatos, entendem desnecessário. Bastaria conscientizá-lo e prevenir a doença.
Bem, de uma forma ou de outra, a questão é que a temporada das chuvas está de volta. Mesmo nessa fase quase apocalíptica, constata-se a falta de cuidado de parte da população e do poder público no trato da questão. Na foto abaixo, enviada pelo repórter João Carlos (Rádio Vitoriosa de Araguari), temos um possível criadouro do aedes aegypti em plena calçada da Rua Jaime Araújo, saída para Amanhece. 
O quadro é singelo e foi bem descrito pelo blog Saúde na Tela (http://saudenatela.blogspot.com/). A direção da Secretaria persegue os supervisores. Alguns funcionários não concursados perseguem o cargo de supervisor. Em suma, no meio da crise instalada na Secretaria, não sobrou ninguém para perseguir o mosquito...

Um comentário:

Aristeu disse...

Era uma vez, há muitos e muitos anos atrás, um personagem televisivo, preto e branco, que se chamava Sugismundo, que adentrava na nossa TV à válvula, dizendo que "Povo desenvolvido é povo limpo". Pois bem, resumindo, o mosquito está nos vencendo por isto.