quinta-feira, 30 de julho de 2009

Concurso público: calma, araguarinos, ainda não é desta vez....


Já falei de urubus. O Aristeu sugeriu substituí-los pelas bactérias. Poderia discorrer, agora, sobre larvas, mas prefiro Lavras.
Aliás, correndo o risco de ser enfadonho, chato e quejandos, retomo, a partir do exemplo daquela cidade mineira, a questão do concurso público. Vejam o que encontrei na net:

A Prefeitura Municipal de Lavras, cidade de 92 mil habitantes, localizada na região do Campo das Vertentes, abriu concurso público para o preenchimento de 637 vagas, assim distribuídas:

Nível Superior: Administração de Empresas (4), Advogado (6), Arquiteto (1), Assistente Social (6), Bioquímico (1), Contador (1), Dentista - Cirurgião (7), Dentista - Odontopediatra (2), Dentista - Protesista (2), Enfermeiro (18), Engenheiro Civil (1), Farmacêutico (2), Fiscal de Indústria e Comércio (2), Fiscal de Obras (4), Fiscal de Rendas (1), Fiscal do Meio Ambiente (3), Fiscal Sanitário - Enfermeiro (2), Fiscal Sanitário - Farmacêutico (1), Fiscal Sanitário - Médico-veterinário (1), Fiscal Sanitário - Odontologia (2), Fiscal Sanitário - Qualquer Curso Superior (2), Fisioterapeuta (13), Fonoaudiólogo (4), Médico - Angiologista (1), Médico - Cardiologista (2), Médico - Cirurgião Geral (3), Médico - Clínico Geral (17), Médico - Dermatologista (1), Médico - Endocrinologista (2), Médico - Gastroenterologista (2), Médico - Geriatra (1), Médico - Ginecologista / Obstetra (4), Médico - Hematologista (1), Médico - Infectologista (1), Médico - Intensivista (1), Médico - Neurologista (2), Médico - Oncologista (2), Médico - Ortopedista (2), Médico - Otorrinolaringologista (2), Médico - Pediatra (7), Médico - Pneumologista (2), Médico - Psiquiatra (1), Médico - Radiologista (2), Médico - Reumatologista (1), Médico - Urologista (2), Nutricionista (6), Professor Médio - Ciências (3), Professor Médio - Educação Física (9), Professor Médio - Geografia (2), Professor Médio - História (2), Professor Médio - Inglês (1), Professor Médio - Língua Portuguesa (2), Professor Médio - Língua Portuguesa / Língua Inglesa (2), Professor Médio - Matemática (1), Psicólogo (6), Supervisor Pedagógico (6), Tecnólogo de Radiologia (1), Terapeuta Ocupacional (3), Veterinário (2);

Nível Médio: Agente de Trânsito (20), Almoxarife (2), Arquivista (3), Assistente Administrativo (26), Atendente de Consultório Dentário (6), Auxiliar de Biblioteca (4), Auxiliar de Enfermagem (43), Auxiliar de Recreação (10), Auxiliar de Secretaria (13), Auxiliar Técnico (15), Digitador (9), Faturista (2), Instrutor de Informática (3), Maqueiro (9), Monitor de Creche (56), Professor de Séries Iniciais (53), Programador de Computador (2), Recepcionista (10), Secretária de Escola (9), Técnico em Enfermagem (28), Técnico em Higiene Dental (3), Técnico em Patologia Clínica (7), Técnico em Prótese Dental (1), Técnico em Radiologia (7), Técnico em Segurança do Trabalho (1), Telefonista (1), Topógrafo (1);

Nível Fundamental: Bombeiro Hidráulico (2), Calceteiro (2), Carpinteiro (2), Cozinheiro (11), Dedetizador (2), Eletricista (2), Mecânico (2), Mecânico de Máquinas Pesadas (2), Motorista (18), Operador de Máquinas (3), Pedreiro (6), Pintor (2), Soldador (1), Tratorista (3);

Nível Fundamental Incompleto: Auxiliar de Serviços Gerais (59), Auxiliar de Serviços Operacionais (11), Auxiliar de Topógrafo (1), Borracheiro (2), Cantineira (7), Copeira (4), Jardineiro (6), Servente Escolar (6), Vigia (6).

