segunda-feira, 13 de julho de 2009

Pisadas de bola locais




Semana pródiga...

1º vereador Porcão: acredita que todos servidores concursados são inúteis. Ele deve preferir nomear os parentes e apaniguados para os cargos e empregos púbicos. Deve, ainda, detestar esse tal de mérito e a maldita igualdade. Não deixemos Araguari virar uma Porcolândia...

2º novamente ele, o Porcão, querendo comandar os vereadores que não se dobraram à vontade emanada do paço municipal. Ora, se um vereador não puder expressar livremente a sua opinião ou discordar das propostas e medidas do Executivo, para que servirá então?

3º jornalista, radialista e comissionado do Executivo, o senhor Limírio Martins usa sua coluna de jornal e uma emissora de rádio (concessão pública) para fazer a defesa apaixonada dos projetos de lei do Executivo. Pouco importa se o projeto é inconstitucional, como é o caso da contratação sem concurso público, o que ele pretende é justificar, ainda que fora da função, o seu salário, pago por todos nós. Agindo assim, demonstra não ter tanto apreço pela ética. Aliás, se dependesse exclusivamente de concurso púbico, talvez ele não estivesse ocupando cargo público...

4º Marcão/Jubão (ou seria Jubão/Marcão?): o Executivo insiste nas velhas práticas de sempre. A fuga ao concurso público e à licitação são exemplos indecentes e eloquentes da manutenção da forma de governar araguarina. Depois, fica fácil dizer que falcatruas só acontecem em Brasília....

5º Raul Belém, a exemplo de outro vereador (Werley Macedo), vem utilizando uma concessão pública (emissora de rádio) para, alardeando os próprios feitos na vereança, fazer indisfarçável campanha para deputado estadual.

Um comentário:

Aristeu disse...

Eu concordo com o Porcão de muitos concursados serem inúteis, mas o que não abre a possibilidade de se contratar sem concurso. Deve-se pôr a máquina administrativa pra funcionar. Tem que ter um jeito...
O apelido Porcão, creio, deverá ser por ser gordo, ou seja, não cuida da própria saúde e não quererá cuidar das dos outros. Ou então porque só faz lambança, o que justifica suas ações intempestivas. Ou ainda, artifício de palavrasemendadas, ter idolatria "por Cão".
Quanto ao Limírio ele está fazendo a parte dele, prestando exatamente o trabalho solicitado ou era pra ele atacar o patrão executivo, nem tanto mestre!
"As velhas práticas de sempre, no que diz respeito à não realização de concursos e de licitações marcadas, irão perpetuar por muitos e muitos séculos." (Aristeu, 1a Centúria, das Profecias de Nós Tratamos)
Raul Belém e Werley Macedo precisam ganhar pra poderem ir à Assembléia, pelo menos ficariamos livres dos mesmos como vereadores. Que Deus os conduza ao cargo. Lá, deverão ser uns completa-vagas, ao passo que no parlamento municipal podem fazer estragos...