segunda-feira, 13 de julho de 2009

E o Hospital Municipal?

Foto capturada em http://www.correiodearaguari.com/correio/index.php?option=com_content&task=view&id=917&Itemid=26


Nada mais se fala sobre o assunto. Os vereadores não estão dispostos a instalar uma comissão legislativa de inquérito. O Executivo, ao que se sabe, permanece inerte, não apurando os responsáveis e os danos causados ao erário. O Ministério Público, como sempre, acha que está tudo normal.


Pois bem, precisamos fazer a nossa parte. Mesmo não acreditando na eficácia do controle da Administração, temos mecanismos de defesa, a exemplo da Controladoria-Geral da União, que disponibiliza informações sobre recursos repassados aos municípios, possibilitando, inclusive, o oferecimento de denúncias via internet e, até, de forma anônima.


Acabei de carregar um grãozinho de areia nessa missão quase impossível de averiguar a possível ocorrência de prejuízos ao erário e à população. Com base em informações preciosas constantes de jornais e do Blog do Aloísio (públicas, portanto), apresentei uma denúncia à Controladoria-Geral da União. Cabe a ela, então, verificar a relevância da questão e, se for o caso, apurá-la.

6 comentários:

Aristeu disse...

Marcos, um filho ausente muito presente! Isto é mais que ser cidadão, pois sei do plano de saúde abrangente que ele tem e fica, na defesa da Comunidade Araguarina, até colocando em risco sua pele, defendendo o rigor em apurações e fiscalizações coerentes. Acho que é por isso que os vereadores não fazem a tal dita comissão de inquérito, pois não sabem o que procurar, além da verdade de não quererem apurar...

natal fernando disse...

Doutor, o Senhor Aristeu mudou o nome do Blog dele, agora perfeitamente vinculados objeto e endereço: CRÔNICAS DO MEU INTERIOR, aliás mais consentâneo com saúde do que doença e falar de interior ou Araguari é sinal de normalidade saudável. Também é saudável falar do hospital de Araguari recanto de saúde para nossos parentes e amigos que deixamos lá. Também é saudável para os destinos da cidade impor nosso conhecimento e e até nossa indignação a favor da melhoria da atuação política dos vereadores. A bem dos nossos amigos e parentes. Infelizmente não aparecem as autoridades da cidade para nos responder pontualmente aos questionamentos. Ainda não estão familiarizados com Blogs. Talvez a nova lei eleitoral abra esse caminho, mostrando aos políticos que a Internet é o novo fórum de debates a favor dos seus representados. É o canal que os vereadores deveriam já estar frequentando para troca de conhecimentos. Ou será que eles estão encontrando as soluções ou as respostadas junto aos seus eleitores cuja maioria não conhece os mecanismos da máquina pública que fazem as coisas acontecerem? acham que ainda estão em campanha? Quantos assuntos já tratamos nos Blogs e não se presentou nenhuma autoridade esclarecendo os fatos, nem ao menos para apresentarem aquelas respostas prontas para todos os chatos. Talvez estejam se lixando para a opinião dos blogueiros...

Aristeu disse...

Natal, a mudança de denominação do meu Blog deveu-se a você. Sua orientação foi acatada. Já pensou se todas as boas idéias fossem acatadas por nossos mandatários? Idéias genuínas, se não forem deles a paternidade, não servem. Quanto egoísmo! Blogueiro tem um certo alcance, porém um tanto quanto elitizado, por isso que estou providenciando um informativo em papel para distribuir em todas as residências do meu município, uma vez que uma tiragem de dois milheiros devam fazer a cobertura. Eu acredito que podemos mudar as estruturas, mas com ações debaixo pra cima.

Marcos disse...

