quarta-feira, 17 de junho de 2009

Pérola legislativa em gestação

Fugindo um pouco do tema Araguari, trago hoje uma pérola em gestação na Casa de Horrores, também conhecida como Câmara Legislativa do Distrito Federal. Trata-se de um Projeto de Lei que objetiva "comemorar" o Dia Distrital das Crianças Desaparecidas.
Está lá no Diário da Câmara Legislativa do dia 19 de maio do corrente ano:
"PROJETO DE LEI No. 1.120, DE 2009
A CÂMARA LEGISLATIVA DO DISTRITO FEDERAL decreta:
Art. 1o. Fica instituído o Dia Distrital das Crianças Desaparecidas, a ser comemorado anualmente no dia 25 de maio ou no primeiro dia útil subsequente a essa data.
..."
A despeito de reconhecer a boa vontade do legislador,não há como negar a imensa infelicidade em se "comemorar" o Dia Distrital das Crianças Desaparecidas. Seria o caso de se envergonhar com o número dessas crianças, mas nunca "comemorar".
É impressionante como o Legislativo mais caro do país (ainda ontem à noite, aumentou a verba de gabinete dos deputados para 97 mil reais) consegue ser tão inútil. Aliás, aqui em Brasília, muitos falam abertamente na hipótese de fechar a Casa dos Horrores. Não é uma medida democrática, mas não tenham dúvidas de que os nossos legisladores fazem o impossível para que tenhamos esse tipo de pensamento.
Inté mais.

Um comentário:

Aristeu disse...

Deve ser erro de digitação "Dia de rememorar..." Quanto ao fechamento da "Casa dos Horrores" é uma medida bastante sensata, desde que estendida a todos os outros vizinhos. Outra coisa, uma verba explícita de R$97.000,00 certamente é apenas a ponta de um iceberg a que não temos acesso.