Maiores informações sobre o certame em www.lavras.mg.gov.br

Pitaco

Uma vez mais, o tema concurso público. Pode parecer implicância, mas ao comparar Araguari com outras cidades, as conclusões a que chego não são nada animadoras.

Pelo que se constata partir do exame da distribuição das vagas do referido concurso, faço as seguintes observações:

1º Em Lavras, os advogados públicos são ou serão concursados. E em Araguari? Se você encontrar, por exemplo, um procurador municipal concursado, corra e faça uma fezinha na loteria, porque hoje é seu dia sorte! Pode ser que , em vez de sortudo, você seja tachado de maluco por acreditar em duendes e outras entidades...

2º Em Lavras, ao contrário de Araguari, não ocorreu a terceirização ilegal de serviços públicos, uma vez que existem vagas para cargos de nível fundamental incompleto (auxiliar de serviços gerais, por exemplo). Se os governantes araguarinos não sabem, o município pode funcionar como propulsor da economia local contratando servidores. Isso mesmo! Parecem estar de olhos vendados, pois, em vez de utilizar esse expediente para fomentar a economia e distribuir renda, preferem concentrar a riqueza nas mãos dos donos de empreiteiras. Bem, deve ter os 10%....

3º Em Lavras, diversamente do que ocorre em Rerigueri, os servidores da área da saúde são concursados. Logo, é improvável que sejam encontradas por lá figuras tão comuns em nossa cidade, a exemplo dos comissionados que exercem funções de servidor efetivo dos contratados temporariamente com base na análise de currículos (aposto que, neste caso, o primeiro item a ser considerado é a filiação ou opção partidária do candidato...).


Fui além dessa questão e dei uma olhadinha no site da Prefeitura de Lavras. Descobri outras diferenças interessantes:

- Lavras possui uma ouvidoria municipal, que pode ser acionada a partir do próprio site da prefeitura;

- a programação da execução da limpeza pública da cidade consta do site. Assim, é possível saber exatamente em que dia será feita a capina e varrição em determinada rua ou bairro. Isso ajuda muito no controle social, uma vez que qualquer cidadão pode conferir se o serviço cobrado foi realizado ou não; se algum iluminado quiser copiar o modelo de Lavras, basta acessar: http://www.lavras.mg.gov.br/site/src/build.php?type=template&value=limpeza
- atendendo uma exigência da lei orgânica local, a Prefeitura local disponibiliza no site o relatório trimestral de publicidade. Assim, é possível saber, por exemplo, que o município gastou, no primeiro trimestre do ano, 55 mil reais nessa área. Quanto teria sido gasto em Araguari? Existe um plano anual de publicidade? Esses relatórios são publicados periodicamente? São realizadas licitações nessa área?

Como se vê, existem atitudes boas que podem perfeitamente ser trazidas para o município de Araguari. Acho que é chegado o momento de parar com a importação dos modelos de velhacarias e falcatruas existentes em outras lugares. Costumo dizer que as maracutaias existentes em Brasília somente se diferenciam das ocorrentes em Araguari ou outras cidades pela magnitude do dinheiro desviado. Em termos "qualitativos", há um empate técnico, pois os nossos corruptos são tão criativos quanto os demais.


Um comentário:

Aristeu disse...

Marcos, você sabia que em Lavras-MG é a prefeita que autorizou tal concurso? O Concurso divulgado anteriormente, neste Blog, da FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE SAÚDE DE RIO CLARO-SP também tem autoria da Presidenta da Fundação? Isto é coisa de mulher. Estranho elas terem muito peito e não querer ninguém nas tetas...