Natal, obrigado pelos comentários sempre construtivos.
Eu tenho diversos sonhos. O blog não era propriamente um deles, mas foi a forma que encontrei de manifestar minha opinião e tentar ficar mais próximo de Araguari.
Obviamente, os blogs e a própria internet ainda estão longe de ser acessíveis à grande maioria da população de Araguari. De qualquer forma é um veículo em ascenção, que será, como você bem lembrou, potencializado com as eleições próximas.
Voltando aos sonhos, essa idéia do Aristeu - confeccionar e distribuir informativos - é também minha. Por diversas vezes, falei com ele sobre criarmos um jornal em Araguari. Aliás, ele, como sempre brilhante, teve idéia melhor: fazer um jornal que pudesse ser lido não somente em Araguari, mas também nas cidades próximas (com assuntos, digamos, universais).
Além desse sonho, tenho outro: distribuir algumas cartilhas à população da cidade (principalmente, aos estudantes), visando a demonstrar a elas, de forma didática e simples, algumas formas de fiscalizar a atuação dos agentes públicos e exigir a efetivação de direitos básicos. Cheguei a contactar a Amarribo (ONG Amigos de Ribeirão Bonito), que produziu um excelente material (disponível na internet) ensinando a população, por meio de linguagem acessível, a fiscalizar a aplicação do dinheiro público.
Continuemos, pois, carregando copos d'água para apagar o grande incêndio.

natal fernando disse...

Grande Senhor Aristeu, Gandi também venceu por meio da não intervenção, não violência. Mas não podemos ter tantas esperanças em nosso reduto de dois mil eleitores. O nosso sistema partidário é perverso, vicioso e impõe a pessoas boas em princípio ações agressivas para aparecerem visando conquistar votos. Cria-se oportunistas e afugenta competentes. O objetivo de toda falação durante a campanha é assumir o poder. Quando assumem ficam impotentes. Nosso Código Partidário é antigo e os filiados dos partidos e candidatos se submetem a atitudes desesperadas contra o adversário por ódio e vontade de vingança. Mas não creio em ações altruístas fora desse sistema legal para conquistar o poder. Concordo que às vezes parece somente restar a luta armada, mas nosso destino a caminho da luz é a paz, é pela imposição do conhecimento e luta pelas idéias. Por isso são importantes os MARCOS, oferecendo a própria vida, conhecedores do sistema e das leis; feitas para redutos de milhões ou dois mil eleitores. Dominar os mecanismos existentes para vencer a ignorância, a tirania e os preconceitos é tecnologia disponível nesse emaranhado de leis inexistentes à época de Gandi. Podemos deixar a política para os políticos, ou nos candidatarmos. O legalismo ainda é o amparo dos cidadãos. A Amarribo é nosso maior símbolo e temos vários amigos do TCU e de outras instituições prestando assessoria gratuita para tantos quantos queiram vencer pela paz e pela técnica a incompetência administrativa que grassa em todos os municípios. Ao invés de panfletos criem uma instituição semelhante e os atos administrativos oficiais deverão passar pelo crivo da vontade popular.

Aristeu disse...

Natal,

Antes de mais nada preciso do seu e-mail. Não sei como ainda não o tenho.
Você tem toda razão. A idéia foi aqui passada incompleta. Na realidade estaremos criando por aqui um "Clube do Cidadão". O panfleto será apenas o primeiro instrumento de divulgação do referido clube. Neste panfleto pretendo dar dicas de cartilha sempre renovadas. Por exemplo, divulgação de preços de uma cesta básica com levantamento nos supermercados locais e em outro da cidade vizinha. Você pode não acreditar, mas as pessoas aqui pagam bem mais caro por não terem condições de locomoção até Catalão que dista apenas 15 km. Também quero arrumar a tal condução para que suas compras sejam feitas, pelo menos numa data certa. Caso se queira anunciar alguma coisa por aqui fica muito difícil sem nenhum veículo de comunicação. Há a necessidade de se sair em locais públicos e afixando notas com uma burocracia danada pra concessão. A rádio local é tipo comunitária, em mãos de políticos, com programação um tanto quanto desimportante. Não me atentei para as normas vigentes, mas esta rádio tem que ser presidida realmente pela comunidade. É uma luta armada sim só que com armas que ferem o brio do cidadão. É mais ou menos por aí, mas idéias voam num plano ainda fora de órbita.