sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Matutando...



Saúde(?) Pública I
Quando a gente pensa que viu de tudo na vida, aparece o governo municipal e nos surpreende. A novidade da vez, agora, é a tenda instalada no Pronto Socorro Municipal. Isso não resolve o problema da saúde. Senhor Secretário, em vez de tenda, atenda!!!


Saúde(?) Pública II
Algumas medidas simples surtiriam muito mais efeito. Por exemplo, exigir que os profissionais de saúde cumpram a jornada de trabalho, tornar públicos os horários de trabalho de médicos, enfermeiros e outros e cessar o contingenciamento idiota de gastos com meros exames de sangue e raio-X. Vejam que eu não estou falando na formulação de uma política pública de saúde, refiro-me apenas ao uso do bom senso e a uma mínima observância das leis...


Saúde(?) Pública III
A adoção dessas medidas deveria ser tarefa normal, corriqueira. Entretanto, para um governo dominado por determinados grupos de poder (médicos, por exemplo), é praticamente impossível esperar alguma melhoria. Raaaaaaaaaaaaala, povo!!!


Saúde(?) Pública IV
Araguari poderá sofrer sanções da União por causa das irregularidades na construção do Hospital Municipal. Também pudera, o Governo Federal não é obrigado a repassar recursos para quem gasta mal... Era óbvio que isso iria acontecer, mas, como sempre, ninguém fez nada... Ou fez?! O gestor anterior praticou as irregularidades e o atual não adotou providências para evitar essas sanções. É mais fácil empurrar a responsabilidade para o antecessor do que tirar a bunda da cadeira e agir...Advinhem quem pagará o pato?!

5 comentários:

Anônimo disse...

É uma vergonha os pacientes serem tratados assim, ficar por horas a espera de um atendimento digno, debaixo de uma tenda (até parece o Haiti)!!! O que precisa é colocar mais profissionais para trabalhar no atendimento, num local que tenha condições da população ficar aguardando tratamento, colocar também profissionais que realmente trabalhem e gostem de exercer a profissão que escolheram, sabemos que na troca de turno no Pronto Socorro, vinte minutos antes da troca de turno eles já param de atender. Realmente Araguari vive momentos ingratos na area de saúde, e os nossos dirigentes se omitem.

Anônimo disse...

Gastaram uma grana fazendo um anexo no Hospital Municipal, falando que ali funcionaria o Pronto Socorro e ficou por isso mesmo até hoje. Só na tendinha!!! Será que vão mostrar ao Secretario de Estado da Saúde que nos visita a semana que vem a "Tendinha" ?

Aristeu disse...

A saúde do bolso deles como é que está? Quanto mais precário o atendimento mais recheada a poupança dos nossos indignos representantes.

Edilvo Mota disse...

Em dezembro, num encontro em Uberlândia, o diretor regional de saúde (amigo há mais de 30 anos) me dizia que em janeiro Araguari teria sérios problemas com a dengue, por falta de cumprimento de ações preventivas preconizadas pelo Estado.

Mas, se a gente comenta, na falta de contra argumentos plausíveis reclamam de implicância ou "oposição". E ainda mandam recados malcriados.

Do outro lado, recentemente, quando levantei pontos sobre falta de providências requisitadas por mim para responsabilização judicial da empreiteira que construiu o hospital municipal, me tornei alvo de críticas de cupichas do grupo político ora na oposição.

Felizmente, me documentei devidamente para desfazer qualquer ilação sobre falta de fundamento dos comentários.

Definitivamente, gestão pública (especialmente da saúde) não é seara para amadores, sejam eles velhos ou novos.

Edilvo Mota disse...

Curiosidade (seria cômico, se não fosse trágico):

Pelo MSN, um amigo do Hospital de Clínicas da UFU confidenciou que Araguari está "apanhando" pra conseguir encaminhar pacientes graves para aquele hospital, pelo prosaico motivo de desconhecimento das regras do Sistema Estadual de Regulação (SUS Fácil).

Assim, o SUS fica cada vez mais difícil...

Nada que uma simples leitura da Portaria Municipal de implantação não possa resolver.