quarta-feira, 28 de julho de 2010

Onde está a verdade?

Enquanto as eleições não chegam, convém conferir os dados dos candidatos no site do Tribunal Superior Eleitoral (www. tse.jus.br). Isso é importante para conhecermos aqueles que querem procuração para nos representar.
Quem se arriscar nesse tour virtual, irá se surpreender. É que alguns candidatos, ao contrário da grande maioria dos políticos, em vez de se enriquecerem, acabam ficando mais pobres. Isso prova que a política pode ser, para uns, uma carreira quase franciscana...
É o caso, por exemplo, do vereador Luiz Antonio Lopes (Porcão). Nas eleições passadas, ele declarou à Justiça Eleitoral que possuía um patrimônio de R$ 224.840,00. No pleito atual, segundo consta do registro no TSE, ele não possui bens, ou seja, o seu patrimônio é zero.
Cuidado! Esses dados podem ser enganosos. A abrupta queda de patrimônio pode não traduzir a realidade.
Talvez seja mesmo fruto de erro na elaboração da declaração enviada à Justiça Eleitoral. Isso porque, conforme recente reportagem do Correio de Araguari, o candidato Porcão é sócio majoritário da empresa Viveiro Valor Verde, que produz e comercializa milhões de mudas de eucalipto clonado e de mudas de café.
Resta a pergunta: onde está a verdade?
Essas informações podem ser conferidas nos seguintes endereços:
1. dados do registro da candidatura de vereador: http://www.tse.jus.br/sadEleicaoDivulgaCand2008/gerenciarregistrocandidatura/manterCandidato!mostrarRegistroCandidatura.action?codigoUECandidato=40690&sqCandidato=21736
2. dados do registro da candidatura de deputado federal: http://divulgacand2010.tse.jus.br/divulgacand2010/jsp/abrirTelaDetalheCandidato.action?sqCand=130000001440&sgUe=MG#
3. reportagem do Correio de Araguari: http://www.correiodearaguari.com/correio/index.php?option=com_content&task=view&id=2621&Itemid=29 

4 comentários:

Aristeu disse...

Pra fins nenhum a maioria dos cidadãos mentem na declaração de renda e certamente, ou melhor, conforme Odorico Paraguassu, certezamente, mentem os políticos. Estou pra jogar a toalha com este País e pensar que, no Exército, jurei dar a vida por ele.

Edilvo Mota disse...

Idem, Aristeu. A gente que ainda engasga ao ouvir o hino nacional, hino à bandeira, canção do expedicionário, canção do exército, etc, etc... pensa que a lambança piorou e muito.

Vivemos a ditadura democrática dos pulhas, mantida com o comércio descarado de votos e plantada no cinismo.

eeeeee disse...

Luiz porcão gosta de lama!! coitados estão desesperados com paju o jubão,é de rir ao frigorofico SANTA IUCIA ,lógicamente falar em projeto esperado pelos funcionários assunto: MARCOS ALVIM conclusão despreparado,desperado ele e sua trupe me faz rir porcão vc foi apertado como vereador,agora não passa...estou gostando o esespero está nítido continue assim ...e vão eleger marcos alvim.

Edilvo Mota disse...

Diz a lenda urbana que candidato a deputado paga R$ 50,00 por semana, por direito de plotagem de adesivo em carro. E eleitor de um, vende espaço para adesivo de outro. Isso tudo, certamente, com dinheiro do contribuinte, que chega a caixa de campanha por via oblíqua (leia-se desvio mesmo).

Se for verdade, difícil definir quem é mais cara de pau...