terça-feira, 19 de janeiro de 2010

E vai rolar a festa... Tô pagando!!!



Ano eleitoral equivale à promessa de muitas festividades. Em Araguari não será diferente...
Aqui, os comes e bebes já estão garantidos, ao menos para o pessoal do Palácio. É que a Prefeitura está realizando licitação para contratar pessoa jurídica para fornecimento de coffe break nos eventos realizados pelas Secretarias de Educação, Trabalho e Ação Social, Esportes e Gabinete. Valor estimado das festinhas: R$ 203.032,50 (duzentos e três mil, trinta e dois reais e cinquenta centavos).
Os felizes convidados para as ceias do senhor Prefeito já podem arregalar os olhos, pois o rega-bofe vai ser de responsa. Afinal, serão consumidos, durante o ano, 187.600 salgadinhos e 3 toneladas de quitandas, acompanhados, entre outros, de 15.080 garrafas de refrigerantes de 2 litros cada. Quem quiser saber se vale a pena entrar de penetra na festa pode conferir os outros regalos no site da Prefeitura: http://www.araguari.mg.gov.br/gerenciador/libs/uploads/21624b4c67766c7487.06429865.pdf.. Cuidado, se for convidado, não convém encher os bolsos de salgadinhos ao final da festa, uma vez que, em reunião de políticos, os bolsos, as meias e as cuecas costumam ter outras finalidades...
Como estamos em ano eleitoral, é óbvio que a distribuição dos gastos pelas diversas secretarias tem lá suas peculiaridades. Não é mera coincidência, então, o fato de a Secretaria de Gabinete poder gastar R$ 68.328,00 (sessenta e oito mil, trezentos e vinte e oito reais) em comes e bebes neste ano, ou seja, 33,6% do total gasto pelo Poder Executivo com comilanças. Para fortalecer as candidaturas dos amigos do Palácio, será servido naquela secretaria o seguinte cardápio: 57.600 salgados variados; 17.280 sanduiches completos, 720 quilos de quintadas variadas e 14.400 litros de refrigerante de sabores variados.
O Executivo pode até ter suas razões para efetuar gastos nesta área, desde que o faça com parcimônia, observando-se parâmetros de razoabilidade. De qualquer forma, parece-nos correto afirmar que aquilo que desce redondo para os governantes de ocasião acaba se tornando indigesto para o cidadão comum, que, em vez de um convite para a festança, acaba recebendo mesmo é um belo carnê do IPTU. Tim Tim!!!

2 comentários:

Aristeu disse...

Nenhuma pizza?

Anônimo disse...

Pra quem corta cafezinho de servidor e manda ligar a cobrar na casa do contribuinmte pra avisar sobre alteração de cirurgia n no setor de ortopedia, é muita grana.....